Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

OS ESTÁGIOS E AS PRÁTICAS NA FORMAÇÃO DE GRADUANDOS/AS NA ÁREA DE LÍNGUAS DA UEPG

COUTO, Ligia Paula;

Artigo Completo:

Nesta comunicação, trataremos das disciplinas de estágio e prática na formação de graduandos/as em Letras da UEPG. No período de 2012 a 2014, os cursos de Letras (Espanhol, Francês e Inglês, todos com dupla habilitação em Português) passaram por reestruturação curricular, sendo que 2015 foi o primeiro ano de implantação do novo currículo. Nesta proposta, consideráveis mudanças foram implementadas para as disciplinas de Estágios e Práticas. Assim, nossa metodologia, para este estudo, se pauta na análise documental do projeto pedagógico do curso (PPC) no que se refere à proposta para os estágios e as práticas, focando os processos de implantação da nova proposta nos referidos cursos. Como resultados, esperamos confrontar o PPC escrito com o vivido de forma a evidenciar os caminhos já percorridos nesta implantação curricular de forma a contemplar a proposta e as estratégias que ainda precisam ser desenvolvidas para que o currículo se efetive de forma mais coerente e efetiva. Estágios e práticas são disciplinas fundamentais na formação docente de graduandos/as dos cursos de Letras, assim, estas disciplinas necessitam dialogar e se complementar almejando contribuir com a construção de conhecimentos pedagógicos e vivências pedagógicas significativos para uma profissionalização docente de qualidade.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Estágios; Práticas; Cursos de Letras,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/edupro-clafpl2016-037

Referências bibliográficas
  • [1] ALVES, Nilda. Criar currículo no cotidiano. São Paulo: Ed. Cortez, 2002.
  • [2] AROEIRA, Kalline Pereira. Estágio supervisionado e possibilidades para uma formação com vínculos colaborativos entre a universidade e a escola. In: ALMEIDA, Maria Isabel de; PIMENTA, Selma Garrido (Orgs). Estágios Supervisionados na Formação Docente. São Paulo: Editora Cortez, 2014, p. 113-151.
  • [3] BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Letras. MEC, 2005. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES0492.pdf>. Acesso em: 14 dez. 2016.
  • [4] CLOT, Yves. A função psicológica do trabalho. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2006.
  • [5] COUTO, Ligia Paula; SOUZA, Gabriela Beatriz Moura Ferro Bandeira de. De que modo introduzir a literatura nas aulas de língua espanhola no Ensino Médio? In: COUTO, Ligia Paula. Didática da língua espanhola no ensino médio. São Paulo: Editora Cortez, 2016.
  • [6] DOLZ, Joaquim; NOVERRAZ, Michèle; SCHNEUWLY, Bernard. Sequências didáticas para o oral e a escrita: apresentação de um procedimento. In: SCHNEUWLY, Bernard; DOLZ, Joaquim (Orgs.). Gêneros orais e escritos na escola. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2004, p. 81-108.
  • [7] MOREIRA, Antonio Flavio; SILVA, Tomaz Tadeu. Currículo, cultura e sociedade. São Paulo: Ed. Cortez, 1994.
  • [8] PARANÁ. Diretrizes Curriculares da Educação Básica: língua estrangeira Moderna. SEED: Paraná, 200
  • [9] PIMENTA, Selma Garrido; GHEDIN, Evandro (Orgs.). Professor Reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. São Paulo: Editora Cortez, 2005, p. 17-52.
  • [10] PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2008.
  • [11] UEPG. PPC Letras Português/Espanhol. Disponível em: . Acesso em: 24 out. 2016.
  • [12] _____. Plano de Desenvolvimento Institucional. 2013. Disponível em: < http://www.pitangui.uepg.br/secrei/externas_con/resolucoes/RESUNIV%202013/Resuniv001.pdf>. Acesso em: 14 dez. 2016.
  • [13] VÁZQUEZ, Adolfo Sánchez. Filosofia da práxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977. 2ª ed.
  • [14] VILLALBA, Terumi Koto Bonnet. O ensino de español no Brasil: Revisitando o tema da política linguística. In: ZORZO-VELOSO, Valdirene F.; FERREIRA, Cláudia Cristina; ORTIGOZA, Arelis Felipe (Orgs.). El español en línea de mira: enlaces lingüísticos, literarios y metodológicos. Londrina: UEL, 2013.
Como citar:

COUTO, Ligia Paula; "OS ESTÁGIOS E AS PRÁTICAS NA FORMAÇÃO DE GRADUANDOS/AS NA ÁREA DE LÍNGUAS DA UEPG", p. 473-482 . In: . São Paulo: Blucher, 2017.
ISSN 2318-695X, DOI 10.5151/edupro-clafpl2016-037

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações