fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DE MODELOS DIFUSIVOS NA SECAGEM DE PIMENTA-DO-REINO PRETA (Piper nigrum L.)

ALVES, D. A. S.; PERAZZINI, H.; FREIRE, F. B. FREIREe J. T.;

Artigo:

A pimenta do reino preta é a mais importante especiaria comercializada mundialmente, sendo o Brasil um dos maiores produtores. Mesmo assim, poucos estudos para otimização do processo produtivo dessa commodity foram realizados. O objetivo desse trabalho foi realizar a caracterização da pimenta do reino e analisar a cinética de secagem. Com umidades variadas, mediram-se as dimensões lineares (diâmetro de Sauter e diâmetro médio), da área superficial, volume, esfericidade, e ainda a massa específica aparente e porosidade dos grãos. Os experimentos de cinética de secagem foram realizadosem camada fina, em um secador de convecção forçada com temperatura variando de 50 a 70ºC, e com velocidade do ar de 2,0 e 4,0 m/s. Com esses dados, fizeram-se ajustes das equações de Lewis, Page e Overhults, e do modelo Difusivo com hipóteses simplificadoras para a difusividade. Os resultados obtidos mostram que o modelo difusivo foi o mais adequado.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1594-18506-142256

Referências bibliográficas
  • [1] ALMEIDA, D. P.; RESENDE, O.; COSTA, L. M.; MENDES, U. C.; SALES,J. F. Cinética de secagem do feijão adzuki (Vignaangularis).Global Science and Technology, v.2, p.72-83. 2009.
  • [2] AOAC. Official Methods of Analysis of AOAC Intl, 17th ed. Arlington, VA, USA: Association of oficialAnalutical Communities. 2000.
  • [3] CHU, E.Y., et al. A cultura da pimenta do reino. Brasília: EMBRAPA: 2.ed., 2006.
  • [4] FUMAGALLI, F. Estudo da secagem das sementes deBrachiarabrizantha.2007. 149 f. Tese (Doutorado em Engenharia Química) – UFSCar, São Carlos, 2007.
  • [5] IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola:Pesquisa Mensal de Previsão e Acompanhamento das Safras Agrícolas no Ano Civil.Rio de Janeiro: IBGE, v.26 n.1 p.1-83. Janeiro. 2013.
  • [6] MADAMBA, P. S.; DRISCOLL, R. H.; BUCKLE, K. A. The thin layer drying characteristic of garlic slices. Jornal of Food Engineering, v.29, p.75-97, 199
  • [7] MOHSENIN, N. N. Physical properties of plant and animalmaterials.New York: Gordon andBreachPublishers. 841 p., 1986.
  • [8] .Perazzini, H. ; FREIRE, Fábio Bentes ; FREIRE, J. T. . Secagem de resíduos citricos em camada delgada: estudo da difusão de umidade. In: Congresso Brasileiro de Engenharia Química (COBEQ), 2012, Búzios-RJ. Anais do Congresso Brasileiro de Engenharia Química. São Carlos-SP: Editora Cubo, 2012.
  • [9] PEREIRA, A.V. Caracterização e secagem de sementes de painço (SetariaitalicaL.) 2010. 92 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) – São Carlos, UFSCar, 2010.
  • [10] PESKE, S. T.; VILLELA, F. Secagem de sementes. In: PESKE, S. T.; ROSENTHAL, M.; ROTA, G. R. M. Sementes: Fundamentos científicos e tecnológicos. Pelotas: Editora e GráficaUniversitária (UFPel). p.283-322. 2003.
  • [11] RAVINDRAN, P. N.; et al. Indian J. Arecanut Spices and Medicinal Plants.v. 2, p. 71-78, 2000.
  • [12] ZOTIN, F.M.Z. O efeito de parede em colunas de recheio. 1985. 85 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) – São Carlos, UFSCar, 1985.
Como citar:

ALVES, D. A. S.; PERAZZINI, H.; FREIRE, F. B. FREIREe J. T.; "ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DE MODELOS DIFUSIVOS NA SECAGEM DE PIMENTA-DO-REINO PRETA (Piper nigrum L.)", p. 6050-6057 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1594-18506-142256

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações