fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

1 AVALIAÇÃO DO TIPO DE GÁS E DA PRESSÃO INICIAL NO TRATAMENTO HIDROTÉRMICO DA PALHA DE CANA-DE-AÇÚCAR PARA A PRODUÇÃO DE ETANOL CELULÓSICO.

OLIVIERI, R. R. B.; BON, E. P. S.;

Artigo:

Os bicombustíveis têm se mostrado como as fontes energéticas mais viáveis em relação às outras fontes renováveis e poderiam futuramente, substituir o uso do petróleo. No Brasil, o etanol celulósico é apontado como um dos potenciais biocombustíveis a ser produzido em escala industrial em virtude da alta oferta de cana-de-açúcar. Entretanto ainda permanecem questões relacionadas à seleção da biomassa, aos tipos de pré-tratamento que serão empregados bem como suas condições de processo, e o custo das enzimas celulolíticas, que é outro fator importante por possuir um forte impacto no custo do processamento das biomassas lignocelulósica para a comercialização do etanol celulósico. A palha e o bagaço de cana são resíduos com potencial para a implementação industrial da produção de etanol celulósico associada à cogeração de energia nas usinas. A palha de cana-de-açúcar pode ser utilizada também como agente de proteção das culturas de cana. A biomassa lignocelulósica ao passar pelas etapas de pré-tratamento, hidrólise enzimática, fermentação alcoólica e destilação, pode dar origem ao etanol celulósico, oriundo da celulose presente nestes materiais. Este trabalho visa avaliar parâmetros relacionados ao tratamento hidrotérmico como o tipo de gás de pressurização (nitrogênio, ar sintético e gás carbônico) e a pressão inicial (5-20 bar) com o intuito de beneficiar a hidrólise enzimática da palha de cana e/ou reduzir o custo com as enzimas na etapa de hidrólise enzimática.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1860-17159-180971

Referências bibliográficas
  • [1] ADSUL, M.G., GHULE, J.E., SINGH, R., SHAIKH, H., BASTAWDE, K.B., GOKHALE, D.V., VARMA, A. J.,. Polysaccharides from bagasse: applications in cellulase and xilanase production. Carbohydr. Polym. 57, 67–72, 2004.
  • [2] Área temática: Processos Biotecnológicos 89 ALVIRA, P., TOMÁS-PEJÓ, E., BALLESTEROS, M., NEGRO, M. J.. Pretreatments Technologies for an efficient bioethanol production process based on enzymatic hydrolysis: A review. Bioresource Technology 101: 4851-4861, 2010.
  • [3] BRODEUR, G., YAU, E., BADAL, K., COLLIER, J., RAMACHANDRAN, K. B., RAMAKRISHNAN, S., Chemical and Physicochemical Pretreatment of Lignocellulosic Biomass: A Review. Enzyme Research, 2011.
  • [4] CHENG, K.K., CAI, B.Y., ZHANG, J.A., LING, H.Z., ZHOU, Y.J., GE, J.P., XU, J.M.,. Sugarcane bagasse hemicellulose hydrolysate for ethanol production by acid recovery process. Biochem. Eng. J. 38, 105–109, 2008.
  • [5] HERNÁNDEZ-SALAS, J.M., VILLA-RAMÍREZ, M.S., VELOZ-RENDÓN, J.S., RIVERA-HERNÁNDEZ, K.N., GONZÁLEZ-CÉSAR, R.A., PLASCENCIA- ESPINOSA, M.A., Trejo-Estrada, S.R., Comparative hydrolysis and fermentation of sugarcane and agave bagasse. Bioresource Technology. 100, 1238–1245, 2009.
  • [6] LASER M, SCHULMAN D, ALLEN SG, LICHWA J, ANTAL MJ, LYND LR. A comparison of liquid hot water and steam pretreatments of sugar cane bagasse for bioconversion to ethanol. Bioresource Technology; 81, 33-44, 2002.
  • [7] MARTÍNEZ, E.A., SILVA, S.S., SILVA, J.B.A., SOLENZAL, A.I.N., FELIPE, M.G.A.,. The influence of pH and dilution rate on continuous production of xylitol from sugarcane bagasse hemicellulosic hydrolysate by C. Guilliermondii. Process Biochem. 38, 1677–1683, 2003.
  • [8] Mc MILLAN, J.D., Pretreatment of lignocellulosic biomass. In: Himmel, M.E., Baker, J.O., Overend, R.P. (Eds.), Enzymatic Conversion of Biomass for Fuels Production. American Chemical Society, Washington, DC, pp. 292–324, 1994.
  • [9] PANDEY, A., SOCCOL, C.R., NIGAM, P., SOCCOL, V.T., Biotechnological potential of agro-industrial residues. I. Sugarcane bagasse. Bioresour. Technol. 74 (2), 69–80, 2000.
  • [10] SARKO, A. Cellulose- How much do we know about this its structure? In: Wood and Cellulosics: Industrial Utilization. Biotechnology, Structure and Porperties. John Wiley Andamp; Sons, New York, 1997.
Como citar:

OLIVIERI, R. R. B.; BON, E. P. S.; "1 AVALIAÇÃO DO TIPO DE GÁS E DA PRESSÃO INICIAL NO TRATAMENTO HIDROTÉRMICO DA PALHA DE CANA-DE-AÇÚCAR PARA A PRODUÇÃO DE ETANOL CELULÓSICO.", p. 2598-2606 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1860-17159-180971

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações