Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS COMO ISOLANTES TÉRMICOS: UMA REVISÃO APLICADA AO CASO DO PROJETO KIT-MORES sob a ótica do eco-design

Trein, Fabiano André; Santos, Aguinaldo dos; Vargas, Alexandre Silva de; Rodrigues, Marco Antônio Siqueira;

Artigo Completo:

Um dos grandes problemas ambientais da atualidade é o elevado volume de resíduos sólidos gerados pela indústria para suprir a demanda por bens de consumo da população mundial. Exemplos são comuns em todas as áreas e em todos os processos industriais onde uma grande quantidade de materiais são encaminhados a centros de armazenamento permanente devido à falta de métodos de reintrodução destes materiais ao processo fabril. Os problemas relacionados com as questões ambientais, como a poluição e geração de resíduos, e as suas consequências são, em muitos casos, ligada aos processos de produção. Neste sentido, a apresentação deste trabalho tem como objetivo apresentar o levantamento técnico de empresas da Região Metropolitana de Curitiba, geradoras de resíduos sólidos, com o intuito da utilização dos mesmos como isolante térmico no sistema construtivo sob a ótica do Eco-design, desenvolvido pelo projeto KIT-MORES (“Kit de Moradia utilizando Resíduos”) financiado junto à empresa Soliforte pela FINEP, para habitação de interesse social. Após a execução do levantamento dos resíduos possíveis de serem utilizados como isolantes térmicos evidenciou-se a plena confirmação de que há na Região Metropolitana de Curitiba fornecedores suficientemente capazes e hábeis de suprirem a demanda exigida pelo projeto atendendo às premissas básicas do Eco-design na produção dos novos produtos.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Resíduos; isolante térmico; sustentabilidade; Projeto KIT-MORES; Eco-design.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0361

Referências bibliográficas
  • [1] ANDRADE, L.; MEDEIROS. R. Reaproveitamento de rejeitos de EVA para a produção de placas utilizáveis na construção civil. Revista Científica Linkania Master. Ano 2. No. 3. 2012.
  • [2] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE COMPONENTES PARA COURO, CALÇADOS E
  • [3] ARTEFATOS - ASSINTECAL – Quantificação do Uso de Materiais da Indústria Calçadista. 2014.
  • [4] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15220: Desempenho térmico de Edificações. Parte 1: Definições, símbolos e unidades. Rio de Janeiro; 2003.
  • [5] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15575: Desempenho de Edificações Habitacionais. Rio de Janeiro; 2013.
  • [6] COMEC – Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba. Logística Reversa. 2014.
  • [7] CRUZ, M.P.; Aplicação de resíduo industrial para isolamento térmico: uma proposta para utilização do poliuretano de mamona com agregado de resíduo plástico termofixo. Disssertação de Mestrado Programa de Engenharia de Produção, UFRN. Natal, RN, 2009.
  • [8] GADEA, J. et. al. Lightweight mortar made with recycled polyurethane foam. Cement & Concrete Composites, v.32. p. 672 – 677. 2010.
  • [9] GATELLI, E. Processo de Couro: aproveitamento eficiente da pele e subprodutos da cadeia. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. UFRGS. 2011.
  • [10] INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA – INMETRO, Manual para implementação do REACH – Barreiras Técnicas às Exportações. 1a Edição. Rio de Janeiro. 2009.
  • [11] JALALI, S. et. al. Properties and durability of concrete containing polymeric wastes (tyre rubber and polyethylene terephtalate bottles): an overwiew. Construction and Building Materials v.30.714 – 724. 2012.
  • [12] KAN, A.; DEMIRBOGA, R. A novel material for lightweight concrete production. Cement and Concrete Composites. v. 31. p. 489 – 495. 2009.
  • [13] KIT-MORES - Kit de Moradia utilizando Resíduos. http://www.portaltransparencia .gov.br/convenios/convenioslista.asp?uf=pr&estado=&codmunicipio=7513&municipio=colombo&codorgao=&orgao=&tipoconsulta=cpdc&periodo=&ordem=-5# Acesso em: 15/julho/2015.
  • [14] LA MANTIA, F. Handbook of Plastics Recycling. Shropshire, UK: Rapra Technology Limited. 2002.
  • [15] LEITE, P.R. Logística Reversa: meio ambiente e competitividade, Pearson Prentice Hall, 2ª ed. São Paulo. 2013.
  • [16] PAPANEK, V. Design para el mundo real: Ecologia humana e cambio social. Madrid: Ediciones Blume, 1977.
  • [17] PAZMINO, A. V. Uma reflexão sobre Design Social, Eco-Design e Design Sustentável. I Simpósio Brasileiro de Design Sustentável. Anais. Curitiba, 2007.
  • [18] PRODEX, Aislamiento Total – Charla Técnica. San José. 2014.
  • [19] RIBEIRO, D.V.; MORELLI, M.R. Resíduos sólidos: problema ou oportunidade? Rio de Janeiro: Interciência, 2009.
  • [20] ROBINSON, L.C., Estudo sobre o nível de evolução da indústria calçadista para o desenvolvimento de calçados ecológicos. Dissertação de Mestrado Ambiental – Centro Universitário Feevale, Novo Hamburgo, 2009.
  • [21] SANTIAGO, E.; LIMA, P.; LEITE, M.; TOLEDO FILHO, R. Mechanical behavior of recycled lightweight concrete using EVA waste and CDW under moderate. Revista IBRACON de Estruturas de Materiais, v.2, p. 211 – 2 2009.
  • [22] SILVA, R. C. et. al. Relatório sobre a Geração de Resíduos Sólidos Industriais no Estado do Rio Grande do Sul: FEPAM e FNMA, 27p. 2006.
Como citar:

Trein, Fabiano André; Santos, Aguinaldo dos; Vargas, Alexandre Silva de; Rodrigues, Marco Antônio Siqueira; "UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS COMO ISOLANTES TÉRMICOS: UMA REVISÃO APLICADA AO CASO DO PROJETO KIT-MORES sob a ótica do eco-design", p. 4200-4213 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0361

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações