Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

SOBRE APROPRIAÇÃO, MEDIAÇÃO, IDENTIDADE, PRAZER E INTERAÇÃO: CONSIDERAÇÕES TEÓRICAS SOBRE ERGONOMIA E DESIGN COMO MEDIADORES DA RELAÇÃO HOMEM X OBJETO - UM ESTUDO COM EMBALAGENS DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS

ABOUT APPROPRIATION, MEDIATION, IDENTITY, PLEASURE AND INTERACTION: THEORETICAL CONSIDERATIONS ON ERGONOMICS AND DESIGN AS MEDIATORS OF THE RELATIONSHIP MAN X OBJECT - A STUDY WITH PACKAGING OF FOOD PRODUCTS

TAVARES, Luciano César Cerveira Tavares; CAMPOS, Lívia Flávia de Albuquerque; DINIZ, Raimundo Lopes; CASTRO, Erika Veras;

Artigo Completo:

Percebe-se que o homem, enquanto usuário de produtos e artefatos que o cercam, tem sido mais observado (tanto no campo do design quanto da ergonomia), em seus aspectos emocionais e afetivos. Este artigo é de caráter teórico-descritivo, com objetivo de discutir e investigar as noções de apropriação, mediação, identidade, prazer e interação, apoiados nos estudos sobre Análise sensorial e de conforto, de Pereira (2004) e nos estudos relacionados sobre a Experiência amorosa entre pessoas e objetos, de Russo; Hekkert (2008), além evidenciar o papel da Ergonomia e do Design como campos de conhecimento que mediam a relação homem x objeto. A investigação também se deu no âmbito empírico, por meio de pesquisa de campo, realizada afim de confrontar os conceitos desenvolvidos neste estudo, com a relação de consumo entre o homem e os produtos alimentícios.

Artigo Completo:

It is noticed that the man, as user of products and artifacts that surround him, has been more observed (both in the field of design and ergonomics) in his emotional and affective aspects. This article is of a theoretical-descriptive nature, with the objective of discussing and investigating the notions of appropriation, mediation, identity, pleasure and interaction, supported by the studies on Sensory and Comfort Analysis, by Pereira (2004) Of Russo; Hekkert (2008), in addition to highlighting the role of Ergonomics and Design as fields of knowledge that mediate the relationship man vs. object. The research also occurred in the empirical field, through field research, carried out in order to confront the concepts developed in this study, with the relationship of consumption between man and food products.

Palavras-chave: Identidade, Apropriação, Mediação,

Palavras-chave: Identity, Ownership, Mediation,

DOI: 10.5151/16ergodesign-0103

Referências bibliográficas
  • [1] BONAPACE, L. Pleasure-based human factors and the SEQUAM: sensorial quality assessment method. Politecnico de Milão, 2000.
  • [2] CARDOSO, João Luís. Arqueologia do Concelho de Oeiras: do Paleolítico Inferior arcaico ao século XVIII. Câmara Municipal de Oeiras, 2011.
  • [3] CARDOSO, Rafael. Design para um mundo complexo. São Paulo: Cosacnaify, 2013
  • [4] DE MORAES, Dijon. Limites do design Studio Nobel, 1997.
  • [5] DEJOURS, Christophe. A loucura do trabalho. 1992.
  • [6] HEKKERT, Paul. Design aesthetics: principles of pleasure in design. Psychology science, v. 48, n. 2, p. 157, 200
  • [7] HESKETT, John. Design/John Heskett; revisão técnica Pedro Fiori Fernandes. São Paulo: Ática, 2008.
  • [8] HIRATSUKA, Tei Peixoto. Contribuições da ergonomia e do design na concepção de interfaces multimídia. 1996. Tese de Doutorado. Universidade Federal de Santa Catarina.
  • [9] IIDA, Itiro. Ergonomia. Projeto e produção. São Paulo: Edgard Blücher, 1997.
  • [10] JORDAN, Patrick W. Designing pleasurable products: An introduction to the new human factors. CRC press, 2002.
  • [11] MONT'ALVÃO, Claudia; DAMAZIO, Vera (Ed.). Design ergonomia emoção. Mauad Editora Ltda, 2008.
  • [12] MORAES, Dijon de, and Lia KRUCKEN. "Design e Transversalidade. BH." Cadernos de Estudos Avançados em Design, Caderno 2, v. 12 , 2016.
  • [13] MORAES, Dijon de, and Sergio P., MARTÍNEZ. "Design e Cultura. BH." Cadernos de Estudos Avançados em Design, v.11 , 2016.
  • [14] MORAES, Anamaria. Ergonomia: a Humanização do Trabalho, da Tecnologia, das Organizações, da Engenharia e do Design. In: Anais do Congresso Brasileiro de Engenharia de Produção. João Pessoa. 1994.
  • [15] NIELSEN, J., Usabilidade na web: projetando websites com qualidade . Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.
  • [16] PASCHOARELLI, Luis Carlos. A Pré-história do Design e da Ergonomia.
  • [17] PEREIRA, A. et al. Análise sensorial e de conforto como referência para a certificação e a valorização do produto. In: 13 Congresso Brasileiro de Ergonomia, ABERGO, Fortaleza. 2004.
  • [18] RUSSO, Beatriz; HEKKERT, Paul. Sobre amar um produto: os princípios fundamentais. Design, ergonomia e emoção. Rio de Janeiro: Mauad X: FAPERJ, 2008
  • [19] SCOLARI, SÉRGIO HENRIQUE PRADO. "Design e emoção: um modelo de círculos de referências de emoções em produtos." São Paulo: Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (2008).
Como citar:

TAVARES, Luciano César Cerveira Tavares; CAMPOS, Lívia Flávia de Albuquerque; DINIZ, Raimundo Lopes; CASTRO, Erika Veras; "SOBRE APROPRIAÇÃO, MEDIAÇÃO, IDENTIDADE, PRAZER E INTERAÇÃO: CONSIDERAÇÕES TEÓRICAS SOBRE ERGONOMIA E DESIGN COMO MEDIADORES DA RELAÇÃO HOMEM X OBJETO - UM ESTUDO COM EMBALAGENS DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS", p. 1082-1093 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/16ergodesign-0103

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações