Artigo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

PROPOSIÇÃO DE UM INSTRUMENTO PARA DIAGNÓSTICO DO ESCOPO DE ATUAÇÃO DE ESCRITÓRIOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS

PROPOSIÇÃO DE UM INSTRUMENTO PARA DIAGNÓSTICO DO ESCOPO DE ATUAÇÃO DE ESCRITÓRIOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS

Almeida, João Pedro Paim de; Paula, Istefani Carísio de;

Artigo:

Inseridos em um ambiente altamente dinâmico e que exige, portanto, constante transformação, os Escritórios de Gerenciamento de Projetos (EGPs) necessitam de mecanismos que facilitem sua adaptação a esse contexto. O presente estudo tem por objetivo propor um modelo de diagnóstico do escopo de atuação de EGPs e, desta forma, fazer com que estes escritórios se mantenham enxutos e alinhados às estratégias das organizações às quais pertencem. Essa pesquisa pode ser definida como aplicada, de caráter exploratório e de abordagem qualitativa. Como abordagem metodológica, foi escolhida a Design Science Research (DSR), um método orientado à solução de problemas práticos. Especificamente para a consecução do modelo, foram selecionados 15 estudos que tipificaram EGPs em função de suas características e atribuições. Em seguida, essas características e atribuições foram agrupadas por similaridade e para cada grupo foram confeccionadas uma questão e suas respectivas opções de respostas. O resultado foi um instrumento de análise que, quando aplicado à equipe do EGP analisado, permitiu a visualização de seu escopo de atuação e suas principais características. Com relação ao resultado do trabalho, pode-se dizer que o instrumento construído promove, em última instância, objetividade e praticidade na execução do diagnóstico do escopo de atuação de EGPs.

Artigo:

Inseridos em um ambiente altamente dinâmico e que exige, portanto, constante transformação, os Escritórios de Gerenciamento de Projetos (EGPs) necessitam de mecanismos que facilitem sua adaptação a esse contexto. O presente estudo tem por objetivo propor um modelo de diagnóstico do escopo de atuação de EGPs e, desta forma, fazer com que estes escritórios se mantenham enxutos e alinhados às estratégias das organizações às quais pertencem. Essa pesquisa pode ser definida como aplicada, de caráter exploratório e de abordagem qualitativa. Como abordagem metodológica, foi escolhida a Design Science Research (DSR), um método orientado à solução de problemas práticos. Especificamente para a consecução do modelo, foram selecionados 15 estudos que tipificaram EGPs em função de suas características e atribuições. Em seguida, essas características e atribuições foram agrupadas por similaridade e para cada grupo foram confeccionadas uma questão e suas respectivas opções de respostas. O resultado foi um instrumento de análise que, quando aplicado à equipe do EGP analisado, permitiu a visualização de seu escopo de atuação e suas principais características. Com relação ao resultado do trabalho, pode-se dizer que o instrumento construído promove, em última instância, objetividade e praticidade na execução do diagnóstico do escopo de atuação de EGPs.

Palavras-chave: Escritórios de gerenciamento de projetos; Escopo de atuação dos escritórios de projetos; Diagnóstico de EGPs,

Palavras-chave: Escritórios de gerenciamento de projetos; Escopo de atuação dos escritórios de projetos; Diagnóstico de EGPs,

DOI: 10.5151/cbgdp2021-3052

Referências bibliográficas
  • [1] .
Como citar:

Almeida, João Pedro Paim de; Paula, Istefani Carísio de; "PROPOSIÇÃO DE UM INSTRUMENTO PARA DIAGNÓSTICO DO ESCOPO DE ATUAÇÃO DE ESCRITÓRIOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS", p. 491-504 . In: Anais do 13º Congresso Brasileiro de Inovação e Gestão de Desenvolvimento do Produto. São Paulo: Blucher, 2021.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/cbgdp2021-3052

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações