Artigo completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

Projetos de design como projetos políticos: um estudo de caso das revistas Serrote e ZUM

Design projects as political projects: a case study of the magazines Serrote and ZUM

Sarinho, Rafaela; Nojima, Vera;

Artigo completo:

O objetivo deste trabalho é compreender a imagem pública do Instituto Moreira Salles (IMS), a partir da análise das práticas editoriais das revistas Serrote e ZUM, revelando como a materialização de projetos editoriais podem expor o projeto institucional que lhes dá sustentação. O Instituto Moreira Salles é uma organização cultural sem fins lucrativos, que consiste na organização de acervos históricos, na constituição de projetos editorias e de outras atividades ligadas à preservação da memória brasileira. Como objetos submetidos às regras do mercado de bens simbólicos, as revistas, editadas pelo Instituto Moreira Salles (IMS), configuram-se a partir de dinâmicas que fogem à simples lógica econômica, cumprindo um papel simbólico. É possível afirmar que as dinâmicas em torno dos projetos das revistas possibilitam compreender alguns dos aspectos simbólicos presentes no posicionamento público do Instituto Moreira Salles. Os resultados demonstram que a Serrote e a ZUM podem ser compreendidas como uma estratégia do IMS para alcançar uma imagem pública mais acessível, diferente daquela que estabeleceu ao focar na preservação de acervos. Ao fomentar debates contemporâneos, desvencilhando-se dos assuntos históricos que normalmente costumam permear os setores institucionais estabelecidos em seus espaços físicos, as revistas auxiliam o IMS a deslocar-se na estrutura social e configurar uma nova reputação no campo da cultura e do debate público nacional.

Artigo completo:

The objective of this work is to understand the public image of Instituto Moreira Salles (IMS) based on the analysis of the publishing practices of the magazines Serrote and ZUM, revealing how the materialization of editorial projects can expose the institutional project that sustains them. Instituto Moreira Salles is a non-profit cultural organization that organizes historical collections and other activities related to the preservation of Brazilian memory. As objects subject to the rules of the symbolic goods market, the magazines, edited by Instituto Moreira Salles (IMS), are based on dynamics that escape the simple economic logic, fulfilling a symbolic role. It is possible to affirm that the dynamics around the projects of the magazines make possible to understand some of the symbolic aspects present in the public positioning of the Moreira Salles Institute. The results demonstrate that Serrote and ZUM can be understood as an IMS strategy to achieve a more accessible public image, different from that established when dealing with the preservation of collections. By promoting contemporary debates, breaking with the historical issues that often permeate the institutional sectors established in their physical spaces, journals help the IMS move within the social structure and establish a new reputation in the field of culture and national public debate.

Palavras-chave: Capital simbólico, edição, projeto editorial de revistas,

Palavras-chave: Symbolic capital, edition, editorial projetcs of magazines,

DOI: 10.5151/9cidi-congic-3.0073

Referências bibliográficas
  • [1] Bourdieu, Pierre. (1983). A Economia dos Bens Simbólicos. In: Sociologia. Organizador: Renato Ortiz. São Paulo: Ática.
  • [2] Bourdieu, Pierre. (1989). Une révolution conservatrice dans l´édition. Actes de la recherché en science socieales.
  • [3] Bourdieu, Pierre. (1986). As regras da Artes. São Paulo: Companhia das letras.
  • [4] Sapiro, Gisele. (2011/2012). El espacio intelectual en Europa entre los siglos XIX y XXI. Políticas de la Memória (Argentina), no 10/11/12, pp.57-66.
  • [5] Silva, Leonardo Nóbrega da. (2014). Projeto gráfico como projeto editorial: um estudo de caso da editora Cosac Naify. Dissertação – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Filosofia e Ciências Sociais. Curso de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia.
  • [6] Thompson, John B. (2013). Mercadores de cultura: o mercado editorial do século XXI. São Paulo: Editora UNESP.
Como citar:

Sarinho, Rafaela; Nojima, Vera; "Projetos de design como projetos políticos: um estudo de caso das revistas Serrote e ZUM", p. 1250-1260 . In: Anais do 9º CIDI | Congresso Internacional de Design da Informação, edição 2019 e do 9º CONGIC | Congresso Nacional de Iniciação Científica em Design da Informação. São Paulo: Blucher, 2019.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/9cidi-congic-3.0073

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações