Resumo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Tá tudo bem ser: materiais gráficos de empoderamento LGBTI para pessoas em processo de aceitação.

Tá tudo bem ser: materiais gráficos de empoderamento LGBTI para pessoas em processo de aceitação.

Fialho, Kaio;

Resumo:

Tá tudo bem ser é uma campanha resultado de um processo de construção colaborativa, com o objetivo de empoderar, confortar e acolher pessoas LGBTI que estão em negação sobre a própria orientação sexual e/ou identidade de gênero. A veiculação do projeto ocorreu de maneira independente e abrangente, por meio de intervenções urbanas com cartazes em lambe-lambe e adesivos. Este trabalho estabeleceu conexões entre o design social, o design colaborativo e a realidade e contexto social de sujeitos LGBTI, pertencentes a uma sociedade LGBTIfóbica. Para o seu desenvolvimento, foi utilizado o Double Diamond como metodologia, acrescido de ferramentas e experiências colaborativas, como formulários, blogs, validações e oficinas de co-criação durante todas as etapas, trazendo a comunidade para dentro do processo. Em adição ao resultado prático e tangível dos materiais gráficos, este trabalho prestou-se também à análise, reflexão e crítica sobre a metodologia e estratégias colaborativas adotadas para sua realização.

Resumo:

Tá tudo bem ser é uma campanha resultado de um processo de construção colaborativa, com o objetivo de empoderar, confortar e acolher pessoas LGBTI que estão em negação sobre a própria orientação sexual e/ou identidade de gênero. A veiculação do projeto ocorreu de maneira independente e abrangente, por meio de intervenções urbanas com cartazes em lambe-lambe e adesivos. Este trabalho estabeleceu conexões entre o design social, o design colaborativo e a realidade e contexto social de sujeitos LGBTI, pertencentes a uma sociedade LGBTIfóbica. Para o seu desenvolvimento, foi utilizado o Double Diamond como metodologia, acrescido de ferramentas e experiências colaborativas, como formulários, blogs, validações e oficinas de co-criação durante todas as etapas, trazendo a comunidade para dentro do processo. Em adição ao resultado prático e tangível dos materiais gráficos, este trabalho prestou-se também à análise, reflexão e crítica sobre a metodologia e estratégias colaborativas adotadas para sua realização.

Palavras-chave: LGBT, Colaboratividade, Design Social,

Palavras-chave: LGBT, Colaboratividade, Design Social,

DOI: 10.5151/ped2018-4.3_AIC_10

Referências bibliográficas
  • [1] -
Como citar:

Fialho, Kaio; "Tá tudo bem ser: materiais gráficos de empoderamento LGBTI para pessoas em processo de aceitação.", p. 6109 . In: Anais do 13º Congresso Pesquisa e Desenvolvimento em Design (2018). São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/ped2018-4.3_AIC_10

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações