Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

Uma Análise do Investimento Setorial da Economia Brasileira no Período 2000-2013: Resultados a partir das Matrizes de Absorção de Investimento (MAIs)

MIGUEZ, Thiago; FREITAS, Fabio;

Artigo Completo:

O objetivo desse estudo é abordar a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) na economia brasileira de um ponto de vista setorial, a partir da utilização das chamadas Matrizes de Absorção de Investimentos (MAIs). Essas matrizes desagregam os dados da FBCF permitindo que a análise ocorra no nível das atividades. Foram utilizadas as MAIs estimadas por MIGUEZ (2016) para os anos de 2000 até 2013. No referido trabalho, o autor partiu de informações do Sistema de Contas Nacionais e das diversas pesquisas estruturais que são divulgadas anualmente pelo IBGE, como a PIA Produto, PIA Empresa, PAC, PAIC e PAS, além de dados do BNDES. Entender quais são os setores que investiram no período recente é parte essencial do estudo de mudança estrutural da economia.

Artigo Completo:

The aim of this study is to approach Gross Fixed Capital Formation (GFCF) in the Brazilian economy from a sectorial perspective using the so-called Capital Flow Matrices (CFMs). These matrices disaggregate the GFCF data, allowing an economic activity level analysis. The mentioned CFMs were estimated by MIGUEZ (2016) for the 2000-2013 period. They were constructed based on the intersection of information from the System of National Accounts, in addition to several annual surveys published by Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), such as the manufacturing survey, wholesale and retail survey, construction survey and services survey and also some data from the Brazilian Development Bank (BNDES). Finding out what were the activities investing in the recent period is an essential part of the study of structural change.

Palavras-chave: Investimento, Capital Fixo, Mudança Estrutural, Matriz de Absorção de Investimento, Economia Brasileira, Matriz Insumo-Produto,

Palavras-chave: Investment, Fixed Capital, Structural Change, Capital Flow Matrix, Brazilian Economy, Input-Output Model,

DOI: 10.5151/enei2017-37

Referências bibliográficas
  • [1] AVANCINI, D., FREITAS, F. & BRAGA, J. (2015) “Investimento e Crescimento Liderado pela Demanda: Um Estudo para o Caso Brasileiro com Base no Modelo do Supermultiplicador Sraffiano, in Anais do 43º Encontro Nacional de Economia, ANPEC, Florianópolis.
  • [2] BHERING, G., CARVALHO, L. & PIMENTEL, D. (2015) “Uma Contribuição para o Debate sobre a Desaceleração Recente da Economia Brasileira a partir de Três Fatos Estilizados”, Working Paper.
  • [3] BIELSCHOWSKY, R. (2002) (coord.) “Investimento e Reformas no Brasil: Indústria e infraestrutura nos anos 1990”, IPEA/CEPAL, Brasília.
  • [4] _____ (2012) “Estratégia de Desenvolvimento e as Três Frentes de Expansão no Brasil: Um Desenho Conceitual”, in Economia e Sociedade, Vol. 21, Número especial, pp. 729-747, Campinas.
  • [5] BIELSCHOWSKY, R., SQUEFF, G. & VASCONCELOS, L. (2014) “Evolução dos Investimentos nas Três Frentes de Expansão da Economia Brasileira na Década de 2000”, in CALIXTRE, A., BIANCARELLI, A. & CINTRA, M. (org.) “Presente e Futuro do Desenvolvimento Brasileiro”, IPEA, Brasília.
  • [6] DOS SANTOS, C. H. et al. (2015) “Revisitando a dinâmica trimestral do Investimento no Brasil: 1996-2012” , Texto para discussão n°05, IE/UFRJ, Rio de Janeiro.
  • [7] DWECK, E. & FREITAS, F. (2010) “Matriz de Absorção de Investimento e Análise de Impactos Econômicos”, in KUPFER, D., LAPLANE, M. & HIRATUKA, C. (coord.) “Perspectivas do Investimento no Brasil: Temas Transversais”, Rio de Janeiro, Synergia.
  • [8] DWECK, E., FREITAS, F. & KUPFER, D. (2010) “A Dynamic Input-Output Simulation Analysis of the Impact of ICT Diffusion in the Brazilian Economy”, in CIMOLI, M.; HOFMAN, A. & MULDER, N. (org.) “Innovation and Economic Development: The Impact of Information and Communication Technologies in Latin America”, Edward Elgar/ECLAC.
  • [9] FREITAS, F. & DWECK, E. (2013) “The Pattern of Economic Growth of the Brazilian Economy 1970-2005: A Demand-Led Growth Perspective”, in LEVRERO, E., PALUMBO, A. & STIRATI, A. (Eds.) “Sraffa and the Reconstruction of Economic Theory - Vol. II: Aggregate Demand, Policy Analysis and Growth”, Palgrave Macmillan, Londres.
  • [10] GONZALEZ, E., REIS, C. & ARAÚJO, E. (2016) “Public investment boosted private investment in Brazil between 1982 and 2013”, paper for the VI Laporde, FGV, São Paulo.
  • [11] IBGE (2015) “Nota Metodológica do SCN Referência 2010 nº 13: Formação Bruta de Capital Fixo”, disponível em ftp://ftp.ibge.gov.br/Contas_Nacionais/Sistema_de_Contas_ Nacionais/Notas_Metodologicas_2010/13_formacao_bruta_capital_fixo.pdf, acessado em 04/01/2016.
  • [12] LEONTIEF, W. (1941) “Structure of the American Economy”; Oxford University Press, Oxford.
  • [13] _____ (1951) “Input-Output Economics”, in LEONTIEF, W. (1986) “Input-Output Economics”, Second edition, Oxford University Press, Oxford.
  • [14] _____ (1953) “Studies in the Structure of the American Economy; Oxford University Press.
  • [15] LUPORINI, V. & ALVES, J. (2010) “Investimento Privado: Uma análise Empírica para o Brasil”, in Economia e Sociedade, Vol. 19, n 3 (40), pp. 449-475, Campinas.
  • [16] MIGUEZ, T. (2012) “Formação Bruta de Capital Fixo na Economia Brasileira 2000-2007: Uma Análise com Base nas Matrizes de Absorção de Investimento (MAIs), Dissertação de Mestrado não publicada, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.
  • [17] _____ (2016) “Formação Bruta de Capital Fixo na Economia Brasileira 2000-2013: Uma Análise Multissetorial a partir das Matrizes de Absorção de Investimento (MAIs)”, Tese de Doutorado não publicada, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.
  • [18] MIGUEZ, T.; FREITAS, F.; SQUEFF, G.; VASCONCELOS, L. & MOREIRA, T. (2014) “Uma Proposta Metodológica para a Estimação da Matriz de Absorção de Investimentos para o Período 2000-2009”, Texto para Discussão nº 1977, IPEA, Brasília.
  • [19] MIGUEZ, T., WILLCOX, L. D. & DAUDT, G. (2016) “O Setor de Bens de Capital: Diagnóstico do Período 2000-2012 e Perspectivas a partir do Cenário Econômico”, in BNDES Setorial nº 42, Rio de Janeiro.
  • [20] ONU (1993) “System of National Accounts 1993”, Bruxelas/Luxemburgo, New York, Paris, Washington DC.
  • [21] _____ (2009) “System of National Accounts 2008”, New York.
  • [22] SERRANO, F. (1995) “The Sraffian Supermultiplier”, unpublished Ph.D. dissertation, Cambridge University, Cambridge.
  • [23] SERRANO, F. & SUMMA, R. (2011) “Macroeconomic Policy, Growth and Income Distribution in the Brazilian Economy in the 2000s”, CEPR Working Paper, Washington DC.
  • [24] _____ (2012) “A Desaceleração Rudimentar da Economia Brasileira desde 2011”, in Oikos, Vol. 11, nº 2, Rio de Janeiro.
  • [25] _____ (2015) “Aggregate Demand and the Slowdown of Brazilian Economic Growth from 2011-2014”, CEPR Working Paper, Washington DC.
  • [26] WEISBROT, M., JOHNSTON, J. & LEFEBVRE, S. (2014) “The Brazilian Economy in Transition: Macroeconomic Policy, Labor and Inequality”, CEPR Working Paper, Washington DC.
Como citar:

MIGUEZ, Thiago; FREITAS, Fabio; "Uma Análise do Investimento Setorial da Economia Brasileira no Período 2000-2013: Resultados a partir das Matrizes de Absorção de Investimento (MAIs)", p. 659-678 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/enei2017-37

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações