fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ANÁLISE DO PROCESSO DE PRODUÇÃO DE METANOL ATRAVÉS DAS CLÁSSICAS EQUAÇÕES DE ESTADO TERMODINÂMICAS

MISAEL, C. G. A.; SANTOS, J. S. B.; CAVALCANTI, C. B.; BISPO, H.;

Artigo:

A modelagem termodinâmica de processos permite, através de equações de estado, a previsão do comportamento de propriedades intensivas, tais como entalpia, entropia, volume molar, dentre outras propriedades correlatas. Os resultados obtidos são de grande importância para a descrição dos mais variados processos, tendo em vista que a maioria das substâncias não possuem suas propriedades tabeladas. Dessa forma, com o objetivo de verificar com a máxima exatidão possível o comportamento dos gases reais, a modelagem computacional de uma mistura proveniente de um reator para produção de metanol simulado em plataforma Aspen Plus, será estuda através da clássica equação Peng-Robinson. Os resultados demonstram que as equações de estados apresentam bons resultados para previsão das propriedades intensivas do processo, quando comparadas a equação de Peng-Robison, a qual possui seu melhor desempenho quando a temperatura e pressão de operação estão nas vizinhanças do ponto crítico.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0242-26378-180818

Referências bibliográficas
  • [1] CARMO, F. R., Desenvolvimento de ambiente computacional para cálculos termodinâmicos de substâncias puras e misturas e modelagem de equilíbrio líquidovapor a pressões baixas e moderadas utilizando equações de estado cúbicas. Monografia-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.
  • [2] FINLAYSON, B. A., Introduction to Chemical Engineering Computing. Wiley Interscience, New Jersey, 2006 3. LACERDA, R., EMBIRUÇU, M., COSTA, G., Equação de estado. Universidade Federal da Bahia, Bahia, 2000.
  • [3] 4. LEAL, D. S., Avaliação de equações de estado no cálculo de propriedades do dióxido de carbono úteis ao estudo do seu escoamento. Tese de Mestrado, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2012.
  • [4] 5. MURDOCK, J. W., Fundamental fluid mechanics for the practicing engineer. CRC Press, p. 25–27, 1993.
  • [5] 6. PIERRE, P., A to Z of Thermodynamics. Oxford University Press, 1998.
  • [6] REDLICH, O., KWONG, J. N. S., On thermodynamics of solution. V: An equation of state. Fugacities of gaseous solutions. Chem. Rev., v.44, p.233, 1949.
  • [7] SMITH, J. M., VAN NESS, H. C., ABBOTT, M. M., Tradução QUEIROZ, E. M., Introdução á Termodinâmica da Engenharia Química. 7ed, Rio de Janeiro, LTC, 200
  • [8] SANDLER, S. I., Chemical and Engineering Thermodynamics, 3ª Edição, John Wiley Andamp; Sons, 1999.
  • [9] MORAN, MICHAEL J.; SHAPIRO, HOWARD N.; BOETTNER, DAISIE D.; BAILEY, MARGARET B. Principios de Termodinamica para Engenharia. 7ª ed., Ed. LTC, 2013.
Como citar:

MISAEL, C. G. A.; SANTOS, J. S. B.; CAVALCANTI, C. B.; BISPO, H.; "ANÁLISE DO PROCESSO DE PRODUÇÃO DE METANOL ATRAVÉS DAS CLÁSSICAS EQUAÇÕES DE ESTADO TERMODINÂMICAS", p. 14683-14689 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0242-26378-180818

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações