Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Uma análise visual de O Auto da Compadecida: o design de produção na caracterização do Nordeste

A visual analysis of O Auto da Compadecida: portraying Brazil’s Northeastern region with production design

Eloy, Maria Renata S; Souza, Eduardo A B M;

Artigo completo:

Este artigo analisa o filme O Auto da Compadecida com o intuito de destacar os elementos que contribuem com sua comunicação visual e na representação visual do Nordeste, sobretudo os elementos referentes ao que hoje pode ser classificado como design de produção. Depois de uma breve contextualização da dimensão visual do cinema, argumentamos que os cenários e a caracterização dos personagens são relevantes para o discurso do filme. Por fim, extraímos planos do filme para demonstrar como o design de produção colabora com outros aspectos visuais.

Artigo completo:

This paper analyses O Auto da Compadecida so that we can point to the elements that contribute to its visual communication and to the representation of Brazil’s Northeastern region, mostly regarding elements that can be said to belong to the area of production design. After a brief discussion of the visual dimension of cinema, we argue that scenarios and characters’ design are relevant to the movie’s discourse. At last, we highlighted shots from the movie to demonstrate how production design collaborates with other visual aspects.

Palavras-chave: análise visual, cinema, design de produção, nordeste,

Palavras-chave: visual analysis, cinema, production design, Northeastern Brazil,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-6.0059

Referências bibliográficas
  • [1] Antonio, L. (2012). O auto da Compadecida: um cordel de frente para as câmeras. Terra roxa e outras terras – Revista de Estudos Literários, n. 24.
  • [2] Baptista, M. (2008). A pesquisa sobre design e cinema: o design de produção. Revista Galáxia, São Paulo, n.15, p. 109-120.
  • [3] Bezerra, C. (2004). Do Teatro ao Cinema – três olhares sobre o Auto da Compadecida. Trabalho apresentado ao NP 07 – Comunicação Audiovisual, do IV Encontro dos Núcleos de Pesquisa da Intercom.
  • [4] Cook, D. (2016). A history of narrative film. Nova York, W.W.Norton&Company.
  • [5] Lopes, A. P. & Sousa, F. C. C. (2016). A Direção de Arte na minissérie Hoje é Dia de Maria. Trabalho apresentado no IJ 05 – Artes Visuais do XXI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste realizado de 17 a 19 de junho de 2016.
  • [6] Machado, L. A. (2009). Design e narrativa visual na linguagem cinematográfica. Dissertação (Mestrado). São Paulo: Universidade de São Paulo.
  • [7] Magnativa, P. R. (2006). Arquitetura, cinema, tecnologia e cenografia virtual. Revista de Urbanismo e Arquitetura, v.7 n.2.
  • [8] Martin, M. (2005). A Linguagem Cinematográfica. Lisboa: Dinalivro.
  • [9] Paiva, M. L. (2015). A direção de arte no audiovisual brasileiro: uma abordagem sobre Suburbia. Dissertação (Mestrado). Campinas: Universidade de Estadual de Campinas.
  • [10] Penafria, M. (2009). Análise de Filmes – conceitos e metodologia(s). VI Congresso SOPCOM, Lisboa: Universidade Lusófona.
  • [11] Ramos, F. P. (2009). Apresentação à edição brasileira. Em: L. Jullier & M. Marie, Lendo as imagens do cinema (pp. 9-13). São Paulo: Editora Senac São Paulo.
  • [12] Santos Neto, B. F. (2018). Central do Brasil e a direção de arte como encenação. Anais do Seminário Internacional de Pesquisa em Arte e Cultura Visual. Goiás: Universidade Federal de Goiás.
  • [13] Stancioli, C. (2004). O design do filme. Belo Horizonte: Escola de Belas Artes, UFMG.
Como citar:

Eloy, Maria Renata S; Souza, Eduardo A B M; "Uma análise visual de O Auto da Compadecida: o design de produção na caracterização do Nordeste", p. 2642-2654 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-6.0059

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações