fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

CARACTERIZAÇÃO DO ÓLEO DE CRAMBE (Crambe abyssinica) EXTRAÍDO COM PROPANO EM CONDIÇÕES SUBCRÍTICAS

SANTOS, K. A.; SCHNEIDER, R.; CARDOZO FILHO, L. ; SILVA, C.; SILVA, E. A.;

Artigo:

O presente trabalho visa investigar as características do óleo de crambe extraído com propano em condições subcríticas em comparação aos óleos extraídos em Soxhlet utilizando os solventes orgânicos hexano e diclorometano. Foram realizadas análises de ácidos graxos totais, compostos não ligados ao glicerol (ácidos graxos livres e fitosteróis) e dos antioxidantes α, γ e δ-tocoferol. A estabilidade oxidativa do óleo de crambe foi verificada empregando a calorimetria diferencial de varredura (DSC) e esta técnica também foi empregada para determinar o ponto de fusão do óleo. Os resultados comprovaram que o óleo de crambe é predominantemente constituído por ácidos graxos monoinsaturados (80,59 a 81,88%), notadamente pelo ácido erúcico. Em relação aos fitosteróis, o óleo apresenta, em média, 14% de brassicasterol, 30% de campesterol e 56% de β-sitosterol. A amostra de óleo extraída com propano subcrítico a 80 oC e 80 bar apresentou os maiores teores de tocoferóis, correspondendo ao total de 202 mg para cada 100 g de óleo. Nas análises calorimétricas foram encontrados períodos indutivos de 420 e 77,5 minutos para a amostra de óleo extraída com propano subcrítico submetida a 110

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1385-19553-158900

Referências bibliográficas
  • [1] ATABANI, A. E.; SILITONGAA, A. S.; ONGA, H. C.; MAHIAC, T. M. I.; MASJUKI, H H.; BADRUDDINA, I. A.: FAYAZ, H. Non-edible vegetable oils: A critical evaluation of oil extraction, fatty acid compositions, biodiesel production, characteristics, engine performance and emissions production. Renew. Sust. Energ. Rev., v.18, p. 211–245, 2013.
  • [2] FALASCA, S. L.; FLORES, N.; LAMAS, M. C.; CARBALLO, S. M.; ANSCHAU, A. Crambe abyssinica: an almost unknown crop with a promissory future to produce biodiesel in Argentina. Int. Área temática: Engenharia das Separações e Termodinâmica 7J. Hydrog. Energy, v. 35, p. 5808–5812, 2010.
  • [3] FREITAS, L. S. Desenvolvimento de procedimentos de extração de óleo de semente de uva e caracterização química dos compostos extraídos. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 227 p. 2007. Tese (Doutorado em Química). FREITAS, L. S.; OLIVEIRA, J. V.; DARIVA, C.; JACQUES, R. A.; CARAMÃO, E. B. Extraction of Grape Seed Oil Using Compressed Carbon Dioxide and Propane: Extraction Yields and Characterization of Free Glycerol Compounds. J Agr. Food Chem., v. 56, p. 2558–2564, 2008.
  • [4] GARCIA,V.A.S.; CABRAL, V.F.; ZANOELO, E.F.; SILVA, C.; CARDOZO-FILHO, L. Extraction of Mucuna seed oil using supercritical carbon dioxide to increase the concentration of l-Dopa in the defatted meal. J. Supercrit. Fluids, v. 69, p. 75– 81, 2012.
  • [5] LALAS, S.; GORTZI, O.; ATHANASIADIS, V. Full Characterisation of Crambe abyssinica Hochst. Seed Oil. J. Am. Oil Chem. Soc., v. 89, p. 2253 -2258, 2012.
  • [6] LECHNER, M.; REITER, B.; LORBEER, E. Determination of free and esterified sterols in potential new oil seed crops by coupled on-line liquid chromatography-gas-chromatography. Eur. J. Lipid Sci. Technol., v. 101, p. 171-177, 1999.
  • [7] NASSU, R. T.; GONÇALVES, L. A. G. Avaliação de parâmetros térmicos de óleo de palma e seus derivados por calorimetria diferencial de varredura (DSC). Quim. Nova, v. 17, n.4, 1994.
  • [8] OSAWA, C. C.; GONCALVES, L. A. G.; RAGAZZI, S. Titulação potenciométrica aplicada na determinação de ácidos graxos livres de óleos e gorduras comestíveis. Quím. Nova [online], v.29, n.3, p. 593-599, 2006.
  • [9] PHILLIPS, K. M.; RUGGIO, D. M.; TOIVO, J. I.; SWANK, M. A.; SIMPKINS, A. H., Free and esterified sterol composition of edible oils and fats. J. Food Compos. Anal., v. 15, 123–142, 2002.
  • [10] PITOL, C.; BROCH, D. L.; ROSCOE, R. Tecnologia e produção: crambe. Maracaju: Fundação MS, 20 60 p. SCHMIDT, S.; POKORNÝ, J. Potential application of oilseeds as sources of antioxidants for food lipids–a review. Czech J. Food Sci., v. 23, p. 93-102, 2005.
  • [11] SINGH, S. P.; SINGH, D. Biodiesel production through de use of different sources and characterization of oils and their esters as the substitute of diesel: a review. Renew. Sust. Energ. Rev., v. 14, p. 200-216, 2010.
  • [12] TAN, C. P.; CHE MAN, Y.B.;SELAMAT, J.;YUSOFF, M. S. A. Comparative studies of oxidative stability of edible oils by differential scanning calorimetry and oxidative stability index methods. Food Chem., v. 76, p. 385-389, 2002.
  • [13] WALKER, R.E. Official methods and recommended practices of the American Oil Chemists'' Society (Method AOCS Ce 2-66) (4th). Champaign: American Oil Chemists Society, 1990.
  • [14] YOSHIDA, Y.; NIKI, E. Antioxidant effects of phytosterol and its components. J. Nutr. Sci. Vitaminol., v.49, p. 277–280, 2003.
Como citar:

SANTOS, K. A.; SCHNEIDER, R.; CARDOZO FILHO, L. ; SILVA, C.; SILVA, E. A.; "CARACTERIZAÇÃO DO ÓLEO DE CRAMBE (Crambe abyssinica) EXTRAÍDO COM PROPANO EM CONDIÇÕES SUBCRÍTICAS", p. 15595-15602 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1385-19553-158900

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações