Resumo - Open Access.

Idioma principal

EFEITO ALELOPÁTICO DO EXTRATO ETANÓLICO E DAS FRAÇÕES OBTIDAS DAS FOLHAS DE SMILAX SP. SOBRE Lactuca sativa (ALFACE)

Barbosa, Myriam Almeida; Fonseca, Juliana Costa; Castro, Ana Hortência Fonsêca; Lima, Luciana Alves Rodrigues dos Santos;

Resumo:

A família Smilacaceae possui distribuição predominante nos climas tropical e subtropical, incluindo dois gêneros e cerca de 300 espécies, quase todas pertencentes a Smilax. No Brasil, apenas o gênero Smilax é encontrado, com aproximadamente 30 espécies, conhecidas popularmente como salsaparrilha ou japecanga. Espécies do gênero Smilax ainda são pouco estudadas. Dessa forma, o presente trabalho teve como objetivo verificar o efeito alelopático do extrato etanólico e das frações obtidas das folhas de Smilax sp. sobre radículas e hipocótilos de Lactuca sativa (alface). As folhas de Smilax foram coletadas, secadas e trituradas. O extrato etanólico foi obtido por percolação com etanol e depois submetido à partição com hexano, diclorometano e acetato de etila, obtendo-se as frações hexânica, diclorometânica, acetoetílica e hidroetanólica. O ensaio de atividade alelopática foi feito com sementes de Lactuca sativa L. O crescimento das sementes foram conduzidos em solução tampão MES [ácido 2-(N-morfolino)etanosulfônico] na concentração de 1,95 g/L. O extrato etanólico e as frações foram testadas nas concentrações de 200, 100 e 50 μg/mL. Foram distribuídas 25 sementes de Lactuca sativa (alface) em placas de petri. Foram adicionados a essas placas, 7 mL de solução tampão contendo as amostras ou 7 mL dos controles (solução tampão sem qualquer amostra testada). As placas foram incubadas por dez dias em Câmara de Germinação, a 25 oC. Depois, o comprimento das raízes e dos caules medidos (Vieira et al., 2005). Os resultados obtidos no experimento mostraram maior inibição do hipocótilo com o extrato etanólico e fração diclorometânica na concentração de 200 g/mL. Em relação à radícula, o extratoetanólico e a fração hexânica na concentração de 200 g/mL apresentaram maior porcentagem de inibição. O extrato etanólico e as frações de Smilax sp. apresentaram efeito alelopático sobre radículas e hipocótilos de Lactuca sativa (alface).

Resumo:

Palavras-chave: Smilax, alface, efeito alelopático,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/biochem-jaibqi-0022

Referências bibliográficas
Como citar:

Barbosa, Myriam Almeida; Fonseca, Juliana Costa; Castro, Ana Hortência Fonsêca; Lima, Luciana Alves Rodrigues dos Santos; "EFEITO ALELOPÁTICO DO EXTRATO ETANÓLICO E DAS FRAÇÕES OBTIDAS DAS FOLHAS DE SMILAX SP. SOBRE Lactuca sativa (ALFACE)", p. 47-48 . In: Anais da V Jornada Acadêmica Internacional de Bioquímica [= Blucher Biochemistry Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-5043, DOI 10.5151/biochem-jaibqi-0022

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações