Dezembro 2020 vol. 8 num. 5 - Colóquio Internacional de Design 2020

Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Verdeamarelismo: A narrativa estética dasmanifestações pró-impeachment

Verdeamarelismo: the aesthetic narrative of the demonstrations for DilmaRousseff's impeachment

Silva, Valdirene Martos da; Villas, Boas André;

Artigo completo:

Este artigo apresenta parte de uma pesquisa de mestrado em desenvolvimento, no âmbito daUniversidade Federal do Rio de Janeiro, que analisa a visualidade consolidada em veículos de grandemídia, por meio de fotografias, das manifestações a favor do impeachment da presidente DilmaRousseff em seu segundo mandato, ocorridas em 2015 e 2016. Para isso, foram utilizados os quadrosteóricos do verdeamarelismo, categoria criada por CHAUÍ (2000), de hegemonia, de Antonio Gramsci,a partir das interpretações de GRUPPI (1978) e de MORAES (2010), e da semiologia de RolandBarthes. A metodologia para a análise do corpus de imagens fotográficas coletadas é a de BARDIN(1979).

Artigo completo:

This article presents part of a master's research in development, within the scope of theFederal University of Rio de Janeiro, which analyzes the consolidated visuality in mass media vehicles,through photographs, of the demonstrations in favor of President Dilma Rousseff's impeachment inher second term, which took place in 2015 and 2016. For this purpose, the theoretical frameworks ofverdeamarelismo were used, a category created by CHAUÍ (2000) and hegemony, by AntonioGramsci, based on the interpretations of GRUPPI (1978) and MORAES (2010), and the semiology ofRoland Barthes. The methodology for analyzing the corpus of photographic images collected is that ofBARDIN (1979).

Palavras-chave: semiologia; hegemonia; fotografia; análise de conteúdo; grande mídia,

Palavras-chave: semiology; hegemony; photography; content analysis; mass media,

DOI: 10.5151/cid2020-119

Referências bibliográficas
  • [1] BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1979.
  • [2] BARTHES, Roland. A câmara clara: Nota sobre a fotografia. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984.
  • [3] BARTHES, Roland. A retórica da imagem. In: BARTHES, Roland. O óbvio e o obtuso. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.
  • [4] BARTHES, Roland. Mitologias. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.
  • [5] BAUER, Martin W.; GASKELL, George (orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis (RJ): Vozes, 2008.
  • [6] BENJAMIN, Walter. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. In: BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas. Magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1987.
  • [7] CHAUÍ, Marilena. Brasil: Mito fundador e sociedade autoritária. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2000.
  • [8] GRUPPI, Luciano. O conceito de hegemonia em Gramsci. Rio de Janeiro: Graal 197
  • [9] HOBSBAWM, Eric J. Nações e nacionalismos desde 1780: programa, mito e realidade. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 1990.
  • [10] MACHADO, Arlindo. A ilusão especular: introdução à fotografia. São Paulo: Brasiliense, 1984.
  • [11] MITCHELL, W.J.T. What is a image?, in: New Literary History, v. 15, n. 3, Image/Imago/Imagination (Spring, 1984), p. 503-537. Disponível em: http://users.clas.ufl.edu/sdobrin/WJTMitchell_whatisanimage.pdf. Acesso em: 02 set. 2018.
  • [12] MORAES, Dênis de. Comunicação, hegemonia e contra-hegemonia: a contribuição teórica de Gramsci, in: Debates, Porto Alegre, v.4, n.1, p. 54-77, jan.-jun. 2010.
  • [13] SONTAG, Susan. Sobre fotografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2004 (edição Kindle).
Como citar:

Silva, Valdirene Martos da; Villas, Boas André; "Verdeamarelismo: A narrativa estética dasmanifestações pró-impeachment", p. 1586-1599 . In: Anais do Colóquio Internacional de Design 2020. São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/cid2020-119

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações