fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

COMPARAÇÃO DE MÉTODOS DE EXTRAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DA ENZIMA TIROSINASE DE AGARICUS BISPORUS

SANTOS, V. P. S dos; MENDONÇA, C.; PEREIRA, P. R.; GUTARRA, M. L. E.; TORRES, A. G.; PEREIRA, K. S.; SALGADO, A. M.;

Artigo:

Visando a obtenção da tirosinase a partir do macrofungo Agaricus bisporus, foram testados os métodos de extração de rompimento celular: químico e físico combinados (permeabilização celular empregando o solventes acetona e álcool etílico e congelamento e descongelamento utilizando refrigerador doméstico) e físico (congelamento/descongelamento com emprego de nitrogênio líquido). Os extratos foram caracterizados quanto à atividade enzimática, teor de proteínas e, então, submetidos a precipitação sequencial com sulfato de amônio nos intervalos de saturação de 0-20%, 20-40%, 40-60%, 60-80% e de 80-100%. Os precipitados dialisados foram caracterizados por eletroforese em gel de poliacrilamida. Foram determinadas as condições ótimas de temperatura, pH e concentração de substrato da enzima e a estabilidade de armazenamento. A permeabilização celular com acetona se mostrou o método mais eficiente de extração. A melhor faixa de precipitação com maior recuperação da atividade enzimática foi de 40-60%. A enzima apresentou melhor desempenho nas faixas de temperatura de 25-35°C e pH 6-8. A tirosinase dos extratos bruto e precipitados apresentou massa molecular de aproximadamente 125 kDa.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0435-25499-174494

Referências bibliográficas
  • [1] BRADFORD, M. M. A rapid and sensitive method for the quantitation of microgram quantities of protein utilizing the principle of protein-dye binding. Analytical biochemistry, v. 72, p. 248–54, 7 maio 1976.
  • [2] ESPÍN, J. C. et al. Kinetic characterization of the substrate specificity and mechanism of mushroom tyrosinase. European Journal of Biochemistry, v. 267, n. 5, p. 1270–1279, 21 mar. 2000.
  • [3] HAGHBEEN, K.; WUE TAN, E. Direct spectrophotometric assay of monooxygenase and oxidase activities of mushroom tyrosinase in the presence of synthetic and natural substrates. Analytical biochemistry, v. 312, n. 1, p. 23–32, 1 jan. 200
  • [4] KAMEDA, E.; LANGONE, M. A. P.; COELHO, M. A. Z. Tyrosinase extract from Agaricus bisporus mushroom and its in natura tissue for specific phenol removal. Environmental technology, v. 27, n. 11, p. 1209–15, nov. 2006.
  • [5] LAEMMLI, U. K. Cleavage of Structural Proteins during the Assembly of the Head of Bacteriophage T4. Nature, v. 227, n. 5259, p. 680–685, 15 ago. 1970.
  • [6] LINEWEAVER, H.; BURK, D. The Determination of Enzyme Dissociation Constants. Journal of the American Chemical Society, v. 56, n. 3, p. 658–666, mar. 1934.
  • [7] SANTOS, V. DOS; SILVA, L. Application of Agaricus bisporus Extract for Benzoate Sodium Detection Based on Tyrosinase Inhibition for Biosensor Development. Chemical Engineering Transactions, v. 32, p. 1831–1836, 2013.
  • [8] SCOPES, R. K. Protein Purification: Principles and Practice . [s.l.] Springer, 1994. p. 380 SIGMA-ALDRICH. Technical bulletin, 2013.
  • [9] SILVA, L. et al. Biosensors for Contaminants Monitoring in Food and Environment for Human and Environmental Health. p. 1–18, 2013.
  • [10] WICHERS, H. J.; GERRITSEN, Y. A. M.; CHAPELON, C. G. J. Tyrosinase isoforms from the fruitbodies of Agaricus bisporus. Phytochemistry, v. 43, n. 2, p. 333–337, 1996.
Como citar:

SANTOS, V. P. S dos; MENDONÇA, C.; PEREIRA, P. R.; GUTARRA, M. L. E.; TORRES, A. G.; PEREIRA, K. S.; SALGADO, A. M.; "COMPARAÇÃO DE MÉTODOS DE EXTRAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DA ENZIMA TIROSINASE DE AGARICUS BISPORUS", p. 603-610 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0435-25499-174494

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações