Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Avaliação da capacidade de adsorção do Al2O3 na remoção de benzeno

Adsorption Al2O3 capacity rating of the benzene removal

ARAÚJO, Nayonara Karolynne Costa de; GUIMARÃES, Débora Karina da Silva; GONDIM, Amanda Duarte; SILVA, Djalma Ribeiro da;

Completo:

A contaminação de águas subterrâneas por compostos orgânicos voláteis tem sido destaque nas últimas décadas. Este tipo de contaminação deve-se, fundamentalmente, a pequenos e contínuos vazamentos em postos de combustíveis, provocando graves problemas a saúde pública e ao meio ambiente. O potencial poluente da gasolina está diretamente relacionado com os hidrocarbonetos aromáticos de maior solubilidade em água, isto é, benzeno, tolueno, etilbenzeno e xilenos (BTEX). Em função destes antecedentes, a busca de novas alternativas para tratamento de águas contaminadas mostra-se absolutamente essencial. Por isso, este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência da remoção de benzeno através de processos de adsorção, empregando a alumina (Al2O3) como catalisador heterogêneo. Prepararam-se uma solução padrão, 0,1% de gasolina e água destilada para simular uma amostra real. Foram realizados vários ensaios, onde foi colocado 1 litro desta solução padrão para reagir em presença do Al2O3 em um sistema fechado e agitação mecânica. A cada 10, 20, 40 e 60 minutos, foram retiradas alíquotas dessa amostra, e levadas para análise através da técnica de cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massas (CG-EM) com extração por headspace. O procedimento adotado permite a detecção de concentrações da ordem de ppb (μg/L) de benzeno. Os resultados indicaram que os testes de adsorção do Al2O3 apresentaram uma boa eficiência de retenção de benzeno, sendo a capacidade de retenção de benzeno maior no ensaio onde a concentração do adsorvente foi de 12g/L e o tempo de reação de 60 minutos, resultando em uma eficiência de 40,51% de remoção de benzeno.

Completo:

Contamination of groundwater by volatile organic compounds has been featured in recent decades. This type of contamination is due primarily to small and continuous leaks at gas stations, causing serious problems to public health and the environment. The pollution potential gasoline is directly linked to the aromatic hydrocarbon higher solubility in water, benzene, toluene, ethylbenzene and xylenes (BTEX). Based on these antecedents, the search for new alternatives for treating contaminated water is shown to be absolutely essential. Therefore, this study aimed to evaluate the efficiency of removal of benzene by adsorption processes employing alumina (Al2O3) as heterogeneous catalyst. It was prepared by a standard solution, 0.1% gasoline and distilled water to simulate an actual sample. Several trials, where he was placed 1 liter of this standard solution to react in the presence of Al2O3 in a closed, mechanical stirring system were performed. Every 10, 20, 40 and 60 minutes, aliquots of this sample were taken and brought to analysis by gas chromatography coupled to mass spectrometry (GC-MS) with headspace extraction. The adopted procedure allows the detection of concentrations of the order of ppb (ug/L) benzene. The results showed good benzene retention efficiency for the Al2O3 adsorption, the largest benzene holding capacity in the test where the concentration of the adsorbent was 12 g/L and the 60 minutes reaction time, resulting in an efficiency of 40.51 % benzene removal

Palavras-chave: Adsorção; alumina; benzeno; tratamento de água.,

Palavras-chave: adsorption; alumina; benzene; water treatment.,

DOI: 10.5151/chenpro-5erq-am25

Referências bibliográficas
  • [1] ALABURDA, J. & NISHIHARA, L. Presença de compostos de nitrogênio em águas de poços. Revista de Saúde Pública, v. 32, n. 2: 1998.
  • [2] CORSEUIL X. H. Enhanced Degradation of Monoaromatic Hydrocarbons in Sandy Aquifer Materials by Inoculation Using Biologically Active Carbon Reactors. Ph.D. dissertation, Ann Arbor, University of Michigan, EUA, 199
  • [3] COSTA, Marco Antonio Ferreira da; COSTA, M. de Fátima Barrozo da. Benzeno: uma questão de saúde pública. Interciência, v. 27, n. 4: 2002.
  • [4] LINS, F. A. Remoção de Níquel e Zinco utilizando zeólita natural estilbita através do processo de troca iônica. Dissertação de mestrado. Universidade Federal de Pernambuco, 118: 2003.
  • [5] MA, Ming-Guo; ZHU, Jie-Fang. A facile solvothermal route to synthesis of γ-alumina with bundle-like and flower-like morphologies. Materials Letters, v. 63, n. 11: 2009.
  • [6] MENDES, R., Exposição ocupacional ao benzeno e seus efeitos sobre a saúde dos trabalhadores. Revista da Associação Médica do Brasil, v. 39, n. 4: 1993.
  • [7] OLIVEIRA, L. I. & LOUREIRO, C. O. Contaminação de aqüíferos por combustíveis orgânicos em Belo Horizonte: Avaliação preliminar, in: X Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, Subterrâneas. São Paulo: 1998.
  • [8] REBOUÇAS, A. C. Diagnóstico do setor de hidrologia. Caderno Técnico, v. 2, 1996.
  • [9] SCHNEIDER, J. B., Fernandes, I. J., Kieling, A. G., Caetano, M. O., & Brehm, F. A. Caracterização de águas subterrâneas contaminadas por hidrocarbonetos como etapa inicial para sua remediação. In: 26º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental. Porto Alegre/RS, 2011.
Como citar:

ARAÚJO, Nayonara Karolynne Costa de; GUIMARÃES, Débora Karina da Silva; GONDIM, Amanda Duarte; SILVA, Djalma Ribeiro da; "Avaliação da capacidade de adsorção do Al2O3 na remoção de benzeno", p. 815-820 . In: Anais do V Encontro Regional de Química & IV Encontro Nacional de Química [=Blucher Chemistry Proceedings].. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-4043, DOI 10.5151/chenpro-5erq-am25

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações