Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Viagens de descobrimento: mapeando a geografia da economia de plataformas

Voyages of discovery: charting the new geographies of the platform economy

Silva Neto, Victo José da; Chiarini, Tulio; Ribeiro, Leonardo da Costa;

Artigo:

Este artigo traz novas evidências em relação à geografia econômica das plataformas digitais. Nosso objetivo é duplo. Primeiro, propomos uma nova metodologia usando ferramentas de ciência de dados e inteligência artificial para identificar empresas baseadas em plataformas. Em segundo lugar, com uma lista de mais de cinco mil empresas, apresentamos mapas mundiais inéditos nos quais é possível observar os países e cidades que hospedam essas plataformas. Neste sentido, nossa metodologia busca superar a limitação dos estudos de plataformas que restringem a investigação às gigantes GAFAM e BAT. Enquanto observamos uma concentração geográfica de empresas de plataforma nos EUA e na China, também há indícios de que as empresas de plataforma estão se difundindo em todas as direções geográficas, o que reforça a hipótese da “plataformização” enquanto fenômeno mundial. Este mapeamento ao nível do país e de cidades é complementado por uma caracterização das plataformas em termos de setores econômicos e data de fundação. Ao elaborar este panorama, damos o primeiro passo na tentativa de compreender os determinantes locacionais das empresas de plataforma digital.

Artigo:

This paper explores new evidence on the digital platform economy geography. Our objective is twofold. First, we propose a novel methodology using data science and artificial intelligence tools to identify platform companies. Second, with a set of over five thousand companies, we introduce original worldwide maps where it is possible to see the countries that host platform companies, not only the giant GAFAM and BAT. This mapping at country and city levels is complemented by a characterization of the economic sector and date of foundation. While we observe a geographic concentration of platform companies in the U.S. and China, we also see that digital platform companies are spreading to all geographical directions, reinforcing the hypothesis that "platforming" is a worldwide phenomenon. In elaborating this panorama, we first understand the locational determinants of digital platform companies.

Palavras-chave: plataformização; capitalismo de plataforma; processamento de linguagem natural; Orbis,

Palavras-chave: platformization; platform capitalism; natural language processing; Orbis,

DOI: 10.5151/vi-enei-815

Referências bibliográficas
  • [1] APPOLINÁRIO, F. Dicionário de metodologia científica: um guia para a produção do conhecimento científico. São Paulo: Atlas, 2004
  • [2] BARROS, A.J.S. e LEHFELD, N.A.S. Fundamentos de Metodologia: Um Guia para a Iniciação Científica. 2 Ed. São Paulo: Makron Books, 2000.
  • [3] BAUER, Martin e GASKELL, George. Pesquisa qualitativa com texto: imagem e som: um manual prático. Tradução de Pedrinho A. Guareschi – Petrópolis, RJ. Vozes, 2002. Capítulo 1, 18 e 19.
  • [4] CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA. CNI. Critérios para uma nova agenda de política industrial / Brasília: CNI, 2019.
  • [5] CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA. CNI. A importância da indústria para o Brasil. Disponível em: http://www.portaldaindustria.com.br/estatisticas/importancia-da-industria/. Acessado em 28/02/2022.
  • [6] CRESWEEL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativos e misto / John W. Creswell; tradução Magda Lopes; consultoria, supervisão e revisão técnica desta edição Dirceu da Silva. – 3 ed. – Porto Alegre: Artemed, 2010.
  • [7] DIAS, Nuno. MELÃO Nuno. Avaliação e Qualidade: Dois Conceitos Indissociáveis na Gestão Escolar. Tékhne. n.12 Barcelos dez. 2009, versão impressa ISSN 1645-9911.
  • [8] FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE MATO GROSSO. FIEMT. Plano de cargos e salários. Cuiabá, 2020.
  • [9] FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002. Apostila.
  • [10] FUNDAÇÃO NACIONAL DA QUALIDADE. FNQ. Guia de Referência da Gestão para Excelência. 21ª Edição. São Paulo. 2016.
  • [11] FUNDAÇÃO NACIONAL DA QUALIDADE. FNQ. Instrumento de avaliação da maturidade da gestão para recursos humanos. (MEG RH). São Paulo, 1 de setembro de 2020.
  • [12] GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.
  • [13] GIL, Antonio Carlos, 1946 – Como elaborar projetos de pesquisa / Antonio Carlos Gil. – 5. Ed. – São Paulo: Atlas, 2010.
  • [14] NUNAN, D. Research methods in language learning. Cambridge: Cambridge University Press, 1997.
  • [15] Perfil da Indústria. 2022. Disponível em: https://perfildaindustria.portaldaindustria.com.br/estado/mt. Acessado em 28/02/2022.
  • [16] Revista SENAI 40 anos. 2017. Disponível em: https://issuu.com/sistemafiemt/docs/senai-40anos-revista-online. Acessado em: 20/11/2020.
  • [17] SANTOS Foguel, Flávio Henrique. Influência da cultura social sobre a qualidade e desempenho empresarial: uma análise do modelo de excelência em gestão, da fundação nacional da qualidade Revista Administração em Diálogo, vol. 12, núm. 1, 2010, pp. 53-93 Pontifícia Universidade Católica de São Paulo São Paulo, Brasil
  • [18] SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. SENAI. Departamento Nacional. Metodologia SENAI de educação profissional. Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. Departamento Nacional. – Brasília: SENAI/DN, 2019.
  • [19] SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. SENAI. Departamento Nacional. Competências e aperfeiçoamento da coordenação pedagógica do SENAI. Brasília: SENAI/DN, 2015.
  • [20] SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. SENAI. Departamento Nacional. Itinerário nacional de capacitação docente. SENAI. Ed. atual. – Brasília, DF: SENAI, 2017.
  • [21] SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. SENAI. Departamento Nacional. Perfil docente da educação profissional. Brasília: SENAI/DN, 2020.
  • [22] SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. SENAI. Departamento Regional. Diretrizes Estratégicas SENAI 2021. Cuiabá, 2021.
  • [23] SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. SENAI. Departamento Regional. Diretrizes Orçamentária SENAI MT Retificação 2019. Cuiabá, 2019.
  • [24] SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. SENAI. Departamento Regional. Regimento Interno Unificado. Rev. 17. Cuiabá, 2019.
  • [25] SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. SENAI. Institucional. Disponível em: http://www.portaldaindustria.com.br/senai/institucional/. Acessado em: 20/11/2020.
  • [26] Thélot, C. (2006) L'évaluation dans le système éducatif. Disponível em http://perso.orange.fr/ jacques.nimier/claude_thelot.htm
  • [27] Vicente, N. (2004) Guia do Gestor Escolar. Porto: Edições ASA.
Como citar:

Silva Neto, Victo José da; Chiarini, Tulio; Ribeiro, Leonardo da Costa; "Viagens de descobrimento: mapeando a geografia da economia de plataformas", p. 374-394 . In: Anais do VI Encontro Nacional de Economia Industrial e Inovação (ENEI): “Indústria e pesquisa para Inovação: novos desafios ao desenvolvimento sustentável”. São Paulo: Blucher, 2022.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/vi-enei-815

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações