Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

Segurança do Paciente na assistência à saúde

Aires, Reila Silva Pereira; Fernandes, Ednólia Gomes Varjão; Alves, Michelly de Melo; Gomides, Mabel Duarte Alves; Silveira, Amanda Oliveira Soares Monteiro; Sadoyama, Geraldo;

Artigo Completo:

O Institute of Medicine (IOM) publicou o relatório “Errar é Humano” (To Err is Human: Building a Safer Health System) que estimou que 44.000 a 98.000 americanos morrem anualmente devido a erros no cuidado à saúde, sendo 7.000 destes relacionados a erros com medicação. Esse elevado número despertou a questão da segurança do paciente. O conceito de Segurança do Paciente diz respeito a como o uso de melhores práticas podem reduzir os atos inseguros no processo de assistência à saúde. O paciente grave está mais suscetível ao erro e devido a tantos equipamentos e tecnologias diagnósticas e terapêuticas na UTI e do maior número de profissionais que estão envolvidos na assistência ao mesmo. A Portaria GM/MS nº 1.377 (de 9 de julho de 2013) e a Portaria nº 2.095 (de 24 de setembro de 2013) aprovam os protocolos básicos de segurança do paciente: (a) identificação do paciente; (b) prevenção de úlceras por pressão; (c) prevenção de quedas; (d) higienizaçãos das mãos; (e) cirurgia segura; (f) uso e segurança na administração de medicamentos. O processo da prescrição médica deve estar padronizado e escrito (procedimento operacional padrão), atualizado e divulgado, além de os medicamentos serem dispensados apenas após serem revisados pelo farmacêutico. Caso haja algum erro de prescrição, este deve ser notificado ao Núcleo de Segurança do Paciente.

Artigo Completo:

Palavras-chave: segurança do paciente; indicadores de saúde; erros na prescrição médica,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/sma2016-018

Referências bibliográficas
  • [1] Mendes W, Pavão ALB, Martins M, Moura MLO, Travassos C. Características de eventos adversos evitáveis em hospitais do Rio de Janeiro. Rev Assoc Med Bras, 2013.
  • [2] MINISTÉRIO DA SAÚDE. Segurança do Paciente. 2016. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/oministerio/principal/secretarias/sas/dahu/seg uranca-do-paciente. Acesso disponível em 22/08/2016 às 13:00.
  • [3] MINISTÉRIO DA SAÚDE E ANVISA EM PARCERIA COM FIOCRUZ E FHEMIG. Protocolo de Segurança na Prescrição, uso e administração de medicamentos. 09/07/201 Disponível em: www.20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/index.php/publicacoes/item/seguranca-na- prescricao-uso-e-administracao-de-medicamentos. Acesso em 05/09/2016.
  • [4] Gouvêa CSD, Travassos C. Indicadores de segurança do paciente para hospitais de pacientes agudos: revisão sistemática. CAD Saúde Pública. 2010; 26 (6): 1061 – 1078.
  • [5] Carvalho KEFL, Cassiani SHB. Cross-cultural adaptation of the Safety Attitudes Questionnaire – Short Form for Brazil. Rev. Latino-Am. Enfermagem 2012; 20(3):575- 82.
  • [6] Cohen MR. Medication errors.Washington, AmPharm Assoc. 2006; 680 p.
  • [7] Boletim Informativo Segurança do Paciente e Qualidade em Serviços de Saúde [Internet]. [Brasília (DF)]: Agência Nacional de Vigilância Sanitária; Vol. 1, n°. 1 jan- jul, 2011 [acessado 13 de junho de 2016]. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/hotsite/segurancadopaciente/publicacoes.html)
Como citar:

Aires, Reila Silva Pereira; Fernandes, Ednólia Gomes Varjão; Alves, Michelly de Melo; Gomides, Mabel Duarte Alves; Silveira, Amanda Oliveira Soares Monteiro; Sadoyama, Geraldo; "Segurança do Paciente na assistência à saúde", p. 198-204 . In: Anais do Simpósio de Metodologias Ativas: Inovações para o ensino e aprendizagem na educação básica e superior [= Blucher Education Proceedings, v. 2, n. 1]. São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-695X, DOI 10.5151/sma2016-018

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações