Artigo - Open Access.

Idioma principal

Política salarial e desenvolvimentismo: uma análise dos impactos nos salários da indústria e no conflito distributivo

Ribeiro, Matheus Rissa Peroni; Sereno, Luiz Gustavo Fernandes;

Artigo:

O trabalho visa a investigaros desdobramentos dos recentes aumentos reais do salário mínimo nos custos daindústria brasileira a partir da divergência em torno do tema da literaturadesenvolvimentista. Busca mostrar que o crescimento real experimentado pelosalário mínimo não altera fundamentalmente a determinação do salário naindústria brasileira, assim como não é possível afirmar que causa aumento naparticipação dos salários industriais no lucro. Além de tudo, com o crescimentodo Valor Agregado da indústria e das taxas de lucros verificados, é plausívelsupor efeitos positivos para a intensificação industrial.

Artigo:

Palavras-chave: salário mínimo, salário industrial, desenvolvimentismo, conflito distributivo,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/enei2018-86

Referências bibliográficas
  • [1] BIELSCHOWSKY, R. (2012). Estratégia de desenvolvimento e as três frentes de expansão no Brasil: um desenho conceitual. Economia e Sociedade, v. 21, Número Especial, p. 729-747, dez. BRESSER-PEREIRA (2004). Novo-desenvolvimentismo. Folha de S. Paulo, 19 set. ________ (2007). Estado y mercado en el nuevo desarrollismo. Nueva Sociedad, n. 210, p. 110-125, Jul./Ago. 2007. ________ (2010). Macroeconomia estruturalista do desenvolvimento. Revista de Economia Política, v. 30, n. 4: 663-686. ________ (2016). Reflexões sobre o Novo Desenvolvimentismo e o Desenvolvimentismo Clássico. Revista de Economia Política, vol. 36, n 2, p. 237-265. DIEESE (2018). Política de valorização do Salário Mínimo. Nota técnica, n. 188. Dísponivel em < https://www.dieese.org.br/notatecnica/2018/notaTec188SalarioMinimo.pdf > Acesso em: 28/05/2018 FIESP (maio/2015). Perda de Participação da Indústria de Transformação no PIB. Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos. < Disponível em: http://az545403.vo.msecnd.net/uploads/2015/05/perda-de-participacao-da-industria-no-pib.pdf > Acesso: 28/06/2017 FILGUEIRAS, L. (2012) A natureza do atual padrão de desenvolvimento brasileiro e o processo de desindustrialização. Relatório de Pesquisa. Centro Celso Furtado, Rio de Janeiro. MARTINEZ, T. S.; BRAGA, J. M. (2012). Crescimento liderado pelos salários, política monetária e inflação no Brasil. V Encontro Internacional da Associação Keynesiana Brasileira: São Paulo. Disponível em: Acesso: 27/06/2017 MEDEIROS, C. A. (2015) A Influência do salário mínimo sobre a taxa de salários no Brasil na última década. Economia & Sociedade, v. 24, p. 263-292. MOLLO, M.L.R. e AMADO, A. (2015) O debate desenvolvimentista no Brasil: tomando partido. Economia e Sociedade, Campinas, v. 24, n. 1 (53), p. 1-28, abr. Disponível em < http://www.scielo.br/pdf/ecos/v24n1/0104-0618- ecos-24- 01-0000pdf > Acesso em 29/06/2017. MOLLO, M.L.R. e FONSECA, P.C.D. (2013) Desenvolvimentismo e Novo-Desenvolvimentismo: raízes teóricas e precisões conceituais. REP, vol. 33, p. 222-239, abril-junho. Disponível em < http://www.rep.org.br/PDF/131-2.PDF> Acesso em 30/06/2017. NETTO, C. R. de S.; CURADO, M. L. (2005). Produtividade do trabalho, salários reais e desemprego na indústria de transformação do Brasil na década de 1990: teoria e evidência. Revista Economia Contemporânea, Rio de Janeiro, v.9, n.3, p. 485-508. Disponível em acesso em 27/06/2017 OREIRO, J. L. C. (2012) Wage-led versus export-led: desfazendo confusões conceituais. Macroeconomia Estruturalista do Desenvolvimento. Disponível em < https://jlcoreiro.wordpress.com/2012/09/24/wage-led-versus-export-led-desfasendo-confusoes-conceituais/> acesso em 01/07/2017 ________ (2012). Novo-Desenvolvimentismo, Crescimento Econômico e Regimes de Política Macroeconômica. Estudos Avançados, v. 26, n.75, p. 29-40. SANTOS, P. L. (2013) Production and consumption credit in a continuous-time model of the circuit of Capital. Historical Materialism, v. 17, n. 2, p. 180. SCHLABITZ, C. J. (2014). A Economia Política do Salário Mínimo. Tese de doutorado. UFRGS, Porto Alegre. SICSÚ, J.; PAULA, L. F.; MICHEL, R. (2005) Introdução. In: Novo desenvolvimentismo: um projeto nacional de crescimento com equidade social. Barueri-SP: Manole; Rio de Janeiro: Fundação Konrad Adenauer. SUMMA, R. F. (2015) Mercado de trabalho e a evolução dos salários no Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Economia Política, v. 42, p. 10-25. TAKASAGO, M.; GUILHOTO, J.; MOLLO, M. L. R. (2017) O debate desenvolvimentista no Brasil: discutindo resultados da matriz de insumo-produto. Planejamento e Políticas Públicas, n. 48, p 385-409.
Como citar:

Ribeiro, Matheus Rissa Peroni; Sereno, Luiz Gustavo Fernandes; "Política salarial e desenvolvimentismo: uma análise dos impactos nos salários da indústria e no conflito distributivo", p. 1576-1585 . In: . São Paulo: Blucher, 2018.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/enei2018-86

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações