Setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

RENDIMENTO E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DO ÓLEO ESSENCIAL DE Piper divaricatum EM FUNÇÃO DA GRANULOMETRIA E MÉTODO DE EXTRAÇÃO

SOUSA, E. M.; ANJOS, T. O.; PINHEIRO, R. O.; CASCAES, M. M.; NASCIMENTO, L. D.; ANDRADE, E. H. A.;

Pôster:

Piper divaricatum é uma planta aromática nativa do Brasil, fornecedora deóleo essencial com diversas aplicações descritas na literatura. O objetivo destetrabalho foi avaliar a influência da granulometria e do método de extração norendimento e composição química do óleo essencial obtido das folhas dessa espécie. Asfolhas foram separadas em duas frações denominadas média (1,11mm ± 0,01) e grossa(3,08mm ± 0,01) e então seus óleos essenciais foram obtidos por arraste a vapor ehidrodestilação. A composição química foi determinada por CG/MS em sistemaShimadzu QP-2010 Plus. Os resultados mostraram que, para ambas as fraçõesgranulométricas, os melhores rendimentos foram alcançados por meio da técnica dearraste a vapor. Metileugenol foi o componente majoritário para todas as condiçõesavaliadas e seus maiores teores foram quantificados na fração grossa (60,17%), pormeio da destilação por arraste a vapor. 

Pôster:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0869

Referências bibliográficas
  • [1] ADAMS RP, Identification of essential oil components by gas chromatography/mass spectrometry, Allured Publishing Corp,, Carol Stream, 2007. BARBOSA QPS, et al. Chemical composition, circadian rhythm and antibacterial activity of essential oils of Piper divaricatum: a new source of safrole. Quím. Nova, v. 35, p. 228-230, 2012. CHEN G, MUJUMDAR AS. Drying of herbal medicines and tea. In: Mujumdar, A.S. (Ed.), Handbook of Industrial Drying. CRC Press, Boca Raton, FL, pp. 637–646, 2015. CRAVEIRO AA, QUEIROZ, DC. Óleos essenciais e química fina, Quím.Nova, v,16, p. 224- 228, 1993. DOBIÁS P., et al. Comparison of pressurised fluid and ultrasonic extraction methods for analysis of plant antioxidants and their antioxidant capacity, Springer, Cent, Eur,J,Chem, p, 87-95, 2010. FLORA DO BRASIL. Piperaceae in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: . Acesso em: 20 Mar. 2018 GIL-CHÁVEZ J.G., et al. Technologies for extraction and production of bioactive compounds to be used as nutraceuticals and food ingredients: an overview, Compr, Rev, Food Sci, Food Saf, v, 12, p, 5-23, 2013. MEIRELES E.N. Influência dos metabólitos secundários de Piper divaricatum da região Amazônica no controle do Fusarium solani f. sp. Piperis. causador da fusariose em pimenta do reino. Belém, 2014. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) – Universidade Federal do Pará. SANTOS, A.S.; ALVES, S.M.; FIGUEIRÊDO, F.J.C.; ROCHA NETO, O.G. Descrição de sistema e de métodos de extração de óleos essenciais e determinação de umidade de biomassa em laboratório. Comunicado Técnico - Embrapa, p. 1- 6. 2004. SILVA J.A., et al. Atividade antioxidante de Piper arboreum, Piper dilatatum e Piper divaricatum. Rev. Bras. Pl. Med. v. 16, p. 700-706, 2014. SILVA J.K.R., et al. Essential Oil Composition, Antioxidant Capacity and Antifungal Activity of Piper divaricatum. Nat. Prod. Communic. v. 5, p. 477-480, 2010.
Como citar:

SOUSA, E. M.; ANJOS, T. O.; PINHEIRO, R. O.; CASCAES, M. M.; NASCIMENTO, L. D.; ANDRADE, E. H. A.; "RENDIMENTO E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DO ÓLEO ESSENCIAL DE Piper divaricatum EM FUNÇÃO DA GRANULOMETRIA E MÉTODO DE EXTRAÇÃO", p. 3290-3293 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0869

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações