Artigo completo - Open Access.

Idioma principal

Uma comparação das políticas industriais brasileiras a partir de Matrizes de Políticas Industriais

Lucena, Rodrigo Milano de; Britto, Jorge Nogueira Paiva de;

Artigo completo:

As discussões sobre definições de política industrial sempre estiveram presentes nos estudos econômicos e focam principalmente no modo e tamanho da intervenção do Estado neste processo. No Brasil, o caso não é diferente e, apesar de políticas industriais estarem presentes na economia brasileira desde a década de 1930, os esforços não são contínuos. Porém, a partir dos anos 2000 houve três esforços brasileiros para a criação de política industriais que gerassem competitividade internacional, a PITCE, a PDP e o PBM. Diante disso, o objetivo deste artigo é ilustrar e comparar estes três esforços de política industrial brasileiros com relação aos níveis de intervenção e fatores socioeconômicos atingidos. Para isso, foi utilizada a Matriz de Política Industrial criada por O’Sullivan et al. (2013), a fim de sistematizar os principais pontos das políticas com relação aos agentes alvos, e o papel do Estado nesta coordenação. As conclusões dos autores foram que durante a vigência das três políticas industriais adotadas, houve crescimento do papel do Estado na articulação e fomento do desenvolvimento industrial brasileiro. As políticas apresentaram certo grau de coordenação e evolução durante os anos. Porém, como característica da economia brasileira, em períodos de crise, a política industrial é interrompida e novamente isto se pôs a prova com o cenário econômico atual.

Artigo completo:

Palavras-chave: Avaliação de Políticas Públicas; Política Industrial; Economia Brasileira,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/iv-enei-2019-6.1-081

Referências bibliográficas
  • [1] AGHION, P.; BOULANGER, J.; COHEN, E. Rethinking Industrial Policy. Bruegel Policy Brief, n. 04, 201
  • [2] ALMEIDA, J. G. Alcances e lacunas da nova política industrial. Campinas: [s.n.].
  • [3] ANDREONI, A.; CHANG, H. J. The political economy of industrial policy: Structural interdependencies, policy alignment and conflict management. Structural Change and Economic Dynamics, 2018.
  • [4] ARAÚJO, B. C. Políticas de Apoio à Inovação no Brasil: uma análise da evolução recente. Rio de Janeiro: [s.n.].
  • [5] AVELLAR, A. P. M.; BOTELHO, M. R. Impacto das Políticas de Inovação nas Pequenas, Médias e Grandes Empresas Brasileiras. XLII Encontro Nacional de Economia da ANPEC. Anais...2016
  • [6] BARBOSA, T. C.; BAGATTOLLI, C.; INVERNIZZI, N. Política de inovação em nanotecnologia no Brasil : a trajetória dos instrumentos financeiros não reembolsáveis. p. 56–74, 2018.
  • [7] BIELSCHOWSKY, R. ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO E AS TRÊS FRENTES DE EXPANSÃO NO BRASIL: UM DESENHO CONCEITUALPresente e Futuro do desenvolvimento brasileiro. Rio de Janeiro: [s.n.].
  • [8] CALZOLAIO, A. Política Industrial e Produtividade na Indústria de Transformação do Brasil na Década de 2000. [s.l.] Universidade Federal de Rio Grande do Sul, 2015.
  • [9] CANO, W.; SILVA, A. L. G. DA. Política Industrial do governo Lula. Campinas: [s.n.].
  • [10] CASSIOLATO, J. E.; SZAPIRO, M.; VARGAS, M. A. Avanços e limitações da política de inovação brasileira na última década: Uma análise exploratória. Espacios, v. 37, n. 5, p. 18, 2016.
  • [11] CASTELLI, J. R. A trajetória dependente da política de inovação brasileira (1995-2012): Hábitos de pensamento e enraizamento institucional. [s.l.] Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2017.
  • [12] CHANG, H. J. The Political Economy of Industrial Policy. New York: St. Martin’s Press, INC, 1994.
  • [13] CHIARINI, T.; VIEIRA, K. P. Alinhamento das atividades de pesquisa científica e tecnológica realizadas pelas IES federais de Minas Gerais e as diretrizes da Política Industrial , Tecnológica e de Comércio Exterior – PITCE. RBI-Revista Brasileira de Inovação, v. 10, n. 2, p. 301–342, 2011.
  • [14] CIMOLI, M. et al. Instituições e Políticas Moldando o Desenvolvimento Industrial : uma nota introdutória. Revista Brasileira de Inovação, v. 6, n. 1, p. 55–85, 2007.
  • [15] ERBER, F. S. As convenções de desenvolvimento no governo Lula: um ensaio de economia política. Revista de Economia Política, v. 31, n. 1, p. 31–55, 2011.
  • [16] FERRAZ, J. C.; MARQUES, F. S.; ALVES JR, A. J. A contribuição do BNDES para a política industrial brasileira 2003-2014. In: Dez anos de política industrial: balanços e perspectivas. Brasilia: ABDI, 2015.
  • [17] HAQUE, I. UL. Rethinking Industrial Policy. In: International Development Governance. [s.l.] Routledge, 20 p. 685–700.
  • [18] JOHNSON, C. The Industrial Policy Debate. San Francisco: Institute of Contemporary Studies, 1984.
  • [19] LAPLANE, M. F. A indústria ainda é o motor do crescimento? In: Dez anos de política industrial: balanços e perspectivas. Brasília: ABDI, 2015. p. 23–40.
  • [20] NELSON, R. R. Reflections of David Teece’s “Profiting from technological innovation…”. Research Policy, v. 35, n. 8, p. 1107–1109, 2006.
  • [21] O’SULLIVAN, E. et al. What is new in the new industrial policy ? A manufacturing systems perspective. Oxford Review of Economic Policy, v. 29, n. 2, p. 432–462, 2013.
  • [22] PAVITT, K. Sectorial patterns of techinical change: towards a taxonomy and theory. Research Policy, v. 6, n. 13, p. 343–373, 1984.
  • [23] SALERNO, M. S.; DAHER, T. Política Industrial, tecnológica e de comércio exterior do governo federal (PITCE): balanço e perspectivas. Brasília: Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, 2006.
  • [24] SARTI, F.; HIRATUKA, C. Transformações na estrutura produtiva global , desindustrialização e desenvolvimento industrial no Brasil : uma contribuição ao debate. Campinas: [s.n.].
  • [25] SCHAPIRO, M. G. Ativismo estatal e industrialismo defensivo: intrumentos e capacidades na política industrial brasileira. Rio de Janeiro: [s.n.].
  • [26] SUZIGAN, W.; VILELLA, A. Industrial Policy in Brazil. Campinas: Editora Unicamp, 1997.
  • [27] VILELLA, A. Dos anos dourados de JK à crise não resolvida. In: Economia Brasileira contemporânea. São Paulo: Campus, 2005.
Como citar:

Lucena, Rodrigo Milano de; Britto, Jorge Nogueira Paiva de; "Uma comparação das políticas industriais brasileiras a partir de Matrizes de Políticas Industriais", p. 1130-1145 . In: Anais do IV Encontro Nacional de Economia Industrial e Inovação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/iv-enei-2019-6.1-081

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações