Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Construção de Objetos de Aprendizagem Explorando a Fronteira entre os Aspectos Micro, Macroscópico e Representacional de Fenômenos Físicos e Químicos.

Learning Object construction Exploring the Border between the micro aspects, Macroscopic and Representational of Physical Phenomena and Chemical.

PAULA, José Carlos de F.; SOUSA, Adenilza Silva; BARBOSA, Maria Verônica de Sales; FARIAS, Kênia Kiola Sousa de; CARDOSO, Raiany Anielly S.; MIRANDA, Michael Douglas Sena; DANTAS, Adlla Raiane Santos;

Completo:

Compreender a ocorrência e os mecanismos das transformações químicas permite o entendimento de muitos processos que ocorrem diariamente em nossas vidas, como o enferrujamento de uma peça de ferro como um prego, a sublimação de uma bolinha de naftalina ou de uma amostra de ido sólido, entre tantos outros exemplos. Aliado ao ponto de vista da formação do cidadão, podemos ainda apontar que, epistemologicamente, para que o sujeito conheça a química, entender esse conceito se torna uma necessidade central pois o cerne da atividade química é compreender as transformações químicas e delas tirar proveito. Alunos do ensino médio apresentam concepções alternativas com relação aos conceitos relacionados ao tema “Transformações Químicas e Físicas”. Com o objetivo de contribuir para a superação dessas dificuldades construímos em parceria com o Instituto Pernambucano de Apoio ao Desenvolvimento, três Objetos de Aprendizagem. Inicialmente o professor de química montou uma série de quadrinhos e em seguida apresentou à equipe da computação. Fizemos algumas entrevistas com um pequeno grupo de 10 alunos da 1ª série do ensino médio de uma escola pública do Curimataú paraibano a título de verificação da metodologia, aplicaremos a ferramenta fora de um contexto de discussões sobre os conteúdos. Questionamos esses alunos sobre a explicação para o enferrujamento de um prego de ferro e a sublimação da naftalina por serem materiais mais comuns. Como o iodo é encontrado em solução alcóolica e dessa maneira torna-se difícil a observação da sublimação, resolvemos não questionar a mudança de estado físico deste material. A partir desses resultados ampliaremos a pesquisa para outras turmas e séries. Estamos coletando dados sobre perfil conceitual dos alunos do ensino médio de uma escola pública do estado da Paraíba para decidirmos como serão feitas as intervenções didáticas com o uso desses objetos. O formato final indicam que a simulação é viável para aplicação nas salas de com uso de computadores, notebooks ou smartphones. Concluímos que os objetos de aprendizagem mostram potencial para colaborar com a superação de obstáculos epistemológicos no estudo de reações químicas e mudança de estado físico por apresentarem características como: utilizam-se de situações cotidianas; evidenciam os constituintes da matéria; simulam a dinâmica de transferência de elétrons; evidenciam a quebra e formação de ligações químicas; com o recurso do zoom estabelece uma conexão mais clara entre os aspectos macro e microscópico; apresentam símbolos, equações, e outro elementos da linguagem química.

Completo:

Understanding the occurrence and chemical processing mechanism enables understanding of many processes that occur in our daily lives, such as rusting of a piece of iron as a nail, sublimation of a moth ball or a sample of solid acid between many other examples. Coupled with the viewpoint of the formation of the citizen, we can still point out that, epistemologically, so that the subject knows the chemistry, understand this concept becomes a central need for the core of the chemical activity is to understand the chemical changes and take advantage of them. High school students have misconceptions regarding the concepts related to the theme "Chemical and Physical Transformations". In order to help overcome these difficulties built in partnership with the Pernambuco Institute for Development Support three Learning Objects. Initially, the chemistry teacher set up a series of comic and then presented to the computing team. We made some interviews with a small group of 10 students from the 1st year of high school from a public school of Paraiba Curimataú by way of verification methodology, we will apply the tool outside the context of discussions on the contents. We questioned about these learners explanation for rusting of an iron nail and the sublimation of naphthalene to be more common materials. Since iodine is found in alcoholic solution and thus it becomes difficult to observe the sublimation, we decided not to question the change of state of this material. From these results we will expand the search to other classes and series. We are collecting data on conceptual profile of high school students in a state of Paraíba state school to decide how educational interventions with the use of these objects will be made. The final shape indicate that the simulation is feasible for application in rooms with use of computers, laptops or smartphones. We conclude that learning objects show potential to collaborate with overcoming epistemological obstacles in the study of chemical reactions and change of physical state because they have characteristics such as are used in everyday situations; show the constituents of matter; simulate electron transfer dynamics; show breakage and formation of chemical bonds; with the zoom feature establishes a clearer link between the macro and microscopic aspects; feature symbols, equations, and other elements of chemical language.

Palavras-chave: TIC; Objetos de Aprendizagem; Ensino de química.,

Palavras-chave: TIC; Learning objects; Chemistry Teaching.,

DOI: 10.5151/chenpro-5erq-eq08

Referências bibliográficas
  • [1] ROSA, M.I.F.P., SCHNETZLER, R. P. Sobre a importância do conceito de transformação química no processo de aquisição do conhecimento químico. Química Nova na Escola, n. 8, nov. 1998.
  • [2] BRASIL, MEC, SEB. Orientações Curriculares para o Ensino Médio. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília: MEC, SEB, 2006.
  • [3] JOHNSTONE, A. H. Chemical education research in Glasgow in perspective. Chemistry Education Research and Practice. N. 7, V. 2. 2006. Disponível em http://www.rsc.org/images/AHJ%20overview%20final_tcm18-52107.pdf. Acessado em 30 de setembro e 2015.
  • [4] MORAN, J. M.; MASETTO, M. T.; BEHRENS, M. A. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas: ed. Papirus, 2000.
  • [5] SÁ, L. V.; ALMEIDA, J. V. de; EICHLER, M. L. Classificação de objetos de aprendizagem: uma análise de repositórios brasileiros, In: XV Encontro Nacional de Ensino de Química (XV ENEQ) – Brasília: 2010. Disponível em http://www.xveneq2010.unb.br/resumos/R0839-1.pdf. Acessado em 30 de setembro de 201
Como citar:

PAULA, José Carlos de F.; SOUSA, Adenilza Silva; BARBOSA, Maria Verônica de Sales; FARIAS, Kênia Kiola Sousa de; CARDOSO, Raiany Anielly S.; MIRANDA, Michael Douglas Sena; DANTAS, Adlla Raiane Santos; "Construção de Objetos de Aprendizagem Explorando a Fronteira entre os Aspectos Micro, Macroscópico e Representacional de Fenômenos Físicos e Químicos.", p. 38-47 . In: Anais do V Encontro Regional de Química & IV Encontro Nacional de Química [=Blucher Chemistry Proceedings].. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-4043, DOI 10.5151/chenpro-5erq-eq08

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações