Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

SISTEMAS DE CORES TÁTEIS: ESTUDO COMPARATIVO DE SUAS VANTAGENS E LIMITAÇÕES PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

TACTILE COLOR SYSTEMS: COMPARATIVE STUDY OF ADVANTAGES AND LIMITATIONS FOR BLIND PEOPLE

Oliveira, Tainá Apoena Bueno de; Elton Moura Nickel, ; Cinelli, Milton José;

Artigo Completo:

O presente artigo buscou comparar sistemas de cores para pessoas com deficiência visual e demonstrar as vantagensou limitações de cada um. Foram analisados os sistemas Feelipa, Minardi, Vankrinkelveldt, Baklanov eAnczurowski. Todos os sistemas analisados apresentam características semelhantes, no entanto, Minardi se mostramais completo e de fácil aprendizagem.

Artigo Completo:

The present article sought to compare color systems for the visually impaired and to demonstrate the advantages orlimitations of each. The systems Feelipa, Minardi, Vankrinkelveldt, Baklanov and Anczurowski were analyzed. Allsystems analyzed have similar characteristics, however, Minardi is more complete and easy to learn.

Palavras-chave: Código tátil, Sistema de Cores, Deficiência Visual,

Palavras-chave: Tactile Code, Colors System, Blind People,

DOI: 10.5151/16ergodesign-0170

Referências bibliográficas
  • [1] ACESSIBILIDADE BRASIL. Instituto Benjamin Constant lança o programa MONET - gerador de gráficos táteis. Disponível em: . Acesso em 18 Nov. 2016.
  • [2] ACESSIBILIDADE BRASIL. Monet. Disponível em: . Acesso em 18 Nov. 2016.
  • [3] ANCZUROWSKI, E., inventor. Representation of Color for Blind Persons. US patente US 4650421. 1987 May. 17. Disponível em: . Acesso em: 18 Nov. 2016.
  • [4] BATISTA, C. G.. Formação de Conceitos em Crianças Cegas: Questões Teóricas e Implicações Educacionais. Psicologia: Teoria e Pesquisa Jan-Abr 2005, Vol. 21 n. 1, pp. 007-015. Disponível em . Acesso em 15 Nov. 2016.
  • [5] BAKLANOV, D., inventor. Tactile Relief Films, Decals and Stickers for Indicating Object Characteristics. US patente US 8672680 B2. 2014 Mar. 18. Disponível em: . Acesso em: 18 Nov. 2016.
  • [6] COOPER, H, L. A brief of Tactile Writing Systems for Readers with Blindness and Visual Impairments. Disponível em: . Acesso em 13 Nov. 201
  • [7] FRUTIGER, A. Sinais e Símbolos: Desenho, projeto e significado. 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 200
  • [8] GIBSON, J, J. The senses considered as perceptual systems. Oxford, England: Houghton Mifflin. 1966 . pp.
  • [9] GIBSON, J, J. Psychological Review: observations on active touch. Vol. 69, nº6. Cornell University, England. Nov. 1962. Disponível em: . Acesso em: 16 Nov. 2016.
  • [10] GOMES FILHO, J. Gestalt do objeto: sistema de leitura visual. 9ª ed. São Paulo: Escrituras Editora, 2009.
  • [11] IBC – Instituto Benjamin Constant. Disponível em: . Acesso em: 27 Jan. 2016.
  • [12] KEPES, G. Module, proportion, symmetry, rhythm. Nova York: George Brasiller, 1966.
  • [13] LAPLANE, A. L. F.; BATISTA, C. G. (2003). Um estudo das concepções de professores de ensino fundamental e médio sobre a aquisição de conceitos, aprendizagem e deficiência visual [Resumo]. Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial (Org.), Anais do I Congresso Brasileiro de Educação Especial, IX Ciclo de Estudos sobre Deficiência Mental, (pp. 14-15). São Carlos: UFSCar. Disponível em: . Acesso em 15 Nov. 2016.
  • [14] MCCALL, S.; MCLINDEN, M.. Accessing The National Literacy Strategy: The use of Moon with Children in the United Kingdom with a Visual Impairment and Additional Learning Difficulties. The British Journal of Visual Impairment, n.19, p. 7-16, 2001.
  • [15] MINARDI, M. J., inventor; Touch Books, Inc., cessionário. Tactile symbols for color recognition. US patente US 5286204 A. 1994 Fev. Disponível em: . Acesso em: 18 Nov. 2016.
  • [16] NOGUEIRA, F. S. A. P., inventor; Faculdade de Arquitectura, cessionário. Colour code for visually impaired people. WIPO patente WO 2013137757 A1. 2013 Set. 19. Disponível em: . Acesso em: 18 Nov. 20
  • [17] OCHAITA, E.; ROSA, A. Percepção, ação e conhecimento nas crianças cegas. Disponível em: . Acesso em 09 Nov. 2016.
  • [18] RNIB – Royal National Institute of Blind People. Disponível em: . Acesso em: 06 Nov. 2016.
  • [19] THOMAZI, P. T. A contribuição dos objetos de aprendizagem para o ensino da teoria da cor na educação a distância. Revista Intersaberes, vol. 9, n.17, p. 81-97, jan. – jun. 2014, ISSN 1809–7286. Disponível em: . Acesso em: 20 Nov. 2016.
  • [20] VANKRINKELVELDT, M., inventor; Hyper Tactile Colour Code ASBL, cessionário. Tactile symbols for colour recognition by blind or visually impaired persons. EP patente EP1318494 A1. 2003 Jun. 11. Disponível em: . Acesso em: 18 Nov. 2016.
Como citar:

Oliveira, Tainá Apoena Bueno de; Elton Moura Nickel, ; Cinelli, Milton José; "SISTEMAS DE CORES TÁTEIS: ESTUDO COMPARATIVO DE SUAS VANTAGENS E LIMITAÇÕES PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA", p. 1659-1670 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/16ergodesign-0170

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações