Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Reflexões sócio-históricas sobre a cultura do design: do final do século XVIII ao início da Bauhaus

Socio-historical reflections on the culture of design: from the end of the XVIII century to the beginning of the Bauhaus

BELCHIOR, Camilo; REZENDE, Edson José Carpintero;

Artigo:

A relação do homem com os objetos de consumo é mais do que uma relação de posse. Em algumassituações, características diferenciais de qualidade, estética e técnica dos produtos ficam emsegundo plano e as experiências e sensações que eles produzem tornam-se centrais. Em certasocasiões, o designer é mais que um criador de produtos, torna-se um materializador de ideias, poisatravés da linguagem de sua criação, pode criar e traduzir conceitos, que ultrapassam o valormonetário dos objetos, gerando um valor simbólico, ou seja, algo que faça sentido para as pessoas.Neste contexto, estes conceitos, signos da ideação humana, são designados pela sociedade aosartefatos, que acompanham o dia a dia das pessoas, registrando na memória social os indícios deuma cultura. A proposta deste artigo é refletir sobre a formação de uma cultura específica do design,através dos registros que os sistemas sígnicos dos artefatos propiciam.

Artigo:

The relation of man to objects of consumption is more than a relation of possession. In certainsituations, the quality, aesthetic and technical differential of products is left behind and the mostimportant is the experiences and sensations they produce. At times, the designer is more than acreator of products, he is also a materializer of desires, because through his language of creation,he can implant concepts, that surpass the monetary value of the objects, generating a sign value,something that makes sense for people. In this context, these concepts, signs of human ideation, aredesignated by society to the artifacts, which accompany the day to day of the people, recordingthese memories. The proposal of this article, part of a research of doctoral thesis is to reflect on theformation of a specific culture of the design, through the registries that the sign systems of theartifacts propitiates.

Palavras-chave: Design; Cultura; Artefato,

Palavras-chave: Design; Culture; Artifact,

DOI: 10.5151/ped2018-4.2_ACO_57

Referências bibliográficas
  • [1] -
Como citar:

BELCHIOR, Camilo; REZENDE, Edson José Carpintero; "Reflexões sócio-históricas sobre a cultura do design: do final do século XVIII ao início da Bauhaus", p. 3613-3625 . In: Anais do 13º Congresso Pesquisa e Desenvolvimento em Design (2018). São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/ped2018-4.2_ACO_57

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações