Artigo - Open Access.

Idioma principal

Uma visão de política industrial para o Brasil: resultados a partir de uma proposta de matriz tecnológica

Miguez, Thiago; Daudt, Gabriel; Plattek, Bruno; Willcox, Luiz Daniel; Schmitt, Sergio;

Artigo:

Háuma conhecida literatura que aborda que diversos países, notadamente os paísescentrais, passaram ou vem passando por uma perda de seus tecidos industriaisnas últimas décadas. Por outro lado, é necessário reconhecer que recentemente háum movimento de vários países no sentido de reforçar suas indústrias nacionais(reshoring), como a Indústria 4.0 naAlemanha e a Manufatura Avançada nos EUA. No Brasil não está sendo diferente, alémda falta de competitividade da indústria nacional, e a consequente queda departicipação desta no PIB, há iniciativas em andamento que buscam recuperar osetor e/ou desenvolver novos segmentos. Nesse sentido, o presente trabalhocontribui com um mapeamento sobre as principais tecnologias, e suas bases deconhecimento, com o potencial de absorção setorial para o Brasil e os entravesdo ambiente institucional que o cerca. Desse modo, é possível conjugar tanto apolítica tecnológica como a política industrial em uma mesma ferramentaanalítica. Tal mapeamento foi obtido por meio da aplicação de dois formuláriosjunto a alguns especialistas e permitiu identificar, por exemplo, as bases deconhecimento mais transversais - “Manufatura Padrão e Avançada”, “Eletrônica eÓtica Avançadas” e “Biotecnologia” - e os setores mais diversificados nas suasdemandas tecnológicas - “Petróleo e Gás”, “Complexo da Saúde” e “Aeroespacial eDefesa”.

Artigo:

Palavras-chave: Política Industrial; Política Tecnológica; Políticas Públicas; Inovação; Matriz Tecnológica;,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/enei2018-47

Referências bibliográficas
  • [1] ANDREONI, A. Industrial Ecosystems and Policy for Innovative Industrial Renewal: A New Framework and Emerging Trends in Europe. London: SOAS University of London, 2017. No prelo. ANDREONI, A.; CHANG, H. J. Industrial Policy and the Future of Manufacturing. Economia e Politica Industriale: Journal of Industrial and Business Economics, Milano, v. 43, n. 4, p. 491-502, Spring 2016. ANDREONI, A.; GREGORY, M. Why and how does Manufacturing still Matter: Old Rationales, New Realities. Revue d'Économie Industrielle, Valbonne, n. 144, p. 21-57, 4. tre. 2013. BACHA, E.; DE BOLLE, M. (Org.). O Futuro da Indústria no Brasil: Desindustrialização em Debate. Rio de Janeiro: Ed. Civilização Brasileira, 2013. BALDWIN, R. The Great Convergence: Information Technology and the New Globalization. Cambridge, MA: The Belknap Press of Harvard University Press, 2016. BONELLI, R.; PESSOA, S.; MATOS, S. Desindustrialização no Brasil: Fatos e Interpretação. In BACHA, E.; DE BOLLE, M. (Org.) O Futuro da Indústria no Brasil: Desindustrialização em Debate. Rio de Janeiro: Ed. Civilização Brasileira, 2013. p. 45-80. CHANG, H. J. Chutando a Escada: A Estratégia do Desenvolvimento em Perspectiva Histórica. São Paulo: Ed. Unesp, 2004. CHANG, H. J.; ANDREONI, A.; KUAN, M. International Industrial Policy Experiences and the Lessons for the UK. London: UK Government Office of Science, 2013. (Policy Report for the UK Foresight Future of Manufacturing Project). COHEN, S.; DELONG, B. Concrete Economics: The Hamilton Approach to Economic Growth and Policy. Boston: Harvard Business Review Press, 2016. DAUDT, G.; WILLCOX, L. Reflexões Críticas a partir das Experiências dos Estados Unidos e da Alemanha em Manufatura Avançada. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n 44, p. 5-45, 2016. HIRATUKA, C.; SARTI, F. Transformação na Estrutura Produtiva Global, Desindustrialização e Desenvolvimento Industrial no Brasil. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 37, n. 1, p. 189-207, jan.-mar. 2017. MAZZUCATO, M. The Entrepreneurial State. London: Anthem Press, 2013. O’SULLIVAN, E.; ANDREONI, A.; LÓPEZ-GÓMEZ, C.; GREGORY, M. What is New in the New Industrial Policy? A Manufacturing Systems Perspective. Oxford Review of Economic Policy, Oxford, v. 29, n. 2, p. 432-462, Summer 2013. PINHEIRO, M; FERREIRA, P.; PESSOA, S; SCHYMURA, L. Por que o Brasil não Precisa de Política Industrial. Rio de Janeiro: FGV, 2007. (Texto para Discussão, n. 644). PREBISCH, R. O Desenvolvimento Econômico da América Latina e Alguns de seus Principais Problemas. 1949. In: BIELSCHOWSKY, R. (Org.). Cinquenta Anos de Pensamento na CEPAL. Rio de Janeiro: Ed. Record, 2000. v. p. 69-136. RAUEN, A. (Org.) Políticas de Inovação pelo Lado da Demanda no Brasil. Brasília: IPEA, 2017. ROSENBERG, N. Technological Change in the Machine Tool Industry, 1840-1910. The Journal of Economic History, Cambridge, UK, v. 23, n. 4, p. 414-443, Dec. 1963. SERRANO, F.; SUMMA, R. Macroeconomic Policy, Growth and Income Distribution in the Brazilian Economy in the 2000s. Investigación Económica, Ciudad de México, v. 71, n. 282, p. 55-92, oct.-dic. 2012. SQUEFF, F. Sistema Setorial de Inovação em Defesa: Análise do Caso do Brasil. In DE NEGRI, F.; SQUEFF, F. (Org.). Sistemas Setoriais de Inovação e Infraestrutura de Pesquisa no Brasil. Brasília: IPEA, 2016. p. 63-113. SQUEFF, G. Desindustrialização: Luzes e Sombras no Debate Brasileiro. Brasília: IPEA, 2012. (Texto para Discussão, n. 1747). TASSEY, G. Modeling and Measuring the Economic Roles of Technology Infrastructure. Economics of Innovation and New Technology, v. 17, n. 7, p. 615-629, Oct-Nov. 2008. THIRLWALL, A. A Plain Man’s Guide to Kaldor’s Growth Laws, Journal of Post Keynesian Economics, v. 5, n. 3, p. 345-358, 1983. WADE, R. The Role of Industrial Policy in Developing Countries. In: CALCAGNO, A.; DULLIEN, S.; MÁRQUEZ-VELÁZQUEZ, A.; MAYSTRE, N.; PRIEWE, J. (Ed.) Rethinking Development Strategies after the Financial Crisis: Making the Case for Policy Space. New York: United Nations Publications, 2015. v. p. 67-79. ______. The American Paradox: Ideology of Free Markets and the Hidden Practice of Directional Thrust. Cambridge Journal of Economics, Cambridge, UK, v. 41, n. 3, p. 859-880, May 2017.
Como citar:

Miguez, Thiago; Daudt, Gabriel; Plattek, Bruno; Willcox, Luiz Daniel; Schmitt, Sergio; "Uma visão de política industrial para o Brasil: resultados a partir de uma proposta de matriz tecnológica", p. 834-852 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/enei2018-47

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações