fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DE MELANCIAS SEM SEMENTES SUBMETIDAS AO 1-METILCICLOPROPENO

FILHO, F. O.; BRAGA, T. R.; SILVA, E. de O.; TERRA, F. A. M.; SILVEIRA, M. R. S. da; OLIVEIRA, M. M. T. de;

Artigo:

A curta vida útil após a colheita é um dos principais problemas para a exportação da melancia (Citrullus lanatus). Embora a melancia seja não climatérica, estudos têm mostrado que o etileno induz o amolecimento e a perda de qualidade. O uso do 1-Metilciclopropeno (1-MCP), por ser um forte inibidor da ação do etileno, possivelmente irá retardar esses processos de senescência, resultando na conservação da qualidade por maior tempo após a colheita. O objetivo foi avaliar a conservação pós-colheita de melancias tratadas com 1-MCP. As melancias foram submetidas ao 1-MCP em concentrações de 0, 200, 400, 600, 800, 1000 ηL L-1 (ppb), e armazenadas em temperatura ambiente por 15 dias, as amostras foram coletadas a cada 3 dias e submetidas às análises de sólidos solúveis (°Brix), açúcar total, açúcar redutor e carotenóides totais. O 1-MCP (1000 ppb) foi eficiente em conservar a qualidade da melancia. Dosagens abaixo de 600ppb não surtiram efeito devido, possivelmente, à dificuldade de absorção através da casca muito espessa.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0073-27194-162032

Referências bibliográficas
  • [1] ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTRY. Official methods of analysis of the Association of Official Analytical Chemistry .1ed. Washington: AOAC, 1992.1115p. CARLOS, A. L. X.; MENEZES, ROCHA, J. B.; R. H. C.; NUNES ,G. H. S.; SILVA, G. G. Vida Útil Pós-Colheita de Melancia Submetida a Diferentes Temperaturas De Armazenamento. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais. Campina Grande, v.4, n.1, p.29-35, 2002 FONSECA, MEN; SILVA, ED; BOITEUX, LS. Teores e tipos de carotenóides em acessos de melancia com frutos de polpa vermelha e polpa branca. 2010. Horticultura Brasileira 28: S941-S945.
  • [2] GRANGEIRO, L. C. Produtividade e qualidade de frutos de melancia, em duas épocas de plantio, em função de fontes e doses de potássio. 79 f. 2003. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) – FCAV, UNESP, Jaboticabal, 2003.
  • [3] LIME, B.J.; GRIFFITHS, F.P.; O''CONNOR, R.T.; HEINZELMANN, D.C.; MCCALL, E.R. Spectrophotometric methods for determining pigmentation – beta-carotene and lycopene –in ruby red grapefruit. Agric. Food Chem, v. 5, p. 941-944, 1957 MILLER, G.L. Use of dinitrosalicylic acid reagent for determination of reducing sugars. Analytical Chemistry, Washington, v.31,p.426-8, 1959.
  • [4] MORETTI, C.L., SARGENT, S.A., HUBER, D.J., CALBO, A.G., PUSCHMANN, R. Chemical composition and physical properties of pericarp, locule and placental tissues of tomatoes with internal bruising. Journal of the American Society for Horticultural Science, v. 123, p. 656–660, 1998.
  • [5] PINTO, S. A. A.; DURIGAN, J. F.; SARZI, B.; TEIXEIRA, G. H. de A.; MATTIUS, B. Uso de melancia na produção de produtos minimamente processados: efeito de diferentes cortes e da temperatura de armazenamento na atividade respiratória. Encontro Nacional Sobre Processamento Mínimo de Frutas e Hortaliças, Viçosa. Resumos... Viçosa: UFV, p. 10, 2000.
  • [6] RISSE, L.A.; BRECHT, J.K.; SARGENT, S.A.; LOCASCIO, S.J.; CRALL, J.M.; ELMSTROM, G.W.; MAYANRD, D.N. Storage characteristic of small watermelon cultivars. Journal of the American Society for Horticultural Science, Mount Vernon, v.115, n.3, p.440-443, 1990.
  • [7] RISSE, L.A.; HATTON, T.T. Sensitivity of watermelons to ethylene during storage. HortScience, Área temática: Engenharia e Tecnologia de Alimentos 6Alexandria, v.6, n.17, p.946-048. 1982.
  • [8] SISLER, EC; Serek, M. Inibidores de respostas ao etileno em plantas no nível do receptor: desenvolvimentos recentes. Physiologia Plantarum ., Copenhaga, V.100, p.577-582, 1997.
  • [9] UMIEL, N.; GABELMAN, W.H. Analytical procedures for detecting carotenoids of carrot (Daucus carota L.) roots and tomato (Lycopersicon esculentum Mill.) fruits. Journal of the American Society for Horticultural Science, v. 96, p. 702-704, 1971.
  • [10] YEMN, E. W.; WILLIS, A. J. The estimation of carbohydrate in plant extracts by anthrone. The Biochemical Journal, London, v.57, p.508-514, 1954.
Como citar:

FILHO, F. O.; BRAGA, T. R.; SILVA, E. de O.; TERRA, F. A. M.; SILVEIRA, M. R. S. da; OLIVEIRA, M. M. T. de; "CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DE MELANCIAS SEM SEMENTES SUBMETIDAS AO 1-METILCICLOPROPENO", p. 3037-3043 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0073-27194-162032

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações