fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ANÁLISE DA PRODUÇÃO DE PROTEASE E LIPASE POR FUNGOS FILAMENTOSOS ISOLADOS DO FRUTO DA MACAÚBA (ACROCOMIA ACULEATA (JACQ) LOOD. EX MART)

NASCIMENTO, C. S.; SANTOS, V. L. dos; ANDRADE, M. H. C.;

Artigo:

A palmeira macaúba produz frutos com elevado potencial de produtividade em óleo, o estudo de micro-organismos associados a frutos como os da palmeira macaúba permite o entendimento do papel dos mesmos na promoção do crescimento da planta, deterioração dos frutos, além de serem explorados como fonte potencial de produção de enzimas hidrolíticas. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção qualitativa e quantitativa de lipases e proteases por fungos filamentosos isolados de frutos da macaúba. A produção de enzimas lipases e proteases de 19 isolados foi avaliada por meio da detecção da formação de halos de hidrólise após crescimento em meio de cultura sólido emulsionado com óleo de oliva e de caseína, respectivamente. Quatro isolados apresentaram atividade lipolítica e 16 proteolítica. Os dezenove isolados também foram avaliados em ensaios quantitativos de produção de enzimas em meio líquido adicionados dos substratos de enzimas, óleo de oliva e caseína. Na avaliação da atividade lipolítica utilizando os sobrenadantes das culturas e o método do pNPP, os morfotipos M233, M184, M62 apresentaram atividade, sendo a máxima de 2,684 U/mL para o isolado M62. Nos ensaios de produção de proteases, avaliada pela hidrolise de azocaseína, 19 morfotipos apresentaram atividade, sendo a atividade máxima para o morfotipo M27 de 5,417 U/mL. Este trabalho confirma a importância de fungos filamentosos isolados dos frutos da macaúba como potenciais produtores de enzimas de interesse biotecnológico.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0222-26465-171722

Referências bibliográficas
  • [1] ADINARAYANA, K.; ELLAIAK, P. Response surface optimization of the critical medium components for the production of alkaline protease by a newly isolated Bacillus sp. Journal of Pharmacy Pharmaceutical Science, Alberta, v. 5, n. 3, p. 272-278, 2002.
  • [2] BARATA, R. A.; ANDRADE, M. H. G.; RODRIGUES, R. D.; CASTRO, I. M. Purification and characterization of an extracellular trypsina-like protease of Fusarium oxysporum var. lini. Journal of Bioscience and Bioengineering, v. 94, n. 4, p. 304-308, 200
  • [3] CHARNEY, J. e TOMARELLI, R.M. A colorimetric method for the determination of the proteolytic activity of duodenal juice. Journal of Biological Chemistry, v. 23, p. 501-505, 1947.
  • [4] COLEN, G., Isolamento e seleção de fungos filamentosos produtores de lipases. Tese (Doutorado em Ciência de Alimento). Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte. 2006.
  • [5] COLLA, L. M.; REINEHR, C. O.; COSTA, J. A. V. Aplicações e produção de lipases microbianas. Revista de Ciências Exatas Aplicadas e Tecnológicas da Universidade de Passo Fundo, vol.4, p. 1-14, 2012.
  • [6] Área temática: Processos Biotecnológicos 7ÇALIK, P.; BILIR, E.; ÇALIK, G.; OZDAMAR, T. H. Influence of pH conditions on metabolic regulations in serine alkaline protease production by Bacillus licheniformis. Enzyme and Microbial Technology, New York, v. 31, n. 5, p. 685-697, 2002.
  • [7] FREIRE, D.M.A; CASTILHO, L.R. Lipases em biocatálise, produção, aplicações e mercado. Enzimas em biotecnologia. Editora Interciência, p. 506, 2008.
  • [8] GUPTA, R.; BEG, Q.K.; LORENZ, P. Bacterial alkaline proteases: molecular approaches and industrial applications. Applied Microbiology Biotechnology, v.59, p. 15-32, 2002.
  • [9] HASAN, F.; SHAH, A. A.; HAMEED, A. Industrial applications of microbial lipases. Enzyme and Microbial technology, v. 39, p. 235-251, 2006.
  • [10] HOUDE, A., KADEMI, A., LEBLANC, D. Lipases and their industrial applications: an overview. Applied Biochemistry and Biotechnology-A Enzyme Engineering and Biotechnology, v. 118, n. 1-3, p. 155-170, 2004.
  • [11] JAEGER, K. E., e EGGERT, T. Lipases for biotechnology. Current opinion in biotechnology, p.90–97, 2002.
  • [12] LORENZI, H.; SOUZA, H.M.; COSTA, J.T.M.; CERQUEIRA, L.S.C.; FERREIRA, E. Palmeiras brasileiras e exóticas cultivadas. Nova odessa, São Paulo. Instituto Platarum, 2004.
  • [13] PAPAGIANNI, M. Fungal morphology and metabolic production in submerged mycelia processes. Biotechnology Advances, v. 22, p. 189-259, 2004.
  • [14] PÉREZ-DE-MORA, A; REUTER, B; LUCIO, M; AHNE, A; SCHLOTER, M; PRITSCH, K. Activity of native hydrolytic enzymes and their association with the cell wall of three ectomycorrhizal fungi. Mycorrhiza, v.23, p. 185-197, 2013.
  • [15] ROMERO, F. J.; GARCÍA, L. A.; SALAS, J. A.; DÍAZ, M.; QUIRÓS, L. M. Production, purification and partial characterization of two extracellular proteases from Serratia marcescens grown in whey. Process Biochemistry, v. 36, p. 507-515, 2001.
  • [16] SILVA, M. S., Atividade enzimática extracelular de leveduras isoladas da fermentaçãodo cacau. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia). Universidade Estadual de Feira de Santana, p. 82, 2011.
  • [17] SHARMA, R.; CHISTI, Y.; BANERJEE, Y. C. Production, purification, characterization and applications of lipases. Biotechnology Advances, v. 19, p. 627-662, 2001.
  • [18] WINKLER, U.K. e M. STUCKMANN. Glycogen, hyaluronate,and some other polysaccharides greatly enhance the formation of exolipase by Serratia marcescens. Journal of Bacteriology, v.138, p. 663-670, 1979.
Como citar:

NASCIMENTO, C. S.; SANTOS, V. L. dos; ANDRADE, M. H. C.; "ANÁLISE DA PRODUÇÃO DE PROTEASE E LIPASE POR FUNGOS FILAMENTOSOS ISOLADOS DO FRUTO DA MACAÚBA (ACROCOMIA ACULEATA (JACQ) LOOD. EX MART)", p. 336-343 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0222-26465-171722

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações