Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Análise da Composição do solo e sua Influência no Processo Corrosivo de Postes Metálicos na UFERSA, Campus Caraúbas-RN.

Analysis of Soil Composition and its Influence on Corrosive Process Metallic Poles at UFERSA, Campus Caraúbas-RN.

SILVA, Anderson Nunes; FERNANDES, Anderson Milano de Sousa; OLIVEIRA, André Moreira de; MARTINS, Daniel Freitas Freire;

Completo:

Dentre os materiais mais utilizados na construção e montagens de postes e torres destacam-se os metais, que quando expostos ao meio ambiente estão sujeitos à corrosão. A corrosão pode ser definida como um processo de deterioração de materiais metálicos e não metálicos por influência de agentes físico-químicos ligados ou não a esforços mecânicos. Os agentes que influenciam no processo corrosivo são: solo, temperatura, poluição, umidade e gases. O solo possui um grande número de variáveis que contribuem para o aumento do processo corrosivo em estruturas metálicas, algumas foram estudadas nesse trabalho, seguindo o manual de métodos de analise do solo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Os resultados foram baseados de acordo com as analises físico-química da umidade, condutividade, pH, matéria orgânica, magnésio, sódio e cálcio. Sendo possível com esses resultados caracterizar os solos segundo sua salinidade, mostrando que os solos estudados são do tipo salino. Faz-se necessário este trabalho para um estudo sobre a influência da composição físico-química do solo no processo corrosivo dos postes de iluminação da UFERSA-Campus Caraúbas-RN, buscando propor possíveis técnicas de prevenção do processo corrosivo, como a proteção catódica por metal de sacrifício e o revestimento com tintas anticorrosivas.

Completo:

Among the materials most widely used in the construction and assembly of poles and towers stand out metals, which when exposed to the environment are subject to corrosion. Corrosion may be defined as a process of decay of metal materials and non-metallic influenced by physical and chemical agents linked or not to mechanical stress. Agents that influence the corrosion process are: soil, temperature, pollution, humidity and gases. The soil has a large number of variables that contribute to the increase of the corrosion process in metallic structures, some were studied in this work following the manual for soil analysis methods of the Brazilian Agricultural Research Corporation (EMBRAPA). The results were based according to physical and chemical analysis of moisture, conductivity, pH, organic matter, magnesium, sodium and calcium. It is possible with these results characterize the soil according to its salinity, showing that soils are saline type. It is necessary this work for a study on the influence of physical and chemical composition of the soil corrosivity of the lampposts of UFERSA-Campus Caraúbas-RN, trying to propose possible technical prevention of the corrosion process, such as cathodic protection for metal of sacrifice and coat with anti-corrosive paint.

Palavras-chave: Corrosão; estruturas metálicas; solo; analises físico-química; técnicas de prevenção.,

Palavras-chave: Corrosion; metal structures; soil; physical and chemical analyzes; prevention techniques,

DOI: 10.5151/chenpro-5erq-eng12

Referências bibliográficas
  • [1] AMARAL, Cristina Torres; CORREIA, Martineli Priscila e PEREIRA, Paulo Tibúrcio. Corrosão em estruturas metálicas: uma breve discussão acerca da prevenção em torres de telecomunicações. Departamento de Ciências Exatas e Tecnologia - Engenharia de Telecomunicações 2008.
  • [2] ALVES, Joaquim de Lima Junior; LUIZ, André Pereira da Silva. Estudo do processo de salinização para indicar medidas de prevenção de solos salinos. Centro Científico Conhecer - Goiânia, vol.6, N.11; 2010.
  • [3] BRUSAMARELLO, V.J., HUDSON, J.L., SCULLY, J.R., LUNT, T., MIKHAILOV, A.S, “Spatial interactions among localized corrosion sites”, Journal of Electrochemical Society, v. 149, n. 5, 2002.
  • [4] DUARTE, M. Meio ambiente no século 21. Rio de Janeiro: Sextante, p. 245-257, 2003.
  • [5] EMBRAPA. Centro nacional de pesquisa de solos. Manual de métodos de análise de solos. 2 ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Embrapa, 1997.
  • [6] FRAUCHES-SANTOS, C.; ALBUQUERQUE, M. A.; OLIVEIRA, M. C. C.; Echevarria, A. A Corrosão e os Agentes Anticorrosivos. Rev. Virtual Química, 2014.
  • [7] GETIL, Vicente. Corrosão. Editora: LGT, 6 edição, Rio de Janeiro,2011.
  • [8] NÓBREGA, Carlos Alberto; CHANG, Hung Kiang; BRAGA, Antônio Celso de Oliveira; FERREIRA, Josely; OLIVA, Andreza e PEDE, Marco Aurélio Zequim. Avaliação preliminar da corrosividade de solo com o emprego de resistividade elétrica em uma planta industrial utilizada para armazenamento de derivados de petróleo. Geociências, v. 22, N. Especial, 2003.
  • [9] NEVES, Sabrina da Silva. Estudo da corrosão do solo de aços para dutos protegidos. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Minas, Metalúrgica e Materiais (PPGEM) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, pg 1-6, 2007.
  • [10] MAGALHÃES, Fátima Cristina; BATISTA, Walmar; OLIVEIRA, Mônica de Penna; DOMINGOS, Edilson da Silva; BARRETO, Herval de Oliveira e CARLOS, José Moreira da Costa. Critérios para avaliação da corrosividade de solos por bactérias redutoras de sulfato, In: 6° Conferência sobre Tecnologia de Equipamentos (COTEQ), Salvador – Brasil, 2002.
  • [11] PEIXOTO, Daniel D.D. Produção de imagem aérea ortorretificada da UFERSA Campus Caraúbas através de VANT. 2015. 36 pg. Trabalho de conclusão de curso. Bacharelado em Ciência e Tecnologia (UFERSA, Campus Caraúbas, 2015).
  • [12] SILVA, José M. Influencia da agressividade do solo na corrosão das linhas de transmissão do sistema elétrico paraguaio. Salvador, 9ª Conteq, 2007.
Como citar:

SILVA, Anderson Nunes; FERNANDES, Anderson Milano de Sousa; OLIVEIRA, André Moreira de; MARTINS, Daniel Freitas Freire; "Análise da Composição do solo e sua Influência no Processo Corrosivo de Postes Metálicos na UFERSA, Campus Caraúbas-RN.", p. 989-999 . In: Anais do V Encontro Regional de Química & IV Encontro Nacional de Química [=Blucher Chemistry Proceedings].. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-4043, DOI 10.5151/chenpro-5erq-eng12

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações