fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DO SOBREAQUECIMENTO DE ÓLEOS VEGETAIS ATRAVÉS DE ANÁLISES QUÍMICAS E ESPECTROSCOPIA UV/VISÍVEL

ARAÚJO, A. P. C.; SILVA, C. V. da; MONTE, A. F. G.; BATISTA, F. R. X.;

Artigo:

Óleos vegetais representam um dos principais produtos extraídos das plantas e têm sido incluídos na dieta humana devido à sua larga utilização na preparação de alimentos. Contudo, o uso recorrente destes óleos leva à necessidade do monitoramento de seus parâmetros de qualidade, a fim de se verificar principalmente resistência e estabilidade à ação térmica. Assim, com o intuito de monitorar modificações potencialmente ocasionadas por elevadas temperaturas em amostras de óleo de soja, canola, milho e girassol, parâmetros como o índice de acidez, peróxido e iodo foram determinados através de análise físico-química, para diferentes temperaturas (50 a 150°C) e tempos de aquecimento (10 a 60 min). Por meio de análises complementares de UV/vis foi possível também a determinação do estado oxidativo das amostras dos óleos. Os espectros de absorção obtidos mostraram que embora submetidas à ação térmica, o deslocamento batocrômico nas amostras de óleo não foi observado na região entre 200 a

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1851-17213-150134

Referências bibliográficas
  • [1] ADAMS, C.A. Oxidations and antioxidants. In: Nutricines. Food components in Health and Nutrition.Nottingham Univ. Press. Chapter 2. p.11-34, 1999.
  • [2] ALMEIDA-DORIA, R.F.; REGITANO-D’ARCE, M.A.B. Antioxidant activity of rosemary and Área temática: Engenharia e Tecnologia de Alimentos 7oregano ethanol extracts in soybean oil under thermal oxidation. Ciênc. Tec. de Alim., v.20, n.2, p.197-203, 2000.
  • [3] ALVES, R. F.; GUIMARÃES, S. M.; ABREU T. C.; SILVA, R. D. Índices de Acidez Livre e de Peróxido. Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Sousa, São José dos Campos, SP, 12p., 2009.
  • [4] AMERICAN OIL CHEMISTS SOCIETY. Official methods and recommended practices of the American Oil Chemists Society. 4th ed. Champaign, USA, AOCS, [AOCS Official method Cd 8-53], 1990.
  • [5] A.O.C.S, 2004 – AMERICAN OIL CHEMISYS SOCIETY – AOCS - Official Methods and Recommended Practices of the American Oil Chemists Society. Washington, 2004.
  • [6] BOBBIO, P.A.; BOBBIO, F.O. Química do processamento de alimentos, 3.ed. São Paulo. 33p, 2001.
  • [7] DAVIS, S.; DARLING-HAMMOND, L.; LAPOINTE, M.; MEYERSON, D. Review of research. School leadership study. Developing successful principals. Palo Alto: Stanford Educational Leadership Institute, 2005.
  • [8] FARHOOSH, R.; EINAFSHAR, S.; SHARAYEI, P. The effect of comercial refining steps on the rancidity measures of soybean and canola oils. Food Chemistry, Mashhad, n. 115, p.933-938, 2009.
  • [9] INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Normas analíticas do Instituto Adolfo Lutz. v.1.: Métodos Químicos e Físicos para Análise de Alimentos, 3. ed. São Paulo: IMESP, p. 245-246, 1985.
  • [10] JOSEPH-NATHAN, P. Resonancia Magnetica Nuclear de Hidrogenio-1 y de Carbono-13. Intituto Politécnico Nacional: México, 1982.
  • [11] MORETTO, E.; FETT, R. Definição de óleos e Gorduras tecnologia de óleos e gorduras vegetais na indústria de alimentos. São Paulo. Editora Varella, 2002 O’BRIEN, R.D.; FARR, W.C.; WAN, P.J. Introduction to fats and oils technology. 2.ed. Champaign: AOCS Press, 2000.
  • [12] ROVELLINI, P.; CORTESI, N.; FEDELI, E. Ossidazione dei lipid. La Rivista Italiana delle Sostanze Grasse, v. 74, n. 5, p. 181-189, 1997.
  • [13] SHAHIDI, F.; ZHONG, Y. Lipid Oxidation: Measurement Methods. In: SHAHIDI, Fereidoon. Bailey’s Industrial Oil and Fat Products. 6. ed., v.1, Newfoundland: John Wiley Andamp; Sons. Cap. 8, p. 357-386, 2005.
  • [14] SILVERSTEIN, R. M.; WEBSTER, F. X. Spectrometric Identification of Organic Compounds. 6. ed. New York: John Willey, 1998.
  • [15] VIEIRA, T. M. F. S.; REGITANO-D''ARCE, M. A. B. UV-Spectrophotometric evaluation of corn oil oxidative stability during microwave heating and oven test.Journal of Agricultural and Food Chemistry, v. 47, n. 6, p. 2003-2006, 1999.
  • [16] WHITE, P.J. Flavor quality of fats and oils. In: O’BRIEN, R.D., FARR, W.C., WAN, P.J. Introduction to fats and oils technology. 2.ed. Champaign: AOCS Press, 2000.
Como citar:

ARAÚJO, A. P. C.; SILVA, C. V. da; MONTE, A. F. G.; BATISTA, F. R. X.; "AVALIAÇÃO DO SOBREAQUECIMENTO DE ÓLEOS VEGETAIS ATRAVÉS DE ANÁLISES QUÍMICAS E ESPECTROSCOPIA UV/VISÍVEL", p. 5023-5030 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1851-17213-150134

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações