fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ANÁLISE DA PURIFICAÇÃO DE BIODIESEL ETÍLICO DE ÓLEO DE CANOLA POR CENTRIFUGAÇÃO

MEDEIROS, J. F.; MENEZES, M. L.; SANTOS, L. F. dos; IGREJA, G. L. da; GOMES, M. C. S.; PEREIRA, N. C.; LIMA, O. C. da M.;

Artigo:

Há um grande crescimento da produção de biodiesel no Brasil, que pode ser explicado pelas vantagens que o mesmo oferece e por isso, surge a necessidade de estudos para otimização do processo de produção. O objetivo deste trabalho é analisar a purificação do biodiesel por meio de centrifugação sem a retirada prévia do etanol. Para isso, o biodiesel foi produzido por transesterificação etílica de óleo de canola utilizando hidróxido de sódio como catalisador e purificado por centrifugação sem a pré-retirada do etanol. Porém, os resultados obtidos mostraram que não houve separação das fases, então foi adicionado ao biodiesel diferentes concentrações de água ou de água acidificada (0,5 e 1 %). O melhor resultado de centrifugação ficou na adição de 10 % de água, com uma rotação de 2000 rpm e um tempo de 5 minutos, mostrando que este método é muito eficaz para a purificação do biodiesel.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1253-20234-161324

Referências bibliográficas
  • [1] ANP, 2013. Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. ANVISA, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. RDC Nº 482, de 23 de setembro de 1999.
  • [2] Caracterização de óleos vegetais. GOMES, M. C. S. Estudo da produção de biodiesel por transesterificação etílica e sua purificação utilizando processos com membranas. Maringá: UEM, 201 Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Maringá, 201
  • [3] GOMES, M. C. S.; ARROYO, P. A.; PEREIRA, N. C. Influence of acidified water addition on the biodiesel and glycerol separation through membrane technology. Journal of Membrane Science. v. 431, p. 28 – 36, 201
  • [4] INSTITUTO ADOLFO LUTZ, Métodos físico-químicos para análise de alimentos. Coordenadores Odair Zenebon, Neus Sadocco Pascuet e Paulo Tiglea, 4a edição, São Paulo: Instituto Adolfo Lutz, 2008.
  • [5] KNOTHE, G.; VAN GERPEN, J.; KRAHL, J.; RAMOS, L. P. Manual de biodiesel, Ed. Edgard Blucher, São Paulo, 2006, 340p. PARENTE, E. J. S. Biodiesel: uma aventura tecnológica num país engraçado. Fortaleza: Unigráfica, 2003. 66p. SALEH, J.; TREMBLAY, A.Y.; DUBÉ, M.A. Glycerol removal from biodiesel using membrane separation technology. Fuel, v. 89, p. 2260-2266, 2010.
  • [6] SANTOS, A.P.B.; PINTO, A.C. Biodiesel: Uma Alternativa de Combustível Limpo. Química Nova na Escola, v. 31, p. 58 - 62, 2009.
  • [7] STELUTI, A. J. C. Estudo do Processo de Separação das Fases Biodiesel-Glicerina por Centrifugação. Maringá: Universidade Estadual de Maringá, 200 50 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química).
Como citar:

MEDEIROS, J. F.; MENEZES, M. L.; SANTOS, L. F. dos; IGREJA, G. L. da; GOMES, M. C. S.; PEREIRA, N. C.; LIMA, O. C. da M.; "ANÁLISE DA PURIFICAÇÃO DE BIODIESEL ETÍLICO DE ÓLEO DE CANOLA POR CENTRIFUGAÇÃO", p. 5815-5822 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1253-20234-161324

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações