Resumo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO IN VITRO DA ATIVIDADE ANTICARIOGÈNICA DO EXTRATO DE Verbena bonariensis L.

Evangelista, Fernanda Cristina Gontijo; Braga, Tatiane Vieira; Tinoco, Letícia Márcia da Silva; Guimarães, Sarah Ferreira; Dores, Rosana Gonçalves Rodrigues das; Varotti, Fernando de Pilla; Carvalho, Maria das Graças; Sabino, Adriano de Paula;

Resumo:

A família Verbenaceae é encontrada principalmente em regiões tropicais e distribuída aproximadamente em 100 gêneros, compreendendo o gênero Verbena, com cerca de 250 espécies. Dentre essas espécies encontra-se a Verbena bonariensis L., conhecida popularmente como muçambá ou erva-ferro e empregada popularmente como um antibiótico natural. Streptococcus mutans, Streptococcus mitis e Streptococcus oralis estão envolvidos na formação de cáries dentárias. O processo envolve a aderência bacteriana, formação de biofilme e desmineralização do esmalte dentário através do ácido produzido pelos micro-organismos. O presente trabalho investigou a atividade anticariogênica do extrato das folhas de V. bonariensis L. pelo método de difusão em disco. A espécie foi coletada no campus da Universidade Federal de Ouro Preto. A identificação do material vegetal foi realizada no Herbário José Badini da UFOP e material testemunho (exsicata) depositada sob número OUPR 26753. O extrato etanólico das folhas foi preparado pelo método de maceração e seco em evaporador rotatório. A avaliação da atividade antibacteriana foi realizada pelo método de difusão em disco. O teste foi realizado em ágar Mueller-Hinton inoculado com cepas de S. mutans (ATCC 25175), S. mitis (ATCC 49456) e S. oralis (ATCC 10557), partindo da suspensão direta das colônias (escala 0,5 de McFarland). Discos de papel de filtro impregnados com 10μL do extrato etanólico 50mg/mL foram avaliados em 3 repetições. Após a incubação da placa em estufa a 37ºC por 24 horas, mensurou-se o halo de inibição ao redor dos discos. Não ocorreu formação de halo inibitório ao redor dos discos testados. Na avaliação da atividade antibacteriana de extratos vegetais são considerados ativos os extratos que exibem halo de inibição maior ou igual a 7,0 mm. O extrato de V. bonariensis L. não apresentou atividade anticariogênica frente às cepas testadas.

Resumo:

Palavras-chave: Anticariogênica, Verbena bonariensis L, bactérias,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/biochem-jaibqi-0019

Referências bibliográficas
Como citar:

Evangelista, Fernanda Cristina Gontijo; Braga, Tatiane Vieira; Tinoco, Letícia Márcia da Silva; Guimarães, Sarah Ferreira; Dores, Rosana Gonçalves Rodrigues das; Varotti, Fernando de Pilla; Carvalho, Maria das Graças; Sabino, Adriano de Paula; "AVALIAÇÃO IN VITRO DA ATIVIDADE ANTICARIOGÈNICA DO EXTRATO DE Verbena bonariensis L.", p. 45-46 . In: Anais da V Jornada Acadêmica Internacional de Bioquímica [= Blucher Biochemistry Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-5043, DOI 10.5151/biochem-jaibqi-0019

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações