Artigo completo - Open Access.

Idioma principal

TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA E ECONOMICIDADE NAS PARCERIAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE

Torres, Ricardo Lobato; Albareda, Alexandra Patricia;

Artigo completo:

As Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo são uma política do Ministério da Saúde para internalização da tecnologia de produção de medicamentos e insumos estratégicos para o Sistema Único de Saúde. Os instrumentos da política combinam o uso do poder de compra do governo federal, investimento nos laboratórios públicos e incentivos aos parceiros privados proprietários da tecnologia para sua transferência a produtores nacionais públicos e privados. Um dos principais objetivos da política é reduzir o preço de aquisição de medicamentos de alto custo. Neste sentido, este artigo faz uma análise da evolução dos preços reais dos medicamentos alvo da política, a fim de avaliar se a economicidade almejada pela política está sendo alcançada. Para os onzes medicamentos analisados neste estudo, apenas dois não apresentaram economicidade compatível com a política. Além da redução de preços, foi observado ainda o aumento nas quantidades adquiridas, permitindo a ampliação da oferta dos produtos no SUS.

Artigo completo:

Palavras-chave: transferência de tecnologia; política industrial; parcerias para o desenvolvimento produtivo; sistema único de saúde; poder de compra do Estado,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/iv-enei-2019-6.1-078

Referências bibliográficas
  • [1] AITH, Fernando; BUJDOSO, Yasmim; NASCIMENTO, Paulo Roberto do; DALLARI, Sueli Gandolfi. Os princípios da universalidade e integralidade do sus sob a perspectiva da política de doenças raras e da incorporação tecnológica. R. Dir. sanit., São Paulo v.15 n.1, p. 10-39, mar./jun. 2014.
  • [2] ALMEIDA, Águida Cristina Santos. Análise dos efeitos das parcerias para o desenvolvimento produtivo nos laboratórios farmacêuticos oficiais. 2018. 318 p. Tese (doutorado) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Economia, Programa de Pós-Graduação em Economia da Indústria e da Tecnologia. Rio de Janeiro: 2018.
  • [3] ARAÚJO JUNIOR, José Tavares de. O enigma da política industrial no Brasil. Revista de Economia Política, vol. 35, nº 3 (140), pp. 461-474, julho-setembro/2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31572015000300461. Acesso em: 20 mar. 2019.
  • [4] BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Supremo Tribunal Federal, Secretaria de Documentação, 1988.
  • [5] BRASIL. Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. Brasília, 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8080.htm. Acesso em: 25 mai. 2019.
  • [6] BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política nacional de medicamentos 2001/Ministério da Saúde, Secretaria de Políticas de Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2001.
  • [7] BRASIL. Lei nº. 10.973, de 02 de dezembro de 2004. Dispõe sobre incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo e dá outras providências. Brasília, 2004a. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.973.htm. Acesso em: 1º jun. 2019.
  • [8] BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº. 338, de 06 de maio de 2004. Política Nacional de Assistência Farmacêutica. Brasília, 2004b. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2004/res0338_06_05_2004.html. Acesso em: 1º jun. 2019.
  • [9] BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 374, de 28 de fevereiro de 2008. Institui no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS, o Programa Nacional de Fomento à Produção Pública e Inovação no Complexo Industrial da Saúde. Brasília, 2008a. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt0374_28_02_2008.html. Acesso em: 24 mai. 201
  • [10] BRASIL. Decreto de 12 de maio de 2008. Cria, no âmbito do Ministério da Saúde, o Grupo Executivo do Complexo Industrial da Saúde- GECIS, e dá outras providências. Revogado pelo Decreto nº 9.245, de 2017. Brasília, 2008b. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Dnn/Dnn11578.htm. Acesso em: 24 mai. 2019.
  • [11] BRASIL. Portaria Interministerial nº. 128, de 29 de maio de 2008. Estabelece Diretrizes para a Contratação Pública de Medicamentos e Fármacos pelo Sistema Único de Saúde. Disponível em: http://www.comprasnet.gov.br/legislacao/portarias/p128_08.htm. Acesso em: 28 mai. 2019.
  • [12] BRASIL. Decreto nº 7.540, de 02 de agosto de 2011. Institui o Plano Brasil Maior – PBM e cria o seu Sistema de Gestão. Brasília, 2011. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/decreto/d7540.htm. Acesso em: 24 mai. 2019.
  • [13] BRASIL. Ministério da Saúde. Gabinete do Ministro. Portaria nº 837, de 18 de abril de 2012: Define as diretrizes e os critérios para o estabelecimento das parcerias para o desenvolvimento produtivo (PDP). Brasília, 2012a. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2012/prt0837_18_04_2012.html. Acesso em: 28 mai. 2019.
  • [14] BRASIL. Lei nº. 12.715, de 17 de setembro de 2012. Altera a alíquota das contribuições previdenciárias sobre a folha de salários devidas pelas empresas que especifica; institui o Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores, o Regime Especial de Tributação do Programa Nacional de Banda Larga para Implantação de Redes de Telecomunicações, o Regime Especial de Incentivo a Computadores para Uso Educacional, o Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica e o Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência; restabelece o Programa Um Computador por Aluno; altera o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Semicondutores, instituído pela Lei nº 11.484, de 31 de maio de 2007; altera as Leis nº s 9.250, de 26 de dezembro de 1995, 11.033, de 21 de dezembro de 2004, 9.430, de 27 de dezembro de 1996, 10.865, de 30 de abril de 2004, 11.774, de 17 de setembro de 2008, 12.546, de 14 de dezembro de 2011, 11.484, de 31 de maio de 2007, 10.637, de 30 de dezembro de 2002, 11.196, de 21 de novembro de 2005, 10.406, de 10 de janeiro de 2002, 9.532, de 10 de dezembro de 1997, 12.431, de 24 de junho de 2011, 12.414, de 9 de junho de 2011, 8.666, de 21 de junho de 1993, 10.925, de 23 de julho de 2004, os Decretos-Leis nº s 1.455, de 7 de abril de 1976, 1.593, de 21 de dezembro de 1977, e a Medida Provisória nº 2.199-14, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências. Brasília, 2012b. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12715.htm. Acesso em: 09 jun. 2019.
  • [15] BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 506, de 21 de março de 2012. Institui o Programa para o Desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde (PROCIS) e seu Comitê Gestor. Brasília, 2012c. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2012/prt0506_21_03_2012.html. Acesso em: Acesso em: 1º jun. 2019.
  • [16] BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº. 2.531, de 12 de novembro de 2014. Redefine as diretrizes e os critérios para a definição da lista de produtos estratégicos para o Sistema Único de Saúde (SUS) e o estabelecimento das Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDP) e disciplina os respectivos processos de submissão, instrução, decisão, transferência e absorção de tecnologia, aquisição de produtos estratégicos para o SUS no âmbito das PDP e o respectivo monitoramento e avaliação. Brasília, 2014. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2014/prt2531_12_11_2014.html. Acesso em: 21 mai. 2019.
  • [17] BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria de Consolidação GM/MS nº 5/20 Consolidação das normas sobre as ações e os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde. Anexo XCV. Dos critérios para a definição da lista de produtos estratégicos para o SUS e do estabelecimento das parcerias para o desenvolvimento produtivo (PDP) e dos respectivos processos de submissão, instrução, decisão, transferência e absorção de tecnologia, aquisição de produtos estratégicos para o SUS no âmbito das PDP e o respectivo monitoramento e avaliação. Brasília, 2017a. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2017/prc0005_03_10_20html. Acesso em: 2 jun. 2019.
  • [18] BRASIL. Casa Civil. Decreto nº. 9.245, de 20 de dezembro de 2017.
  • [19] Institui a Política Nacional de Inovação Tecnológica na Saúde. Brasília, 2017b. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/decreto/d9245.htm. Acesso em: 09 jun. 20
  • [20] BRASIL. Ministério da Saúde. Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo. Disponível em: http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/parcerias-para-o-desenvolvimento-produtivo-pdp. Acesso em: 09 jun. 2019.
  • [21] CORONEL, D. A.; CAMPOS, A. C.; AZEVEDO, A. F. Z.; CARVALHO, F. M. A. Impactos da política de desenvolvimento produtivo na economia brasileira: uma análise de equilíbrio geral computável. Pesquisa e planejamento econômico | ppe | v. 41 | n. 2 | ago. 2011. Disponível em: http://ppe.ipea.gov.br/index.php/ppe/article/viewFile/1333/1101. Acesso em: 25 mar. 2019.
  • [22] DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS (DIEESE). Política de Desenvolvimento Produtivo: Nova Política Industrial do Governo. Nota técnica. Maio de 2008. Disponível em: https://www.dieese.org.br/notatecnica/2008/notaTec67PoliticaDesenvolvimento.pdf. Acesso em: 05 mar. 2019.
  • [23] GADELHA, C. A. G. O complexo industrial da saúde e a necessidade de um enfoque dinâmico na economia da saúde. Revista Ciência e Saúde Coletiva, v. 8 n. 2, p. 521-535, 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232003000200015. Acesso em: 18 mar. 2019.
  • [24] GADELHA, Carlos Augusto Grabois; COSTA, Laís Silveira. Saúde e desenvolvimento no Brasil: avanços e desafios. Rev Saúde Pública 2012a; 46(Supl):13-20. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102012000700003. Acesso em: 18 mai. 2019.
  • [25] GADELHA, Carlos Augusto Grabois (coordenador). A dinâmica do sistema produtivo da saúde: inovação e complexo econômico-industrial. Rio de Janeiro: Ed. FIOCRUZ, 2012b.
  • [26] GADELHA, Carlos Augusto Grabois; COSTA, Laís Silveira; MALDONADO, José. O Complexo Econômico-Industrial da Saúde e a dimensão social e econômica do desenvolvimento. Rev Saúde Pública 2012c;46(Supl):21-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v46s1/ao4188.pdf. Acesso em: 15 mar. 2019.
  • [27] GADELHA, C. A. G.; BRAGA, P. S. C. Saúde e inovação: dinâmica econômica e Estado de Bem-Estar Social no Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 32 Sup 2:e00150115, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v32s2/pt_1678-4464-csp-32-s2-e00150115.pdf. Acesso em: 20 mar. 2019.
  • [28] IBGE. Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/economicas/precos-e-custos/9256-indice-nacional-de-precos-ao-consumidor-amplo.html?t=series-historicas. Acesso em: 07 jun. 2019.
  • [29] INSTITUTO DE ESTUDOS PARA O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL (IEDI). A política de desenvolvimento produtivo. Disponível em: https://iedi.org.br/admin_ori/pdf/20080529_pdp.pdf. Acesso em: 05 mar. 2019.
  • [30] SILVA, Everton Nunes da. Complexo Econômico-Industrial da Saúde. Tempus, Actas de saúde coletiva, Brasília, 8(1), 71-78, mar, 2014. Disponível em: http://www.tempusactas.unb.br/index.php/tempus/article/view/1455/1310. Acesso em: 20/03/2019.
  • [31] TORRES, Ricardo Lobato. A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA BRASILEIRA DE 2003 A 2014. In: 1º Encontro Nacional de Economia Industrial e Inovação. ANAIS, dezembro 2016a, vol. 3, num. 4. Disponível em: https://www.proceedings.blucher.com.br/article-details/a-poltica-de-desenvolvimento-da-indstria-farmacutica-brasileira-de-2003-a-2014-25279. Acesso em: 09 jun. 2019.
  • [32] TORRES, Ricardo Lobato. Estratégias de aprendizado tecnológico na indústria farmacêutica brasileira. In: Desafios de operação e desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde. Organização Lia Hasenclever et al. 1. ed. Rio de Janeiro: E-papers, 2016b.
  • [33] VIANA, Ana Luiza d'Ávila et al. A política de desenvolvimento produtivo da saúde e a capacitação dos laboratórios públicos nacionais. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 32, supl. 2, e00188814, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2016001405003&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 10 jun. 2019. Epub 03-Nov-2016. http://dx.doi.org/10.1590/0102-311X00188814.
Como citar:

Torres, Ricardo Lobato; Albareda, Alexandra Patricia; "TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA E ECONOMICIDADE NAS PARCERIAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE", p. 1121-1129 . In: Anais do IV Encontro Nacional de Economia Industrial e Inovação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/iv-enei-2019-6.1-078

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações