Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

VOCALIZER F2: DESENVOLVIMENTO DE UM SCANNER DE MESA COM VOZ

Universidade Feevale, Regina Heidrich; Universidade Feevale, Ana Paula Steigleder; Universidade Feevale, Juan Felipe Almada;

Artigo Completo:

Este projeto tem como objetivo desenvolver um scanner de mesa que além de digitalizar o livro ou documento faça a leitura com voz. Autônomo, isso significa que funcionará sem estar ligado a nenhum equipamento. Para o desenvolvimento desta pesquisa escolhemos o estudo de caso pois o mesmo é uma investigação multifacetada, em profundidade, de um único fenômeno social. Consiste em uma pesquisa qualitativa, realizada por meio de pesquisa bibliográfica, documental e de estudo de caso, utilizando a metodologia de Cambridge Inclusive Design, viabilizado pela avaliação de usabilidade no desenvolvimento da interface de software e de produto. Pretende-se apresentar as fases de desenvolvimento de um produto realmente assistivo aos usuários com alguma limitação visual. Com os estudos apresentados nesse artigo, deseja-se posteriormente, desenvolver uma interface simples, intuitiva e que permita aos usuários cegos e com baixa visão, acessar com facilidade todos os recursos necessários à utilização do scanner.

Artigo Completo:

This project aims to develop a flatbed scanner that, besides scanning a book or document, also offers a reading voice. Autonomic, meaning that it works without being connected to any equipment. For the development of this research we chose the case study because it is a multifaceted through research of a single social phenomenon. It consists of a qualitative research, carried out by means of literature, document and case study using the methodology of the Cambridge Inclusive Design, made possible by the usability evaluation in the development of software interface and product. We intend to present the stages of development of a product to users with some visual impairment. With the studies presented in this article, we want to further develop a unique intuitive interface that allows blind users with low vision easy access to all the resources required to operate the scanner. 

Palavras-chave: Design Inclusivo, Ergonomia cognitiva, Interação, Deficiência visual,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0535

Referências bibliográficas
  • [1] ATIZ. Book Drive Pro. Disponível em: http://pro.atiz.com. Acesso em: 13 maio 2016.
  • [2] AVELLAR e DUARTE. Design Centrado no Usuário. http://www.avellareduarte.com.br/layout/design-centrado-no-usuario/. Acesso em: 11 de maio 2016.
  • [3] BLANCO, Maria Ángeles Núñez. Deficiencia Visual. III Congreso la atención a la diversidade en el sistema educativo. Universidad de Salamanca. Instituto Universitario de Integración en la Comunidad (INICO). 2001. Disponível em: . Acesso em: 11 set. 2009.
  • [4] BOGDAN, R.; BIKLEN, S. K. Qualitative research for education: an introduction for to theory and Methods. Boston: Allyn and Bacon, 1982.
  • [5] BRASIL. Ministério de Ciência e Tecnologia. Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional - Plano de Ação 2007-2010. Disponível em: . Acesso em: 7 set. 2009.
  • [6] BRUNO, Marilda Moraes Garcia. Deficiência Visual: reflexão sobre a prática pedagógica. São Paulo, SP: Laramara, 1997.
  • [7] __________. O Desenvolvimento Integral do Portador de Deficiência Visual. São Paulo: Laramara, 1993.
  • [8] CETINDAMAR, D.; PHAAL, R.; PROBERT, D. Understanding technology management as a dynamic capability: A framework for technology management activities. Technovation, v. 29, n. 4, p. 237–246, 2009.
  • [9] CLARKSON, P. J. et al. Inclusive design toolkit. 2007.
  • [10] CLARKSON, P. John et al. Inclusive design: Design for the whole population. Springer Science & Business Media, 2013.
  • [11] COLEMAN, Roger et al. Design for inclusivity: a practical guide to accessible innovative and user-centred design. 2007.
  • [12] COOK, A.M.; HUSSEY, S. M. Assistive Technologies: Principles and Practices. St. Louis: Mosby, 1995.
  • [13] FEAGIN, J.; ORUM, A.; SJOBERG, G. A Case for the Case Study. Chapel Hill: The University of North Carolina Press, 1991.
  • [14] FERNANDES, A. C. et al. Medicina e Reabilitação: princípios e prática. São Paulo: Artes Médicas, 2007.
  • [15] FREEDOM SCIENTIFIC. Sara CE. Disponível em: http://www.freedomscientific.com/Content/Documents/ProductFlyers/SARA_CE_Flye r.pdf. Acesso em: 20 maio 2016.
  • [16] IBGE. Censo Demográfico 2010: Características gerais da população, religião e pessoas com deficiência, maio 2012. Disponível em: http://censo2010.ibge.gov.br/resultados Acesso em: 08 junho 20
  • [17] JULIÃO, Claudia Helena et al. A deficiência visual e o processo de construção da cidadania: um estudo no Instituto de Cegos do Brasil Central de Uberaba. Revista Família, Ciclos de Vida e Saúde no Contexto Social, v. 1, n. 1, 2013.
  • [18] LIMA, Eliana Cunha; NASSIF, Maria Christina Martins; FELIPPE, Maria Cristina Godoy Cruz. Convivendo com a Baixa Visão: da criança à pessoa idosa. São Paulo: Fundação Dorina Nowill para Cegos, 2007.
  • [19] OLIVEIRA, M.L.B. Cartilha do Censo 2010 – Pessoas com Deficiência. Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) / Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNPD) / Coordenação-Geral do Sistema de Informações sobre a Pessoa com Deficiência; Brasília: SDH-PR/SNPD, 2012.
  • [20] PATTON, M. Q. How to use qualitative Methods in Evaluation. London: Sage, 1987.
  • [21] OLIVEIRA, Cristiane Cardoso de. O trabalhador portador de deficiência física e sua inclusão no mundo do trabalho. 1999. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) – Faculdade de Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica, Porto Alegre.
  • [22] PREISER and OSTROFF. Inclusive Design Tool Kit. Disponível em: http://www.inclusivedesigntoolkit.com/betterdesign2/whatis/whatis.html Acesso em: 08 de junho de 2016.
  • [23] RADABAUGH, M. P. Study on the Financing of Assistive Technology Devices of Services for Individuals with Disabilities -A report to the president and the congress of the United State, National Council on Disability, Março 1993. Disponível em Acesso em 04 dez. 2007.
  • [24] SANTOS, Boaventura de Sousa. Reconhecer para libertar: os caminhos do cosmopolitanismo multicultural. Introdução: para ampliar o cânone do reconhecimento, da diferença e da igualdade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003: 56.
  • [25] SCANDOCK. Scandock. Disponível em: http://www.scandock.com Acesso em: 12 maio 2016.
  • [26] UNIVERSITY OF WASHINGTON. What is assistive technology? Disponível em: < USABILITY.GOV. Acesso em: 22 jul. 2008.
  • [27] YIN, R. K. Case Study Research: Design and Methods. 2. ed. Thousand Oaks: Sage, 1994.
Como citar:

Universidade Feevale, Regina Heidrich; Universidade Feevale, Ana Paula Steigleder; Universidade Feevale, Juan Felipe Almada; "VOCALIZER F2: DESENVOLVIMENTO DE UM SCANNER DE MESA COM VOZ", p. 5660-5669 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0535

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações