fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DE UM COAGULANTE NATURAL COMO AGENTE FLOCULANTE DE Dolichospermum flos aquae, ASSOCIADO À FLOTAÇÃO POR AR DISSOLVIDO

MORETI, L. O. R.; COLDEBELLA, P. F.; SANTOS, T. R. T.; CAMACHO, F. P.; VALVERDE, K. C.; BAZANA, S. L.; ARAKAWA, F. S.; SHIMABUKU, Q. L.; VIEIRA, M. F.; BERGAMASCO, R.;

Artigo:

O aumento na ocorrência de florações de cianobactérias nos mananciais destinados ao abastecimento pode interferir diretamente no tratamento e na qualidade da água fornecida para o consumo humano. Os processos de coagulação/floculação/flotação por ar dissolvido (C/F/FAD), utilizando como coagulante natural Moringa oleifera (MO), apresentam-se como uma alternativa viável para a remoção de microalgas dado que a Moringa apresenta um alto poder floculante, entre outros pontos positivos, como baixo custo de obtenção de suas sementes e nula toxicidade. Já a flotação por ar dissolvido se destaca como um processo eficiente na remoção de células intactas de cianobactérias, de forma a reduzir a potencialidade de liberação de toxinas para a água tratada. Desta forma, este trabalho teve por objetivo avaliar a floculação, mediada por Moringa, de células de Dolichospermum flos aquae, cianobactéria dulcícola, através da remoção de clorofila-a, e verificar também a remoção de cor, turbidez, e compostos com absorção em UV254nm. Foi observada intensa floculação (diminuição na concentração celular de até 96,4%) ao utilizar-se semente de Moringa triturada, desde a concentração de 0,05 até 1 g.L

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0541-25040-147107

Referências bibliográficas
  • [1] CARMICHAEL, W.W. The Toxins of Cyanobacteria. Scientific American, 270 (1), p. 64-72, 1994.
  • [2] DI BERNARDO, L. Algas e suas influências na qualidade das águas e nas tecnologias de tratamento. Rio de Janeiro, Editora: ABES, p. 127, 1995.
  • [3] FERREIRA, P. M. P.; CARVALHO, A. F. U.; FARIAS, D. F.; CARIOLANO, N. G.; MELO, V. M. M.; QUEIROZ, M. G. R.; MARTINS, A. M. C.; MACHADO-NETO, J. G. Larvicidal activity of the water extract of Moringa oleifera seeds against Aedes aegypti and its toxicity upon laboratory animals. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 81 (2), p. 207-216, 2009.
  • [4] GOLTERMAN, H. L.; CLYMO, R. S.; OHNSTAND, M. A. Methods for physical and chemical analysis of fresh water. Oxford: Blackwell, p. 213, 1978.
  • [5] LUND, J. W. G., KIPLING, C., LE-CREN, E. D. The inverted microscope method of estimating algal number and the statistical basis of estimations by counting. Hydrobiolog., 11 (2), p. 143-170, 1958.
  • [6] NDABIGENGESERE A, NARASIAH K. S. Quality of water treated by coagulation using Moringa oleifera seeds. Water Res, v. 32, P. 781–791, 1998.
  • [7] OLIVEIRA, J. M. B. Remoção de Cylindrospermopsis raciborskii por meio de sedimentação e flotação: avaliação em escala de bancada. p. 141 Dissertação (Mestrado em Área temática: Engenharia Ambiental e Tecnologias Limpas 5Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos) – Faculdade de Tecnologia, Universidade de Brasília, Brasília, 2005.
  • [8] OH, H. M., LEE, S. J., PARK, M. H., KIM, H. S., KIM, H. C., YOON, J. H., KWON, G., YOON, B. D. Arvesting of Chlorella vulgaris using a bioflocculant from Paenibacillus sp. AM49.
  • [9] Biotechnol Lett. v. 23, p. 1229–1234, 2001.
  • [10] TEIXEIRA, C. M. L. L., KIRSTEN, F. V., TEIXEIRA, P. C. N. Evaluation of Moringa oleifera seed flour as a flocculating agent for potential biodiesel producer microalgae. J Appl Phycol. v. 24, p. 557–563, 2012.
Como citar:

MORETI, L. O. R.; COLDEBELLA, P. F.; SANTOS, T. R. T.; CAMACHO, F. P.; VALVERDE, K. C.; BAZANA, S. L.; ARAKAWA, F. S.; SHIMABUKU, Q. L.; VIEIRA, M. F.; BERGAMASCO, R.; "AVALIAÇÃO DE UM COAGULANTE NATURAL COMO AGENTE FLOCULANTE DE Dolichospermum flos aquae, ASSOCIADO À FLOTAÇÃO POR AR DISSOLVIDO", p. 7285-7290 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0541-25040-147107

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações