Abstract - Open Access.

Idioma principal

Eficácia de Ácidos Orgânicos Na Sobrevivência da Escherichia Coli em Caldo Vegetal de Alface (Lactuca Sativa L.)

Eficácia de Ácidos Orgânicos Na Sobrevivência da Escherichia Coli em Caldo Vegetal de Alface (Lactuca Sativa L.)

Souza, Geany Targino de; Rodrigues, Jessica Bezerra dos Santos; Carvalho, Rayssa Julliane de; Souza, Neyrijane Targino de; Oliveira, Kataryne Árabe Rimá de; Lima, Rilavia Almeida; Souza, Evandro Leite de; Conceição, Maria Lucia da;

Abstract:

A incidência de micro-organismos em vegetais, in natura ou processadas tem sido considerada veículos potenciais de um ou mais micro-organismos patogênicos envolvidos em surtos, em especial, por Escherichia coli. Este estudo objetivou investigar a eficácia de diferentes sanitizantes químicos e orgânicos sobre o crescimento da Escherichia coli sp em caldo da alface (Lactuca sativa L.). A cultura de E. coli foi isolada em Agar Eosina Azul de Metileno (EMB) a 35 ± 0,2°C/24 horas e confirmada pelos testes do INVIc (Indol, Vermelho de metila, Voges-Proskauer e Citrato) e reservada para a atividade antimicrobiana. O caldo da alface foi preparado a partir de folhas íntegras, higienizadas, cortadas assepticamente na proporção de 1:10, triturado, filtrado à vácuo e volumes de 10 mL em tubos de ensaios e esterilizados a 121°C por 15 min. Após resfriamento foi adicionado a cada tubo 1 mL da cultura teste com a concentração inicial 7 logUFC/mL, elegendo um tubo controle e nos demais, adicionou-se a suspensão soluções dos antimicrobianos: de vinagre de álcool, ácido acético glacial e ácido cítrico (Limão) à 0,2, 0,5 e 1,0 %, respectivamente e, contagem bacteriana realizada nos tempos de contato Zero, 10, 20 e 30 minutos. Os resultados demonstraram que o vinagre de álcool apresentou ação até 10 minutos nas concentrações 0,2 e 0,5 %, proporcionando a redução de 2,5 logUFC/mL, com ácido acético glacial a atividade foi verificada à 0,5 % de 10 a 30 minutos com redução até 2,4 logUFC/mL. A eficácia do ácido cítrico (Limão) contra E. coli constatou uma atuação reduzida desse sanitizante, tendo em vista que não foi visualizada redução da população bacteriana a níveis significativos a E. coli, uma vez que ocasionou a diminuição de apenas 0,4, 1 e 1,2 logUFC/mL nas concentrações 0,2, 0,5 e 1%, respectivamente. Com relação ao ácido cítrico constatou-se pouca influência desse ácido sobre a população de E. coli, não sendo observado redução a níveis significativos, ocasionando a inibição na ordem de 0,4, 1 e 1,2 logUFC/mL correspondendo as concentrações 0,2, 0,5 e 1%, respectivamente. Do exposto, conclui-se que vinagre de álcool e ácido acético apresentaram maior eficácia sobre o crescimento da Escherichia coli sp à níveis significativos, ambos na mesma concentração e reduções semelhantes.

Abstract:

Palavras-chave: Bactéria patogênica , Soluções químicas , Soluções orgânicas, Vegetal,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/foodsci-microal-340

Referências bibliográficas
Como citar:

Souza, Geany Targino de; Rodrigues, Jessica Bezerra dos Santos; Carvalho, Rayssa Julliane de; Souza, Neyrijane Targino de; Oliveira, Kataryne Árabe Rimá de; Lima, Rilavia Almeida; Souza, Evandro Leite de; Conceição, Maria Lucia da; "Eficácia de Ácidos Orgânicos Na Sobrevivência da Escherichia Coli em Caldo Vegetal de Alface (Lactuca Sativa L.)", p. 139-140 . In: Proceedings of the XII Latin American Congress on Food Microbiology and Hygiene [=Blucher Food Science Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-201X, DOI 10.5151/foodsci-microal-340

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações