fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DO MÉTODO SODIS COM E SEM O USO DE CONCENTRADOR SOLAR PARA DESINFECÇÃO DE ÁGUA DA CISTERNA LOCALIZADA NA ZONA RURAL DE ALAGOA NOVA – PB

OLIVEIRA, C. S. de; SOUZA, N. C.; LUIZ, M. R.;

Artigo:

A ausência de um sistema de tratamento e distribuição de água nas zonas rurais das cidades faz com que se busquem fontes alternativas de água para o consumo humano. Objetivando melhorar a qualidade microbiológica da água, o método SODIS pode ser utilizado. Este é um método simples e fácil de ser aplicado, eliminando microrganismos utilizando radiação solar, com uso de garrafas PET transparentes. Este trabalho propôs o comparativo entre as eficiências e o tempo de inativação microbiológica das amostras da água que foram submetidas à desinfecção com e sem o uso do concentrador de raios solares. Foi possível observar que nas amostras que não fizeram uso do concentrador solar houve a diminuição da concentração microbiana na água, porém o tempo de 6 horas não foi suficiente para eliminar completamente os microrganismos contaminantes. Já as amostras que utilizaram o concentrador solar foram eliminados todos os termotolerantes e coliformes totais, em 4 horas, comprovando a eficiência do mesmo.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0648-24599-151760

Referências bibliográficas
  • [1] AESA – Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba. Disponível em: Andlt; http://www.aesa.pb.gov.br/Andgt;. Acesso em: 18 de janeiro de 2014.
  • [2] APHA, AWWA. WPCF. Standard Methtods for Examination of Water and Wastewater. 15ed. Washington, D.C American Public Health Association, American Water Works Pollution Control Federation, 1995.
  • [3] BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria 2.914 de Dezembro de 2011. Dispõe sobre procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Brasília: Ministério da Saúde, 2011.
  • [4] CARRON, W.; GUIMARÃES, O.. As Faces da Física. 2 ed. São Paulo, SP: Editora Moderna, 2006.
  • [5] MELÉNDEZ, G. S.. Desinfecção de efluente sanitário por radiação UV e gama: efeitos na inativação de Ovos de ascaris spp. Belo Horizonte – MG, 2011.
  • [6] ONU – ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (2013). Disponível em:Andlt; http://www.onu.org.br/a-onu-em-acao/a-onu-em-acao/a-onu-e-a-agua/Andgt;. Acesso em: 18 de fevereiro de 2014.
  • [7] PARTENIANI, J. E. S.; SILVA, M. J. M.. Uso de garrafas pet e energia solar na desinfecção de águas em comunidades rurais. Espírito Santo do Pinhal, 2005.
  • [8] RODRIGUES, D. G.. Desinfecção da água por pasteurização solar (SOPAS) em comunidades rurais. Campinas – SP, 2011.
  • [9] SILVA, M. J. M. da. Desinfecção de Água utilizando Energia Solar (SODIS): Inativação e Recrescimento Bacteriano. Campinas – SP, 2004.
  • [10] SODIS (2013). Disponível em: Andlt; http://www.sodis.ch/index_ENAndgt;. Acesso em 14 de janeiro de 2014.
  • [11] SOUZA, H. H. S.; PAULO, P. L.. Avaliação da Desinfecção Solar (SODIS) de água cinza. Campo Grande – MS, 2009.
  • [12] WEGELIN, M., et al. Solar Water Disinfection: Scope on Process and Analysis of Radiation Experiments, Journal of Water Suply: Research and Technology - Aqua, 1994.
Como citar:

OLIVEIRA, C. S. de; SOUZA, N. C.; LUIZ, M. R.; "AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DO MÉTODO SODIS COM E SEM O USO DE CONCENTRADOR SOLAR PARA DESINFECÇÃO DE ÁGUA DA CISTERNA LOCALIZADA NA ZONA RURAL DE ALAGOA NOVA – PB", p. 7474-7481 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0648-24599-151760

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações