fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

DIAGNÓSTICO DAS EMISSÕES ATMOSFÉRICAS DE ORIGEM VEICULAR NA ÁREA URBANA DE CAMPO MOURÃO – PR.

SILVA, R. F.; ARAÚJO, J. H. B.; TEIXEIRA, G. G.; MEIRA, G. R. N.;

Artigo:

Com o aumento tecnológico e das áreas urbanizadas muito tem sido discutido sobre as emissões atmosféricas geradas nesse contexto. As emissões veiculares prejudicam a qualidade do ar, afetando todos os seres vivos. O objetivo deste trabalho foi monitorar a qualidade do ar em quatro pontos distintos distribuídos pela malha urbana da cidade de Campo Mourão – PR, visando à verificação dos níveis de poluição. As amostragens das concentrações de poluentes emitidos por fontes móveis foram realizadas com um aparelho portátil medidor de gases (CO, H2S, gases combustíveis voláteis). Apesar de verificarem-se alguns picos de medições de monóxido de carbono com valores acima dos estabelecidos pela Resolução CONAMA 03/1990, a qualidade do ar de Campo Mourão – PR pode ser considerada boa. A quantidade de veículos que circularam durante as medições não foi o fator determinante na emissão dos poluentes, no entanto, veículos antigos e as condições climáticas podem ter influenciado nos resultados.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1360-19655-172610

Referências bibliográficas
  • [1] ALVES, A. da C. E. Contribuição das emissões de poluentes de veículos para a poluição atmosférica urbana. 201131f, Dissertação (Mestrado em Engenharia Automóvel) – Escola Superior de Tecnologia e Gestão, Instituto Politécnico de Leiria, 201
  • [2] AMORIM, M.C.C.T., VIANA, S.S.M. O Clima Urbano em Teodoro Sampaio/SP: episódios de Verão; Revista brasileira de Climatologia, p.41-54, setembro 2005. São Paulo – SP. BRASIL, Resolução CONAMA nº 003 de 28 de junho de 1990. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Poder Executivo, Brasília, DF, 22 ago. 1990.
  • [3] BRAUN, Silvana. ; APPEL G. Lucia.; SCHMAL Martin. A poluição gerada por máquinas de combustão interna à Diesel – A questão dos particulados. Estratégias atuais para a redução e controle das emissões e tendências futuras. Química Nova. Rio de Janeiro, v.27, n.3,p. 472-282, 200
  • [4] DETRAN. Detran Paraná, dados estatísticos. Disponivel em: Andlt;http://www.detran.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=194Andgt;. Acesso em 02 Abr. 201
  • [5] FRANCO, F.M. et al. Clima Urbano: Um Estudo De Caso Para Clima Tropical Continental; CLIMEP – Climatologia e Estudos da Paisagem, Vol. 5 – n.1, p.81- 99, janeiro/junho. 2010, Rio Claro – SP, 2010.
  • [6] GUARIREIRO, L. L. N; VASCONCELLOS, P. C.; SOLCI, M. C. Poluentes Atmosféricos Provenientes da Queima de Combustíveis Fósseis e Biocombustíveis: Uma Breve Revisão. Virtual Química.;v.3, n.5, p.434-445, 2011.
  • [7] IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Estimativa da População para 2013. Disponível em: Andlt; http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=Andamp;codmun=410430Andamp;search=parana|campo-mouraoAndgt;. Acesso em 02 Abr. de 2014.
  • [8] MANZOLI, A. Análise das Emissões Veiculares em Trajetos Urbanos Curtos com Localização por GPS. 2009, 200p. Tese (Doutorado em Engenharia Civil). Universidade de São Paulo, São Carlos, 2009.
Como citar:

SILVA, R. F.; ARAÚJO, J. H. B.; TEIXEIRA, G. G.; MEIRA, G. R. N.; "DIAGNÓSTICO DAS EMISSÕES ATMOSFÉRICAS DE ORIGEM VEICULAR NA ÁREA URBANA DE CAMPO MOURÃO – PR.", p. 8623-8630 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1360-19655-172610

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações