Setembro 2018 vol. 1 num. 5 - XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Pôster - Open Access.

Idioma principal

PRODUÇÃO DE CELULASES POR Trichoderma atroviride 102C1 E Penicillium sp. I7-05 EM MEIO MÍNIMO UTILIZANDO SUB-PRODUTOS DA AGRO-INDÚSTRIA

OLIVEIRA, M.U; CARDOSO, L. R; NASCIMENTO, R. P; , ;

Pôster:

Fungos filamentosos são microrganismos de grande relevância industrial capazes de secretar diversas enzimas como celulases, proteases, xilanases, etc. Dentre os principais gêneros de fungos filamentosos produtores de celulases, destacam-se Trichoderma, Aspergillus e Penicillium. Contudo o processo de produção dessas enzimas em escala industrial é um processo oneroso o que reflete no custo do produto final. Assim sendo, o presente trabalho objetivou avaliar a produção de celulases pelas linhagens Trichoderma atroviride 102C1 (mutante) e Penicillium sp. I7-05 (selvagem) em meio mínimo na presença de bagaço e palha de cana-de-açúcar in natura e farelo de trigo suplementado ou não com 0,3% (p/v) extrato de levedura. As linhagens foram crescidas em meio Agar malte e inoculadas na forma de “spot” (0,5 cm) nos frascos contendo o meio fermentativo e incubados a 28ºC por 3 e 6 dias. Após este período, os extratos foram utilizados para quantificar as atividades de CMCase (endoglucanase) e FPase (celulase total) através do ensaio de DNS. As maiores atividades de CMCase (443,1 U/L) e FPase (450,34 U/L) observadas pelo fungo T. atroviride 201C1 foram ao fim de 3 dias em farelo de trigo suplementado com extrato de levedura e 6 dias em bagaço de cana suplementado com extrato de levedura, respectivamente. Enquanto que para o fungo Penicillium sp. I7-05, os maiores valores de CMCase (535,8 U/L) e FPase (500,83 U/L) foram observados na presença de farelo de trigo suplementado com extrato de levedura ao fim de 3 dias e na presença de farelo de trigo ao fim de 6 dias, respectivamente. Os resultados obtidos demonstram o grande potencial dessas duas linhagens fúngicas em produzir celulases utilizando meio fermentativo mínimo, podendo ser uma alternativa para minimizar os custos do produto final.

Pôster:

Palavras-chave: Trichoderma,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/cobeq2018-PT.0938

Referências bibliográficas
  • [1] CASTELLANI, A., Viability of some pathogenic fungi in distilled water. J. Trop. Med. Hygiene, v.
  • [2] 42, p. 225-226, 1939.
  • [3] GHOSE, T.K., Measurement of cellulase activities. Pure Appl Chem., v. 59, p. 257-268, 1987.
  • [4] GOLDBECK R, RAMOS MM, PEREIRA GAG, MAUGERI-FILHO F, Cellulase production from a
  • [5] new strain Acremonium strictum isolated from the Brazilian Biome using different substrates Biores.
  • [6] Technol., v. 128, p. 797–803, 2013.
  • [7] HEATON L, OBARA B, GRAU V, JONES N, NAKAGAKI T, BODDY L, FRICKER MD, Analysis
  • [8] of fungal networks. Fungal Biol. Rev., v. 26, p. 12-29, 2012.
  • [9] MILLER L, Use of dinitrosalicylic acid reagentfor determination of reducing sugar. Anal. Chem., v. 31, p.
  • [10] 426-428, 1959.
  • [11] OLIVEIRA, M. M. Q., LIMA, A. L. G., BON, E.P.S., COELHO, R.R.R., NASCIMENTO, R. P.
  • [12] Production of thermophilic and acidophilic endoglucanases by mutant Trichoderma atroviride 102C1
  • [13] using agro-industrial by-products. African Journal of Biotechnology, v.15, p. 423-430, 2016.
Como citar:

OLIVEIRA, M.U; CARDOSO, L. R; NASCIMENTO, R. P; , ; "PRODUÇÃO DE CELULASES POR Trichoderma atroviride 102C1 E Penicillium sp. I7-05 EM MEIO MÍNIMO UTILIZANDO SUB-PRODUTOS DA AGRO-INDÚSTRIA", p. 3558-3561 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/cobeq2018-PT.0938

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações