Pôster - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

PERFIL ALIMENTAR E SENSIBILIDADE TÁTIL, A GOSTO E OLFATO DE CRIANÇAS COM DIFICULDADES ALIMENTARES

PERFIL ALIMENTAR E SENSIBILIDADE TÁTIL, A GOSTO E OLFATO DE CRIANÇAS COM DIFICULDADES ALIMENTARES

Ricci, Raquel ; Nogueira, Luana Romão; Maximino, Priscila ; Ramos, Claudia de Cássia; Paula, Nathalia Gioia de ; Fisberg, Mauro ;

Pôster:

Justificativa

Investigar a história e arelação da criança com os alimentos além da questão nutrição/nutrir é tãoimportante quanto saber qual a dificuldade alimentar (DA) apresentada.

Objetivo(s)

Descrever o perfil dealimentos aceitos por crianças com DA de acordo com sensibilidade tátil esensibilidade a gosto e olfato.

Método(s)

Trata-se de um estudoobservacional retrospectivo, com dados de 92 crianças com mais de 2 anos, baseadoem utilização de dados de prontuários. Os alimentos consumidos foramcategorizados de acordo com sabor, cor, consistência, textura e segundoclassificação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Para avaliação doperfil sensorial foi utilizado o questionário de Perfil Sensorial Abreviado. Apesquisa foi aprovada pelo comitê de ética (CAAE 28256920.1.0000.5567).

Resultado(s)

A maioria da amostra era dosexo masculino (63,0%), com 2 a 5 anos (81,5%) e diagnóstico de seletividade(82,6%). Em relação à sensibilidade tátil e sensibilidade à gosto e olfato, asprevalências foram de 16,3% e 42,4%, respectivamente. Não foram encontradasdiferenças estatisticamente significativas entre perfil de alimentos aceitos deacordo com sensorialidade tátil. Em relação a sensorialidade a gosto e olfato,crianças com desempenho típico apresentam maior aceitação de alimentos de saborumami (p=0,014), carnes e produtos cárneos (p=0,031), ovos e derivados(p=0,011) e leguminosas (p=0,045).

Conclusão(ões)

O padrão de aceitação erecusa alimentar de crianças com DA, precisa ser avaliado além decaracterísticas táteis (consistência e textura). Sensorialidade clara/provávela gosto e olfato em crianças com DA foi associada ao menor consumo de alimentoscom sabor e cheiro mais expressivos/potentes.

 

Pôster:

Justificativa

Investigar a história e arelação da criança com os alimentos além da questão nutrição/nutrir é tãoimportante quanto saber qual a dificuldade alimentar (DA) apresentada.

Objetivo(s)

Descrever o perfil dealimentos aceitos por crianças com DA de acordo com sensibilidade tátil esensibilidade a gosto e olfato.

Método(s)

Trata-se de um estudoobservacional retrospectivo, com dados de 92 crianças com mais de 2 anos, baseadoem utilização de dados de prontuários. Os alimentos consumidos foramcategorizados de acordo com sabor, cor, consistência, textura e segundoclassificação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Para avaliação doperfil sensorial foi utilizado o questionário de Perfil Sensorial Abreviado. Apesquisa foi aprovada pelo comitê de ética (CAAE 28256920.1.0000.5567).

Resultado(s)

A maioria da amostra era dosexo masculino (63,0%), com 2 a 5 anos (81,5%) e diagnóstico de seletividade(82,6%). Em relação à sensibilidade tátil e sensibilidade à gosto e olfato, asprevalências foram de 16,3% e 42,4%, respectivamente. Não foram encontradasdiferenças estatisticamente significativas entre perfil de alimentos aceitos deacordo com sensorialidade tátil. Em relação a sensorialidade a gosto e olfato,crianças com desempenho típico apresentam maior aceitação de alimentos de saborumami (p=0,014), carnes e produtos cárneos (p=0,031), ovos e derivados(p=0,011) e leguminosas (p=0,045).

Conclusão(ões)

O padrão de aceitação erecusa alimentar de crianças com DA, precisa ser avaliado além decaracterísticas táteis (consistência e textura). Sensorialidade clara/provávela gosto e olfato em crianças com DA foi associada ao menor consumo de alimentoscom sabor e cheiro mais expressivos/potentes.

 

Palavras-chave: -,

Palavras-chave: -,

DOI: 10.5151/sabara2020-07

Referências bibliográficas
  • [1] -
Como citar:

Ricci, Raquel ; Nogueira, Luana Romão; Maximino, Priscila ; Ramos, Claudia de Cássia; Paula, Nathalia Gioia de ; Fisberg, Mauro ; "PERFIL ALIMENTAR E SENSIBILIDADE TÁTIL, A GOSTO E OLFATO DE CRIANÇAS COM DIFICULDADES ALIMENTARES", p. 7 . In: Anais do 5º Congresso Internacional Sabará de Saúde Infantil. São Paulo: Blucher, 2020.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/sabara2020-07

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações