setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

PROPRIEDADES MICROESTRUTURAIS E ANTIBACTERIANAS DE HIDROGÉIS DE GELATINA CONTENDO ÁCIDOS LÁTICO E ACÉTICO

MOREIRA, T. F. M; SANTOS, A. R; SILVA, T. B. V; OLIVEIRA, A; GONÇALVES, O. H; LEIMANN, F. V;

Pôster:

Neste trabalho foram produzidos hidrogéis de gelatina reticuladosenzimaticamente (transglutaminase), sendo após a síntese adicionados ácidos orgânicos(ácidos acético e lático: GRL1 = 12,5 μl mL-1ácido lático; GRL6 = 75 μl mL-1ácidolático; GRA1 = 0,78 μl mL-1ácido acético; GRA6 = 4,68 μl mL-1ácido acético; GRLA1= 6,25 μl mL-1ácido lático + 1,25 μl mL-1ácido acético; GRLA6 = 37,5 μl mL-1ácidolático + 7,5 μl mL-1ácido acético) com objetivo de conferir a estes propriedadesantimicrobianas. Os hidrogéis produzidos foram analisados quanto as suascaracteristicas microestuturais (Microscopia Eletrônica de Varredura, MEV) equantosua atividade antibacteriana (método do frasco de agitação modificado). Foi possívelverificar modificações microestruturais nos hidrogéis em função do tipo de ácidoaplicado, sendo evidente uma maior espessura da parede dos poros e maior diâmetrodestes quando ácido lático foi utilizado. Quanto à ação antibacteriana, os hidrogéiscontendo quantidades as mais elevadas de ácidos (GRA6, GRL6 e GRLA6)demonstraram manter a atividade antibacteriana dos ácidos por até 24 h, enquanto queos hidrogéis com menores quantidades de ácido (GRA1, GRL1 e GRLA1) nãoapresentaram a mesma ação, possivelmente por haver interação e aprisionamento dessescompostos na matriz polimérica. Por fim, pôde-se concluir que os hidrogéis tiveram suaspropriedades modificadas ao serem adicionados os ácidos, porém, esta modificação nãoimpediu sua ação antibacteriana para as formulações com maior quantidade de ácidos

Pôster:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0179

Referências bibliográficas
  • [1] BOONKAEW B, SUWANPREUKSA P, CUTTLE L, BARBER PM, SUPAPHOL P, Hydrogels containing silver nanoparticles for burn wounds show antimicrobial activity without cytoxicity. J. Appl. Polym. Sci., v. 40215, p. 1-10, 2014. DRAGAN ES, Design and applications of interpenetrating polymer network hydrogels. A review. Chem. Eng. J, v. 243, p. 572-590, 2014. KING EJ, The ionization constants of glycine and the effect of sodium chloride upon its second ionization. J. Amer. Chem. Soc., v. 1, n. 73, p. 155-159, 195 SIMONI RC, LEMES GF, FIALHO S., GONÇALVES OH, GOZZO AM, CHIARADIA V, SAYER C, SHIRAI MA, LEIMANN FV, Effect of drying method on mechanical, thermal and water absoption properties of enzymatically crosslinked gelatin hydrogels. An. Acad. Bras. Cienc., v. 89, n. 2, p. 1-11, 2017. ULLAH F, BISYRUL M, JAVED F, AKIL H, Classification, processing and application of hydrogels: A review, Mat. Scien. and Eng. C, v. 57, p. 414-433, 2015.
Como citar:

MOREIRA, T. F. M; SANTOS, A. R; SILVA, T. B. V; OLIVEIRA, A; GONÇALVES, O. H; LEIMANN, F. V; "PROPRIEDADES MICROESTRUTURAIS E ANTIBACTERIANAS DE HIDROGÉIS DE GELATINA CONTENDO ÁCIDOS LÁTICO E ACÉTICO", p. 650-653 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0179

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações