fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

COMPARAÇÃO ENTRE DIFERENTES TRATAMENTOS QUÍMICOS APLICADOS ÀS FOLHAS DE BANANEIRA PARA ISOLAMENTO DA CELULOSE

SANTOS, E. P.; NONO, M. C. A.; SILVA, M. L. C. P. da;

Artigo:

Os resíduos agrícolas, provenientes de fibras naturais e ricos em celulose, são um grande atrativo na produção de novos materiais, pois possuem baixo custo, baixa densidade, alta disponibilidade, são renováveis e atóxicos. Visando o aumento da adesão na interface fibra/matriz, as modificações químicas apresentam-se como alternativa no favorecimento da interação entre os componentes para aplicação como reforço em matrizes poliméricas. O objetivo do trabalho é avaliar qual a melhor proposta de tratamento para o isolamento da celulose. Para tal, foram avaliadas três metodologias de ataque químico: ataque com CH3COOH/NaOH, dois ataques com CH3COOH e a última com dois ataques ácidos/NaOH. A celulose isolada foi caracterizada por FTIR, TGA/DTG, DRX e testes de intumescimento em água. Os resultados de DRX e FTIR apresentaram-se similares em todas as propostas. As curvas TGA/DTG e o teste de intumescimento em água, possibilitaram definir as condições de tratamento para isolamento da celulose.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-2070-16004-155912

Referências bibliográficas
  • [1] ALBINANTE, S. R. et al. Revisão dos tratamentos químicos da fibra natural para mistura com poliolefina. Quim. Nova, v. 36, n. 1, 114-122, 2013.
  • [2] 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% 0 100 200 300 400 500 600 700 800 900 Perda de massa (%) Temperatura (°C ) Proposta 1 Proposta 2 Proposta 3 Fibra bruta Área temática: Engenharia de Materiais e Nanotecnologia 7ASS, B. A. P. et al. Mercerized linters cellulose: characterization and acetylation in N,N-dimethylacetamide/lithium chloride. Carbohydr. Polym., v. 63, p. 19-29, 2006.
  • [3] BRENDEL, O. et al. A rapid and simple method to isolate pure alpha-cellulose. Phytochem. Anal., v. 11, p. 7-10, 2000.
  • [4] BUSCHLE-DILLER, G.; ZERONIAN, S. H. Enhancing the reactivity and strength of cotton fibers. J. Appl. Polym. Sci., v. 45, p. 967-979, 1992.
  • [5] CAO, Y.; TAN, H. Effects of cellulase on the modification of cellulose. Carbohydr. Res., v. 337, p. 1291-1296, 2002.
  • [6] GUIMARÃES, J. L. et al. Characterization of banana, sugarcane bagasse and sponge gourd fibres of Brazil. Ind. Crop. Prod., v. 30, p. 407-415, 2009.
  • [7] GUIMARÃES, J. L. et al. Studies of the processing and characterization of corn starch and its composites with banana and sugarcane fibers from Brazil. Carbohydr. Polym., v. 80, p. 130-138, 2010.
  • [8] LI, X. et al. Chemical treatments of natural fiber for use in natural fiber-reinforced composites: a review. J. Polym. Environ., v.15, p. 25-33, 2007.
  • [9] LOPES, F. F. M. et al. Modificação das propriedades das fibras de curauá por acetilação. Rev. Bras. Eng. Agri. Amb., v. 15, n. 3, p. 316-321.
  • [10] OTTOBONI, F. S. Desenvolvimento de novos compósitos baseados em polietileno e híbridos gerados a partir de resíduos agrícolas modificados com óxido de nióbio. 121f. Dissertação de Mestrado, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.
  • [11] PEREIRA, P. H. F. et al. Sugarcane bagasse pulping and bleaching: thermal and chemical characterization. BioRes., v. 6, n. 3, p. 2471-2482, 20
  • [12] PEREIRA, P. H. F. et al. Sugarcane bagasse cellulose fibres and their hydrous niobium phosphate composites: synthesis and characterization by XPS, XRD and SEM. Cellulose, v. 21, p. 641-652, 2014.
  • [13] SANCHEZ, E. M. S. et al. Compósito de resina de poliéster insaturado com bagaço de cana-de-açúcar: influência do tratamento das fibras nas propriedades. Polím., v. 20, n. 3, p. 194-200, 2010.
Como citar:

SANTOS, E. P.; NONO, M. C. A.; SILVA, M. L. C. P. da; "COMPARAÇÃO ENTRE DIFERENTES TRATAMENTOS QUÍMICOS APLICADOS ÀS FOLHAS DE BANANEIRA PARA ISOLAMENTO DA CELULOSE", p. 14400-14407 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-2070-16004-155912

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações