Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

REVISÃO SISTEMÁTICA SOBRE OS FATORES QUE INFLUENCIAM A CRIATIVIDADE EM AMBIENTES EMPRESARIAIS

REVISÃO SISTEMÁTICA SOBRE OS FATORES QUE INFLUENCIAM A CRIATIVIDADE EM AMBIENTES EMPRESARIAIS

Zocche, Lidiana; Paula, Istefani Carísio de; Martins, Vera Lúcia Milani; Lermen, Fernando Henrique;

Artigo:

Cresce o número de pesquisas que descreve a importância da criatividade para a inovação, mas nem sempre tais estudos exploram as implicações destes achados sobre a prática organizacional. O objetivo deste artigo foi identificar, em pesquisas empíricas realizadas em empresas, evidências sobre os fatores que têm influenciado a criatividade em ambientes empresariais. Para tanto foi realizada uma revisão sistemática da literatura (RSL) visando responder: (i) quais fatores que afetam a criatividade e que foram investigados em seus múltiplos níveis? (ii) quais medidas de criatividade foram mais usadas?. Tendo como base a análise de conteúdo proposto de Myers (2009), foram empregados e os níveis de categorização sugeridos por Kunrath e Paula (2014) e Anderson, Potocnik, Zhou (2014). Utilizou-se na RSL o protocolo PRISMA (Higgins e fGreen, 2011) e 167 artigos provenientes de 4 bases de dados. Os resultados indicaram a predominância dos fatores: estilos de liderança e formação de grupos (nível de grupo); motivação (nível do indivíduo) e clima e estrutura organizacional (nível organizacional). Nas análises multinível, a associação entre as ferramentas de consulta do software NVivo® e Design Structure Matrix (DSM) permitiu verificar que variáveis dos níveis individuo, grupo e organizacional estudadas concomitantemente predominaram. Nas medidas de criatividade houve uma predominância de abordagem “pessoal” e do “ambiente organizacional”.

Artigo:

Cresce o número de pesquisas que descreve a importância da criatividade para a inovação, mas nem sempre tais estudos exploram as implicações destes achados sobre a prática organizacional. O objetivo deste artigo foi identificar, em pesquisas empíricas realizadas em empresas, evidências sobre os fatores que têm influenciado a criatividade em ambientes empresariais. Para tanto foi realizada uma revisão sistemática da literatura (RSL) visando responder: (i) quais fatores que afetam a criatividade e que foram investigados em seus múltiplos níveis? (ii) quais medidas de criatividade foram mais usadas?. Tendo como base a análise de conteúdo proposto de Myers (2009), foram empregados e os níveis de categorização sugeridos por Kunrath e Paula (2014) e Anderson, Potocnik, Zhou (2014). Utilizou-se na RSL o protocolo PRISMA (Higgins e fGreen, 2011) e 167 artigos provenientes de 4 bases de dados. Os resultados indicaram a predominância dos fatores: estilos de liderança e formação de grupos (nível de grupo); motivação (nível do indivíduo) e clima e estrutura organizacional (nível organizacional). Nas análises multinível, a associação entre as ferramentas de consulta do software NVivo® e Design Structure Matrix (DSM) permitiu verificar que variáveis dos níveis individuo, grupo e organizacional estudadas concomitantemente predominaram. Nas medidas de criatividade houve uma predominância de abordagem “pessoal” e do “ambiente organizacional”.

Palavras-chave: criatividade, individual, grupo, organizacional, fatores, ambiente industrial,

Palavras-chave: criatividade, individual, grupo, organizacional, fatores, ambiente industrial,

DOI: 10.5151/cbgdp2021-3063

Referências bibliográficas
  • [1] .
Como citar:

Zocche, Lidiana; Paula, Istefani Carísio de; Martins, Vera Lúcia Milani; Lermen, Fernando Henrique; "REVISÃO SISTEMÁTICA SOBRE OS FATORES QUE INFLUENCIAM A CRIATIVIDADE EM AMBIENTES EMPRESARIAIS", p. 564-581 . In: Anais do 13º Congresso Brasileiro de Inovação e Gestão de Desenvolvimento do Produto. São Paulo: Blucher, 2021.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/cbgdp2021-3063

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações