fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

CARACTERIZAÇÃO DA XANTANA PRODUZIDA POR Xanthomonas campestris pv. mangiferaeindicae IBSBF 1230 UTILIZANDO DIFERENTES FONTES DE CARBONO

TRINDADE, R. A.; MUNHOZ, A. P.; BURKERT, C. A. V.;

Artigo:

O objetivo do presente trabalho foi avaliar o impacto do uso do glicerol residual (GR) em substituição total ou parcial da sacarose (S) utilizada como fonte de carbono no meio de cultivo convencional, verificando os efeitos em algumas propriedades da goma xantana produzida por Xanthomonas campestris pv. mangiferaeindicae IBSBF 1230. Os cultivos para obtenção da goma foram realizados em triplicata, em frascos agitados a 28ºC, 200 rpm por 48 h, utilizando como fontes de carbono S, GR e uma mistura de ambas (SGR) na proporção de 1:1 m/m. A goma foi obtida por centrifugação do meio, adição de etanol (1:4 v/v) para precipitação repouso por 24 h, nova centrifugação e secagem em estufa a 50

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0882-22847-152681

Referências bibliográficas
  • [1] ANVISA. Ministério da Saúde. Agência Nacional da Vigilância Sanitária. Resolução nº 386. Diário Oficial da União. Brasilía, 05 de ago. 1999. Disponível em: http:/www.anvisa.gov.br/legis/resol/386_99.htm. Acesso em: 01 de mar de 2014.
  • [2] Área temática: Engenharia e Tecnologia de Alimentos 7COOPER DG, GOLDENBERG BG. Surface active agents of two Bacillus species. Appl Environ. Microbiol., v. 53, p 224–9, 1987.
  • [3] DONOT, F.; FONTANA, A.; BACCOU, J.C.; SCHORR-GALINDO, S. Microbial exopolysaccharides: main examples of synthesis, excretion, genetics and extraction. Carbohyd. Polym., v. 87, p. 951–962, 2012.
  • [4] DRUZIAN, J.I.; PAGLIARINI, A.P. Produção de goma xantana por fermentação do resíduo de suco de maçã. Ciência Tecnol. Alime., v. 27, n. 1, p. 26-31, 2007.
  • [5] FARIA, S.; PETKOWICS, C. L.; MORAIS, S.; HERNANDEZ-TERRONES, M.G.; RESENDE, M. M. ; FRANCA, F. P. ; CARDOSO, V. L. Characterization of xanthan gum produced from sugar cane broth. Carbohyd. Polym., v. 86, p.469-476, 2011.
  • [6] FREITAS, F.; ALVES, V.D.; REIS, M.A.M. Advances in bacterial exopolysaccharides: from production to biotechnological applications. Trends Biotechnol., v. 29, p. 388-398, 2011.
  • [7] HORN, M.M. Obtenção e caracterização de hidrogéis de quitosana, xantana e colágeno aniônico. 2008. 73f. Dissertação (Mestrado em Ciência – Química analítica) - Universidade de São Paulo (USP), São Carlos. IBSBF - Coleção de Cultura de Fitobactérias do Instituto Biológico. Instruções para re-hidratação das culturas. Campinas, São Paulo, 2013.
  • [8] IYER, A.; MODY, K.; JHA, B. Emulsifying properties of a marine bacterial exopolysaccharide. Enzyme Microb. Tech., v. 38, p. 220–222, 2006.
  • [9] LUVIELMO, M.M.; SCAMPARINI, A.R.P. Goma xantana: produção, recuperação, propriedades e aplicação. Estudos Tecnológicos, v. 5, p. 50–67, 200
  • [10] MESOMO, M.C. Produção de goma xantana em biorreator utilizando meio à base de soro de queijo. 2007. 81 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Alimentos) - Universidade do Alto Uruguai e das Missões (URI), Erechim. REIS, E.C.; ALMEIDA, M.; CARDOSO, J.C.; PEREIRA, M.A.; OLIVEIRA, C.B.Z.; VENCESCAU, E.M.; DRUZIAN, J.I.; MARIANO, R.; PADILHA, F.F. Biopolymer synthesized by strains of Xanthomonas sp isolate from Brazil using biodiesel-waste. Macromol. Symp., v. 296, p. 347-353, 20
  • [11] SILVEIRA, L. Glicerina gerada na produção do biodiesel terá novos usos. 2007.
  • [12] Biodieselbr online. Disponível em: Andlt;http://www.biodieselbr.comAndgt;. Acesso em 05 de janeiro de 2014.
  • [13] XUEWU; Z.; XIN, L.; DEXIANG, G.; WEI; Z.; TONG, X; YONGHONG, M. Rheological models for xanthan gum. J. Food Eng., v. 27, p. 203-209, 1996.
Como citar:

TRINDADE, R. A.; MUNHOZ, A. P.; BURKERT, C. A. V.; "CARACTERIZAÇÃO DA XANTANA PRODUZIDA POR Xanthomonas campestris pv. mangiferaeindicae IBSBF 1230 UTILIZANDO DIFERENTES FONTES DE CARBONO", p. 4044-4051 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0882-22847-152681

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações