Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

She – Aplicativo Móvel Para Mulheres Obterem Informações E Ajuda sobre Abusos

She – Mobile App for women find information and help about Sexual Harassment.

Andrade, Amanda Carolina Moreira de;

Artigo:

No Brasil, uma mulher é estuprada a cada 11 minutos (IPEA - INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA, 2014), número que representa apenas os casos denunciados, somando 10% dos casos totais estimados. Em frente a essa estatística, surge a necessidade de uma maneira mais prática e rápida para essas vítimas buscarem ajuda, e se informarem em casos de necessidade. Como maneira de facilitar o encontro de informações e recursos sobre o assunto, foi definido a criação de um aplicativo móvel. A viabilidade e usabilidade do projeto foi definida baseando-se nos dados de que pela primeira vez, em 2014 o número de usuários acessando a internet no Brasil por celulares superou o de computadores (IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, 2014), e de que o número de mulheres, entre 10 à 39 anos, usuárias de telefonia móvel superou o número de usuários homens (IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, 2011). Baseado nos conceitos apresentados por Munari (MUNARI, 1998), este trabalho foi realizado para entender como o problema seria resolvido da melhor maneira, e seguindo a metodologia de Garret (GARRET, 2011), foi possível entender como o design e usabilidade podem facilitar a pesquisa de informações dentro de um aplicativo móvel, resultando então, a partir do uso de técnicas e pesquisas sobre Experiência do Usuário e Interface, um aplicativo voltado para o público-alvo.

Artigo:

In Brazil, a woman is raped every 11 minutes (IPEA - INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA, 2014), which represents only the reported cases, accounting for 10% of the estimated total cases. Faced with this statistic, the need arises for a more practical and quick way for these victims to seek help and inform themselves in cases of need. As a way to facilitate the collection of information and resources on the subject, the creation of a mobile application was defined. The feasibility and usability of the project were defined based on data that for the first time, in 2014, the number of users accessing the Internet in Brazil by mobile phones exceeded the number of computers (IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, 2014) and that the number of women between 10 and 39 years of age, mobile users, exceeded the number of male users (IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, 2011). Based on the concepts presented by Munari (MUNARI, 1998), this work was carried out to understand how the problem would be solved in the best way, and following the methodology of Garret (GARRET, 2011), it was possible to understand how the design and usability can facilitate the search of information inside a mobile application, resulting in the use of research techniques of user experience and interface, an application aimed at the target audience.

Palavras-chave: Abuso Feminino; Aplicativo; Experiência do Usuário,

Palavras-chave: Female abuse; App; User Xperience,

DOI: 10.5151/ped2018-7.3_ACO_27

Referências bibliográficas
  • [1] -
Como citar:

Andrade, Amanda Carolina Moreira de; "She – Aplicativo Móvel Para Mulheres Obterem Informações E Ajuda sobre Abusos", p. 5752-5766 . In: Anais do 13º Congresso Pesquisa e Desenvolvimento em Design (2018). São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/ped2018-7.3_ACO_27

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações