Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

PERCEPÇÕES DE DOCENTES ACERCA DOS CONCEITOS DE LÍNGUA E DE CULTURA NO ENSINO DE INGLÊS

SILVA, Gisele dos Santos da;

Artigo Completo:

este artigo é um recorte de minha pesquisa de mestrado em Estudos Linguísticos pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Paraná e tem por objetivo apresentar a percepção de um grupo de professores a respeito dos conceitos de língua e de cultura e qual a relação de ambos no ensino da língua inglesa no cenário brasileiro atual. Sendo assim, toma-se como referência para a análise estudos pós-modernos sobre cultura (BHABHA, 2013; HALL, 2006, 2013) e a concepção sociointeracionista da linguagem, compreendendo língua como discurso (BAKHTIN, 1995; JORDÃO, 2006) e dialogando com a noção de língua como cultura (KRAMSCH, 1993, 1998). A pesquisa realizada é de cunho qualitativo-interpretativista (BAUER, GASKELL, ALLUM, 2012; BORTONI-RICARDO, 2008), pois considera a interpretação das respostas obtidas de entrevistas e questionários realizados com um grupo de professores. O grupo fora composto por um total de 6 docentes, todos recém egressos do curso de Licenciatura em Letras da Universidade Tecnológica Federal do Paraná e em atuação no ensino da língua inglesa em instituições da região de Curitiba. Por meio de análise de conteúdo (BAUER, 2012), os dados foram codificados e categorizados para a perquirição dos entendimentos sobre ambos os conceitos por parte dos docentes. Entre os resultados observados, destaca-se a constante percepção da indissociabilidade das noções de língua e de cultura corroborando a acepção de língua como cultura, como propõe Kramsch (1993, 1998), no processo de ensino-aprendizagem de inglês.

Artigo Completo:

Palavras-chave: percepções; cultura; ensino de língua inglesa,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/edupro-clafpl2016-027

Referências bibliográficas
  • [1] BAKHTIN, M. (Volochinov). Marxismo e filosofia da linguagem. 7. ed. São Paulo: Editora Hucitec, 1995.
  • [2] BAUER, M. Análise de conteúdo clássica: uma revisão. In: BAUER, M.; GASKELL,G. [Orgs.]. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. [Tradução de Pedrinho A. Guareschi]. 10. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 201
  • [3] BHABHA, H. K. O local da cultura. [Tradução Myriam Ávila, Eliana Lourenço de Lima Reis, Gláucia Renate Gonçalves]. 2. ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 201
  • [4] BORTONI-RICARDO, S. M. O professor pesquisador: Introdução à pesquisa qualitativa. 1. Ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.
  • [5] EAGLETON, T. A ideia de cultura. [Tradução de Sandra Castello Branco]. São Paulo: Editora UNESP, 200
  • [6] HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. [Tradução Tomaz Tadeu da Silva, Guaracira Lopes Louro]. 11. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 200
  • [7] ______. Da diaspora: identidades e mediações culturais. [Tradução Adelaide La Guardia Resende]. 2. ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2013.
  • [8] JORDÃO, C. M. (2006). O Ensino de Línguas Estrangeiras: de código a discurso. In: VAZ BONI, V. Tendências Contemporâneas no Ensino de Línguas. União da Vitória: Kaygangue.
  • [9] KRAMSCH, C. Context and culture in language teaching. UK: Oxford University. Press, 1993.
  • [10] ______. Language and culture. UK: Oxford University Press, 1998.
  • [11] SILVA, G. dos S. da. Representações culturais por docentes de língua inglesa: um paralelo entre representações, língua inglesa e cultura. 2016. 145 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Pós-graduação em Letras, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2016.
  • [12] THORNBERG, R. Grounded theory. In: ARTHUR et al. (orgs). Research methods & methodologies in education. London: SAGE Publications, 20
  • [13] WILLIAMS, R. Cultura. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.
Como citar:

SILVA, Gisele dos Santos da; "PERCEPÇÕES DE DOCENTES ACERCA DOS CONCEITOS DE LÍNGUA E DE CULTURA NO ENSINO DE INGLÊS", p. 330-344 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-695X, DOI 10.5151/edupro-clafpl2016-027

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações