Resumo - Open Access.

Idioma principal

EFEITO CRÔNICO DA SACAROSE E DO ALOPURINOL NO COMPORTAMENTO DIETÉTICO E NO TECIDO ADIPOSO BRANCO EM RATOS WISTAR

Cardoso, Bárbara Gatti; Lima, William Gustavo de; Lima, Maíra de Castro; Chaves, Valéria Ernestânia;

Resumo:

Estudos apontam que o consumo excessivo de sacarose, como fonte de frutose, esta ligado a quadros de hiperuricemia, o qual tem papel chave na fisiopatologia da síndrome metabólica. Neste contexto se destaca a utilização do alopurinol, um fármaco hipouricêmico, porém evidências da sua utilização na síndrome metabólica ainda são escassas, o que motiva avaliações mais profundas. Este trabalho busca analisar a participação do alopurinol e da sacarose na dieta e no tecido adiposo branco retroperitonial (TAB retro) e epididimal (TAB epi) em ratos. Ratos wistar machos foram avaliados por um período de 16 semanas, sendo divididos em 4 grupos: C: dieta controle (n=5); S: dieta controle e água com 30% em sacarose ad libitum (n=5); SA: dieta do grupo S e alopurinol administrado por gavagem (30mg/kg/dia) (n=6), CA: dieta do grupo C e alopurinol administrado por gavagem (n=6) (30mg/kg/dia). Decorrido o experimento, os animais foram eutanasiados e o TAB retro e TAB epi foram coletados e pesados, sendo os resultados avaliados pelo Two Way ANOVA com PAndlt;0,05. A ingestão alimentar dos grupos C e CA foi significativamente maior que nos grupos S e SA, e a ingestão hídrica obedeceu a esta tendência nas quatro primeiras semanas, a partir da qual os valores não se diferiram estatisticamente. O ganho de peso foi semelhante entre os grupos. O TAB epi resultou em 6,23g; 6,94g; 5,85g e 9,00g nos grupos C, S, CA e SA respectivamente, sem diferença estatística entre eles. O TAB retro apresentou valores de 3,56g; 6,96g; 3,99g e 7,61g nos grupos C, S, CA e SA respectivamente, possuindo diferença estatística entre os grupos S e C (aumento de 95,5%), SA e C (aumento de 113,8%), SA e CA (aumento de 90,7%), e S e CA (aumento de 74,44%). Estes resultados mostram que o alopurinol tem pouca influencia sobre o consumo hídrico e alimentar, e que não reverte o aumento de TAB induzido pela sacarose, sendo seu uso crônico adjuvante deste processo.

Resumo:

Palavras-chave: Síndrome metabólica, Alopurinol, Sacarose,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/biochem-jaibqi-0027

Referências bibliográficas
Como citar:

Cardoso, Bárbara Gatti; Lima, William Gustavo de; Lima, Maíra de Castro; Chaves, Valéria Ernestânia; "EFEITO CRÔNICO DA SACAROSE E DO ALOPURINOL NO COMPORTAMENTO DIETÉTICO E NO TECIDO ADIPOSO BRANCO EM RATOS WISTAR", p. 36-37 . In: Anais da V Jornada Acadêmica Internacional de Bioquímica [= Blucher Biochemistry Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-5043, DOI 10.5151/biochem-jaibqi-0027

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações