fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DO RESÍDUO AGROINDUSTRIAL DE ACEROLA PARA PRODUÇÃO DE CELULASES POR FERMENTAÇÃO EM ESTADO SÓLIDO

MÉLO, B. C. A. de; SILVA, R. de A.; KUBO, G. T. M.; CONRADO, L. S.; SCHIMDELL, W.;

Artigo:

Os processos industriais, no geral, além do produto de interesse, geram múltiplas saídas de outros materiais em forma de resíduos e emissões não incorporadas no produto final que geralmente são aceitas como efeito normal no processo de fabricação. Nos últimos anos tem se intensificado o aproveitamento de resíduos agroindustriais, e uma das formas de agregar-lhes valor é submetê-los a processos fermentativos para obtenção de produtos de maior valor agregado e ao mesmo tempo minimizar o seu despejo no meio ambiente. A produção de enzimas a partir de processos fermentativos tem sido vista como uma saída possivelmente sustentável para os resíduos agroindustriais. Dessa forma, este trabalho teve por objetivo avaliar o resíduo agroindustrial de acerola para ser utilizado na produção de celulases através de processos fermentativos em estado sólido. Para isso, inicialmente foi realizada a caracterização físico-química do resíduo, em seguida foram montadas isotermas de sorção de água, e por fim foi realizado um teste preliminar de produção da enzima. A caracterização físico-química mostrou que esse resíduo tem potencial para ser utilizado na produção de celulases em fermentações em estado sólido por apresentar condições favoráveis ao processo de fermentação como pH ácido (3,54) e fonte de carbono representada pelos açúcares redutores (9,42 %) e pela celulose (44,30 %). Nas condições estudadas, a atividade enzimática máxima alcançada foi de 1,25 U/g após 216 horas de fermentação.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1415-19409-146054

Referências bibliográficas
  • [1] ABNT: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7181: Solo - Análise Granulométrica, 1984.
  • [2] Área temática: Processos Biotecnológicos 7BHAT, M. K.; BHAT, S. Cellulose degradading enzymes and their potencial industrial application. Biotechnology Advances, v. 15, n. 3-4, p. 586-620, 1997.
  • [3] BOTELLA, C.; DIAZ, A.; ORY, I.; WEBB, C.; BLANDINO, A. Xylanase and pectinase production by Aspergillus awamori on grape pomace in solid state fermentation. Process Biochemistry, v. 42, n. 1, p. 98-101, 2007.
  • [4] BRASIL, Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Métodos físico-químicos para análise de alimentos. Brasília: Editora MS, p. 1017, 2005.
  • [5] CORREIA, R. T. P. Estudo do cultivo semi-sólido de Saccaharomyces cerevisiae e Rhizopus oligosporus em resíduo de abacaxi. 2004. 163f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN. FONTANA, R. C.; SALVADOR, S.; SILVEIRA, M. M. Efeito das concentrações de pectina e glicose sobre a formação de poligalacturonases por Aspergillus niger em meio sólido. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE BIOPROCESSOS, 1, Recife, 200 Anais...Recife: 200
  • [6] ISRAEL M. C., Utilização do Resíduo do Processamento do Palmiteiro para a Produção de Enzimas Hidrolíticas por Fungos do Gênero Polyporus. 2005. 135f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental), Universidade Regional de Blumenau, Blumenau. KEEY, R. B. Drying of loose and particulate materials. New York: Hemiphere, p. 57, 1991.
  • [7] MILLER, G. L. Use of dinitrosalicylic acid reagent for determination of reducing sugar. Analytical Chemistry, v. 31, n. 3, p. 426-428, 1959.
  • [8] MORAIS, J. P. S.; ROSA, M. F.; MARCONCINI, J. M. Procedimentos para análise lignocelulósica. Documento 236, p.54, Campina Grande: Embrapa Algodão, 2010.
  • [9] PINTO, G. A. S.; BRITO, E. S.; SILVA, F. L. H., SANTOS, S. F. M., MACEDO, G. R. Fermentação em estado sólido: Uma alternativa para o aproveitamento e valorização de resíduos agroindustriais. Revista de Química Industrial, v. 74, p. 17-20, 2006.
  • [10] SOONG, Y. Y.; BARLOW, P. J. Antioxidant activity and phenolic content of selected fruit seeds. Food Chemistry, London, v.88, p. 411-417, 2004.
  • [11] SOUZA R. L. A. Produção de pectinases por fermentação semi-sólida utilizando resíduo do maracujá como substrato. 2008. 81f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química), Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB. TAVARES, M. B. R. Estudo da produção da enzima celulase a partir da matéria lignocelulósica bagaço do caju por fermentação semi-sólida utilizando Aspergillus niger. 2009. 108f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química), Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB. ZHENG, Z.; SHETTY, K. Cranberry processing waste for solid state fungal inoculants production. Process Biochemistry, v. 33, n. 8, p. 323-329, 2000.
Como citar:

MÉLO, B. C. A. de; SILVA, R. de A.; KUBO, G. T. M.; CONRADO, L. S.; SCHIMDELL, W.; "AVALIAÇÃO DO RESÍDUO AGROINDUSTRIAL DE ACEROLA PARA PRODUÇÃO DE CELULASES POR FERMENTAÇÃO EM ESTADO SÓLIDO", p. 2041-2048 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1415-19409-146054

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações