Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

PROJETO DE PRODUTO DE ALTA COMPLEXIDADE TECNOLÓGICA: DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE CAMA HOSPITALAR

Brito, Gil Fernandes; Barral, Frank; Gomes, Luiz Vidal;

Artigo Completo:

O objetivo deste artigo é mostrar como um grande número de variáveis, distribuídas por amplo espectro de conhecimentos, pode vir a ser encarado pelos profissionais do design industrial envolvidos no desenvolvimento de um produto de Alta Complexidade Tecnológica (ACT): uma cama hospitalar eletromecânica. Inicialmente o processo se utilizou de pesquisa de caráter exploratório realizada na internet e de visitas a feiras de equipamentos médico hospitalares. A partir dessa análise preliminar, observou-se que o processo criativo que iria gerar o produto final era claramente diverso daquele seguido pelos caminhos da criação de produtos mais simples. Esse projeto recebeu insumos de diferentes fontes como a engenharia, a ergonomia, e também dos profissionais da área médica, levando em consideração fatores econômicos, sociais e psicológicos, tudo coordenado por um plano de trabalho detalhado em fases e de técnicas de gerenciamento. Fatores como a estrita necessidade da observação de normas técnicas que regem a certificação de produtos hospitalares e uma preocupação com o custo e a durabilidade do produto, aumentaram a complexidade da tarefa de se conceber semelhante equipamento. Isto tudo ficou a cargo de uma equipe profissional multidisciplinar fixa, mas que muitas vezes no transcorrer do projeto necessitou de interagir com outros profissionais que foram temporariamente agregados a ela. O projeto resultante combinou a necessidade de inovação com um trabalho de gestão atenta e equilibrada de inúmeros fatores muito diversos entre si que moldaram a configuração final. Dúvidas e impasses surgidos durante o desenvolvimento foram superados por meio de reuniões técnicas e a realização de testes funcionais com modelos e mocapes. Concluiu-se que um produto de Alta Complexidade Tecnológica (ACT) como uma cama hospitalar eletromecânica não pode ser concebido por meio de rasgos instantâneos ou dramáticos de imaginação, mas se configura, sim, como resultado de um trabalho progressivo, metódico, coletivo e integrado.

Artigo Completo:

Palavras-chave: design e método; design de produto industrial; alta complexidade tecnológica; atuação do designer industrial.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/despro-ped2016-0112

Referências bibliográficas
  • [1] ARCHER, Bruce. Systematic Methods for Designers. London: Council of Industrial Design, 1965.
  • [2] ASIMOW, Morris. Introduction to Design. Englewood Cliffs: Prentice-Hall, 196
  • [3] BARROSO NETO, Eduardo (Org.). Desenho Industrial: Desenvolvimento de Produtos. Brasília: Coord. Editorial CNPq, 1982.
  • [4] BAXTER, Mike. Projeto de Produto. São Paulo: Edgard Blucher, 1998.
  • [5] BOMFIM, Gustavo Amarante. Desenho Industrial: proposta para reformulação de currículo mínimo. 1978. 133f. Tese (Mestrado, MSc) apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
  • [6] BOMFIM, Gustavo Amarante et al. Fundamentos de uma Metodologia para Desenvolvimento de Produto. 1977. 105f. Trabalho de pesquisa no campo da metodologia para desenvolvimento de projetos. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
  • [7] BOMFIM, Gustavo Amarante. Metodologia para Desenvolvimento de Projetos. Campina Grande: Ed. UFPB, 1995.
  • [8] BONSIEPE, Gui. Diseño Industrial: Artefacto y Proyecto. Madrid: Alberto Corazon, 1975.
  • [9] BONSIEPE, Gui. Teoría y Práctica del Diseño Industrial. Barcelona: Gustavo Gili, 1978.
  • [10] BONSIEPE et al. Metodologia Experimental: Desenho Industrial. Brasília: Coord. Editorial CNPq, 1984.
  • [11] BONSIEPE, Gui. Desenvolvimento pelo Design. In PATROCÍNIO, G.; NUNES, J. M. (Org.). Design e Desenvolvimento 40 Anos Depois. São Paulo: Blucher, 2015 (p.229-250).
  • [12] BÜRDEK, Bernhard. Diseño: história, teoria y práctica del diseño industrial. Barcelona: Gustavo Gili, 1994.
  • [13] CLELAND, David I.; IRELAND, Lewis R. Gerenciamento de Projetos. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso, 2002
  • [14] CROSS, Nigel (Ed.). Developments in Design Methodology. Chichester: John Wiley& Sons, 1984.
  • [15] DORFLES, Gillo. Il Disegno Industriale e la sua Estetica. Milano: Cappelli, 1963.
  • [16] DREYFUSS, Henry. Designing for People. 1st edition, 1955. New York: Allworth, 2003.
  • [17] DUBBERLY, Hugh. How do You Design? San Francisco: Dubberly Design Office, 2004. < http://www.dubberly.com/articles/how-do-you-design.html>. Acesso 25 maio 2016.
  • [18] FERREIRA, Manoel Francisco. O Desenho Industrial: sua importância para a arte decorativa. 1967. 38f. Tese de Concurso (Docente Livre) da Cadeira de Arte Decorativa da Escola de Belas-Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
  • [19] FIELL, Charlotte; FIELL, Peter. Design Handbook: concepts, materials, styles. Köln: taschen, 2006.
  • [20] FRIEDMAN, Ken. Research Writing Workshop. Shanghai, China: College of Design and Innovation, May 2015. (From: Ken Friedman, To: [email protected] 26/05/2015 01:46 (GMT-03:00). Subject: Method, Methodology, Methodics)
  • [21] JONES, Christopher J. Design Methods. 2nd edition. New York: John Wiley& Sons, 1992.
  • [22] LOBACH, Bernd. Design Industrial: bases para a configuração de produtos industriais. São Paulo: Edgard Blucher, 2001.
  • [23] MONTENEGRO, Gildo Azevedo. O Desenho Técnico na Fabricação. 1964. 43f. Tese de Concurso (Livre Docência) para Cadeira de Desenho Técnico — Escola de Belas Artes da Universidade de Recife, Curso de Professorado de Desenho.
  • [24] REDIG, Joaquim. Sobre Desenho Industrial: desenho de produto, comunicação visual. 1 edição, 1977. Porto Alegre: Ed. UniRitter, 2005.
  • [25] RUSSEL, Bertrand. História do Pensamento Ocidental. São Paulo: Ediouro, 2001.
  • [26] SANTOS, Teresa; HORTA, Luís. A Cama Hospitalar para Adultos. Cadernos DGIES No6 Lisboa: Ministério da Saúde, dezembro de 2005, p.3
Como citar:

Brito, Gil Fernandes; Barral, Frank; Gomes, Luiz Vidal; "PROJETO DE PRODUTO DE ALTA COMPLEXIDADE TECNOLÓGICA: DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE CAMA HOSPITALAR", p. 1318-1330 . In: Anais do 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 9, n. 2]. São Paulo: Blucher, 2016.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/despro-ped2016-0112

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações