Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

STREET FOOD: CENÁRIOS ENQUANTO INSTRUMENTO DIALÓGICO

Gallina, Gabriel; Roda, Rui;

Artigo Completo:

O artigo tem como objetivo gerar uma reflexão a respeito do uso de cenários como instrumento de design estratégico, bem como as suas particularidades e implicações perante situações que envolvem espaços públicos urbanos, nomeadamente as que estão relacionadas com atividades de street food. Esta abordagem pretende ser coerente com o carácter e utilização espontâneos de práticas não previstas, que representam o tipo de fluxos deste micro empreendedorismo implícito pertencente à natureza do street food. Neste contexto, os cenários apresentam-se como facilitadores do planeamento, do projeto e de mediações no campo do street food, ou seja, tornam compreensível esta relação com a cidade, sua contribuição enquanto tensor de posicionamentos, bem como promotor da visão compartilhada e convergência de objetivos.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Cenários; Instrumento de design estratégico; Cidade; Street food.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0005

Referências bibliográficas
  • [1] DE MORAES, Dijon. Metaprojeto como modelo projetual. Strategic Design Research Journal, 3(2). Porto Alegre: Unisinos, 2010.
  • [2] FRANZATO, Carlo; DEL GAUDIO, Chiara; BENTZ, Ione; PARODE, Fabio; BORBA, Gustavo; FREIRE, Karine. Inovação cultural e social: design estratégico e ecossistemas criativos in Design estratégico para a inovação cultural e social. Karine Freire (org). São Paulo: Ed Kazuá, 2015.
  • [3] HARTMANN, Patricia. Cenários: uma tecnologia para suportar a complexidade das redes de projeto. Dissertação de mestrado. Unisinos. Porto Alegre, 201
  • [4] JACQUES, Paola. O projeto como processo (Prefácio) in Projeto por cenários: O território em foco. Paulo Reyes. Porto Alegre: Ed Sulina, 2015.
  • [5] KUMAR, Vijay. 101 Design methods: A structured approach for driving innovation in your organization. New Jersey, US: Ed Wiley, 2013.
  • [6] MANZINI, Ezio. A laboratory of ideas: Diffuse creativity and new ways of doing in Creative Comunities. Anna Meroni. Italy: Ed PoliDesign, 2007.
  • [7] MERONI, Anna. Strategic design: where are we now? Reflection around the foundations of a recent discipline. Strategic Design Research Journal, v.1, n.1, Dec 1, p.31-38. 2008.
  • [8] REYES, Paulo. Projeto por cenários: O território em foco. Porto Alegre: Ed Sulina, 2015.
  • [9] ROSA, Mirela; FREIRE, Karine; BORBA, Gustavo. SOS Criativo: Kit para explorar, criar e testar idéias. Porto Alegre: Unisinos, 2013.
  • [10] VEDANA, Simone; PASLAUSKI, Carolline; ROOS, Erica; SCHIAVI, Cristiano. Comida em movimento: o significado simbólico dos eventos gastronômicos de rua e food trucks em Porto Alegre. XXXIX Encontro da ANPAD. Belo Horizonte MG, setembro de 2015.
  • [11] ZAMPOLLO, Francesca. Food and design: space, place and experience (Editorial). Hospitality & Society, v. 3, n. 3. Intellect Ltd Editorial, 2013.
  • [12] ZURLO, Francesco. Design Strategico. In: XXI Secolo, vol. IV, Gli spazi e le arti. Roma: Enciclopedia Treccani. 2010.
Como citar:

Gallina, Gabriel; Roda, Rui; "STREET FOOD: CENÁRIOS ENQUANTO INSTRUMENTO DIALÓGICO", p. 59-69 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0005

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações