Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Caracterização de Turfa e Vermiculita Hidrofobizadas por Espectroscopia de Absorção na Região do Infravermelho- FTIR

Characterization of peat and vermiculite hydrophobized by Absorption Spectroscopy in Region Infravermelho- FTIR

Morais, Dafne Ravena Pascoal de; Delgado, Regina Celia de Oliveira Brasil; Mota, André Luís Novais; Santiago, Rodrigo César;

Completo:

Materiais naturaiscomo minerais e argilo-minerais tem sido alvo de estudos para o uso alternativoem áreas ambientais com o propósito de solucionar problemas diversos que causamimpactos ao meio ambiente. A turfa e a vermiculita vêm ganhando atençãoatualmente devido ao poder que apresentam em adsorver impurezas de água eefluentes contaminados com hidrocarbonetos e metais, entre outras substânciastóxicas. A turfa é classificada como um organo-mineral originado da decomposiçãode vegetais de pequeno desenvolvimento em ambiente de água doce. É um materialporoso e altamente polar. A vermiculita é um mineral oriundo das rochas ígneas,ocorre nas rochas alcalinase às vezes em pegmatitos e geralmente se forma do intemperismo sofrido pelabiotita. Diversos métodos tem sido alvo de estudos visando à ativação ou amentoda capacidade desses materiais para serem usados como adsorventes de substânciaspoluentes, com destaque para a hidrofobização, que consiste em aumentar acapacidade de adsorção de um material, com a característica de aversão a agua,tornando-se melhor adsorvente. Inúmeros trabalhos atestam a eficiência da cerade carnaúba no processo de hidrofobização de materiais argilosos, aumentando aafinidade a compostos orgânicos dos mesmos. Este trabalho teve como objetivo caracterizar a turfa e a vermiculita naforma natural e hidrofobizada com cera de carnaúba pela técnica de absorção daregião do infravermelho por transformada de Fourier, visando conhecer melhor aspropriedades desses materiais. Os resultados obtidos nas análises atestaram aheterogeneidade dos materiais estudados como também, comprovaram a aderência dacera de carnaúba utilizada no processo de hidrofobização nas bandas C=O e OHcaracterísticos da cera e presente nos materiais. A confirmação da presença degrupos funcionais orgânicos nos adsorventes torna a vermiculita e turfaadsorventes potenciais para remoção de contaminantes através da adsorção.

Completo:

Natural materials such as minerals and clay minerals have been investigated for alternative use in environmental areas for the purpose of solving many problems that impact the environment. The peat and vermiculite are gaining attention today because of the power that adsorb impurities present in water and wastewater contaminated with hydrocarbons and metals, and other toxic substances. Peat is classified as an organic-mineral originated from the decomposition of vegetable little development in freshwater environment. It is a polar and highly porous material. Vermiculite is a mineral derived from igneous rocks, occurs in basic rocks in the alkaline rocks and sometimes in pegmatites and usually forms the weathering suffered by biotite. Several methods have been the subject of studies aimed at activating or ning the ability of these materials to be used as adsorbents of pollutants, particularly hydrophobic, that is to make an adsorbent material with aversion to water and improve the adsorption capacity of the same. Countless studies attest to carnauba wax efficient hydrophobic process of clay materials, making the same affinity to organic compounds. This study aims to characterize the peat and vermiculite in natural and hydrofobized form with carnauba wax by absorbing technique of the infrared Fourier transform, to better understand the properties of these materials. The results obtained in this study confirmed the heterogeneity of the studied materials as well, confirmed the adherence of carnauba wax used in the hydrophobic process to them.

Palavras-chave: Argilo-minerais, Adsorvente, Vermiculita, Hidrofobização,

Palavras-chave: Clay-minerals, adsorbent, vermiculite, Hydrophobic,

DOI: 10.5151/chenpro-5erq-eng27

Referências bibliográficas
  • [1] BORBA, L. L. S.; OLIVEIRA, M. F. D.; MELO, M. A. F.; MELO, D. M. A.; PERGHER, S. B. C. Preparação de adsorventes à base de materiais naturais hidrofobizados com cera de carnaúba. Perspectiva, Erechim, v. 37, n. 139, p.37-46, set. 2013.
  • [2] CARVALHO, D. G.; FIGUEIREDO, A. B. da S. Síntese e caracterização de nanopartículas de NiFe2O4 utilizando o método de sol-gel/combustão e combustão homogênea. Matéria (Rio J.). 2013, vol.18, n.2, pp. 1323-1328
  • [3] COELHO, A. C. V.; SANTOS, P. de S.; SANTOS, H. de S. Argilas especiais: o que são, caracterização e propriedades. Quim. Nova, v. 30, n. 1, p. 146-152, 2007
  • [4] CURBELO, F. D. da S. Estudo da remoção de óleo em águas produzidas na industria de petróleo, por adsorção em coluna utilizando a vermiculita expandida e hidrofobizada. Dissertação de Mestrado - Programa de Pós-graduação em Engenharia Química – Departamento de Engenharia Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2002.
  • [5] DAMAZIO, D.; DUTRA, R. de C. L.; DINIZ, M. F; MATTOS, E. da C. Determinação por FT-IR de transmissão e reflexão (UATR) de etileno e propileno em EPDM. Polímeros. 2014, vol.24, n.6, pp. 703-710
  • [6] DOMINGOS, E.; PEREIRA, T. M. C.; CASTRO, E. V. R. de; ROMÃO, W; SENA, G. L. de S.; GUIMARÃES, R. C. L. Monitorando a degradação da poliamida 11 (PA-11) via espectroscopia na região do infravermelho médio com transformada de fourier (FTIR). Polímeros. 2013, vol.23, n.1, pp. 37-41. Epub Oct 30, 2012
  • [7] FRANCHI, J.G. Aplicação de turfa na recuperação de solos degradados pela mineração de areia. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mineral) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. 105f. 2000.
  • [8] FRANCHI, J. G. A utilização de turfa como adsorvente de metais pesados: O exemplo da contaminação da bacia do rio Ribeira de Iguape por chumbo e metais associados. 2004. 178 f. Tese- Curso de Programa de Pós Graduação em Geoquímica e Geotectônica, Instituto de Geociências, Universidade de são Paulo, São Paulo, 2004.
  • [9] FRANCHI, J. G., SÍGOLO, J. B., LIMA, J. R. B. Turfa utilizada na recuperação ambiental de áreas mineradas – metodologia para avaliação laboratorial. Revista Brasileira de Geociências, 255-262, 2003.
  • [10] FRANCHI, J. G., MOTTA, J. F. M,. UOSUKAINEN, H., SÍGOLO, J. B. Peat in Brazil: geology, reserves, production and use. In: INTERNATIONAL PEAT CONGRESS, 12. 2004, Tampere. Proceedings… Saarijävi, IPS. 2004. p. 627-632.
  • [11] FUKAMACHI, C. R. B. Fertilizantes de liberação lenta de nitrogênio por nitração de turfa e xisto e por intercalação de uréia em argilominerais do grupo do caulim. 2007. 116 f. Tese (Doutorado) - Curso de Programa de Pós – Graduação em Química, Setor de Ciências Exatas da Universidade Federal do Paraná., Universidade Federal do Paraná., Curitiba, 2007.
  • [12] LUCAS, G. H. Hidrofobização, caracterização e aplicação da vermiculita para remoção de óleo insolúvel em água. 2013. 74 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Programa de Pós-graduação em Química, Centro de Ciências Exatas e da Terra. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
  • [13] MARTINS, J.; Vermiculita é transformada em mineral hidrofóbico, por Mara Figueira, Ciência Hoje, Jornal do Brasil, Rio de Janeiro - RJ, 2000.
  • [14] OLIVEIRA, L. F. C. de. Espectroscopia Molecular. Cadernos Temáticos de Química Nova na Escola, n. 4, p. 24-30, 2001.
  • [15] SANTIAGO, R. C. Rejeito de xisto como adsorvente para remoção de fenol em águas produzidas na indústria de petróleo. 2009. 100 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Petróleo, Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
  • [16] SANTOS, A. da S. Aplicação da parafina e do óleo de linhaça como hidrofobizantes da vermiculita, para remoção de derivados de óleo diesel presentes em água produzida sintética. 2010. 120 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Programa de Pós-graduação em Química, Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
  • [17] SILVERSTEIN, R. M.; BANLER, G. C.; MORRILL, T. C. Identificação Espectrométrica de Compostos Orgânicos. Guanabara Koogan, 6ª. Edição, Cap. 3, p. 85, Rio de Janeiro, 2002.
  • [18] UGARTE, J. F. de O.; SAMPAIO, J. A.; FRANÇA, S. C. A.. Vermiculita. In: LUZ, Adão Benvindo da; LINS, Fernando Antonio Freitas. Rochas & minerais industriais: Usos e especificações. Rio de Janeiro: Cetem/mct, 2005. Cap. 32. p. 677-698.
Como citar:

Morais, Dafne Ravena Pascoal de; Delgado, Regina Celia de Oliveira Brasil; Mota, André Luís Novais; Santiago, Rodrigo César; "Caracterização de Turfa e Vermiculita Hidrofobizadas por Espectroscopia de Absorção na Região do Infravermelho- FTIR", p. 1140-1147 . In: Anais do V Encontro Regional de Química & IV Encontro Nacional de Química [=Blucher Chemistry Proceedings].. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-4043, DOI 10.5151/chenpro-5erq-eng27

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações